31 março 2013

Resenha: O Último Beijo



• Editora: Dracaena
• Autor: Cacá Adriane
• ISBN: 978-85-8218-004-4
• Ano: 2012
• Páginas: 293


Sinopse: 

Jasmim é uma menina, como outra qualquer, que está passando pela adolescência. Ela tem que lidar com diversos problemas, como o fato de sua mãe ter falecido quando ela nasceu e seu pai nunca estar em casa. Porém, sua vida não é só tristeza. Ela tem uma amiga chamada Ana Paula que é aventureira e adora mete-la em confusões. Como se não bastasse, ainda conhece um rapaz: Gabe. Gabe é instável, cínico, genioso e ridiculamente lindo. Diferente dos outros, rapidamente faz com que Jasmim fique atraída por ele. Ela estará disposta a dar o que ele pede em troca?! Qual a relação dele com seus pesadelos constantes?! Será que ela realmente sabe quem são as pessoas que ama?! Conheça essa envolvente historia cheia de aventuras, mistérios e romance!

Resenha:


asmim Acaiah, é uma adolescente de 15 anos que não se enquadra nos padrões da escola onde estuda. Ela é na dela, não é popular, só tem uma melhor amiga, Ana Paula, que ama muito. Sua mãe morreu ao dar a luz e seu pai vive viajando por causa de seu emprego. Jasmim acredita que ele não suporta olhá-la sem se lembrar de sua mãe, e que a culpa por sua querida esposa ter morrido. Mas sua vida muda totalmente quando dois garotos novos chegam a escola. Danny é simpático e atencioso, mas Gabe, logo no primeiro dia, ja se mostra arredio e arrogante. O que Gabe tem que encanta tanto Jasmim? Esse mistério todo que o envolve pode ser algo sobrenatural? E os pesadelos que Jasmim sempre teve, agora andam frequentes e Gabe tem aparecido em alguns deles...
O que dizer de um livro que te prende da primeira a última página? MARAVILHOSO! Com um enredo encantador e personagens que te tiram o fôlego, Cacá nos presenteia com um mundo novo, um mundo onde existem sugadores e caçadores, onde a amizade e o amor andam lado a lado. Primeiro quero começar falando da minha chará Ana Paula, a melhor (e única) amiga de Jasmim. A Ana é incrível, uma pessoa disposta a fazer tudo por esta amizade linda e verdadeira. Ana é impulsiva e adora uma aventura. Amei essa amizade sincera entre as duas, Cacá soube como escrever um livro, onde não exista somente um casal de protagonistas, mais sim dois casais! Não consigo imaginar a série sem a Ana. Dei muitas risadas com ela e me identifiquei muito tbm!!!

(...)Minha melhor amiga é o que salva aquele lugar, estudamos juntas desde a terceira série. Sabemos o que a outra está sentindo ou pensando só de olhar.(...)

Jasmim é a protagonista perfeita. Se vira sozinha, se acha feinha, necessita de alguém para ampará-la, é a coitadinha no começo do livro. Mas depois da chegada de Gabe, vemos um amadurecimento incrível, essa menina nem parece ter 15 anos gente! Confesso que não gostei da idade dela, bem que poderia ser mais velha, pois o livro não é somente para adolescentes, encontramos algumas cenas bem quentes entre ela e Gabe.
Sobre os meninos... Não tem como não se apaixonar! Danny é o galã perfeito. Gabe ganhou meu respeito só no meio do livro. Sempre mal educado e tentando afastas a única pessoa que ele queria perto. No começo eu só conseguia repetir pra mim mesma: "Não posso me apaixonar!". Não deu certo. Quando Gabe disse meu nome.... Já era!!! Essa dupla ainda me mata do coração!


Super recomendado pra quem gosta de um livro romântico, com muita ação e mistério. Muitas coisas ainda ficaram no ar, como este é o primeiro livro de uma série de 5, podemos esperar mais suspiros e mistérios por ai! A capa é linda demais, a editora fez um ótimo trabalho na revisão. A estória é narrada pela Jasmim, então podemos sentir todos os seus medos e dúvidas. No final, ainda temos um capitulo para o Gabe (que eu amei!!!). Com uma escrita suave e bem brasileira, Cacá nos dá mais um mundo sobrenatural para viajarmos, um mundo onde os sentimentos são fontes de energia e desejados por todos os sugadores. Um mundo que me encantou e me deixou com gostinho de quero mais.

Assista ao book Trailer, vcs vão se paixonar!



Sobre a autora:


Meu nome é Carla Adriane Arzua, mas prefiro que me chamem pelo meu apelido de infância e pseudônimo Cacá Adriane, tenho 25 anos, treino boxe e dou aulas de dança do ventre gratuitas.
Moro em Curitiba – PR com a minha avó “Maria” e meu cachorro “Petty Pierre”.
Sou completamente viciada em romances sobrenaturais e amo mais ainda se forem sagas.
Tenho um namorado super compreensível que me apoia em todos os momentos e me aguenta falando o quanto o Gabe é perfeito, mas na realidade mesmo, perfeito é ele.
Amo minha família e amigos, mas tenho um espaço especial no meu coração ocupado pelos meus leitores.



30 março 2013

Resenha Book tour: 72 horas para morrer.



  • Autor: Ricardo Ragazzo.
  • Editora: Novo Século
  • ISBN: 9788576794950
  • Ano: 2011
  • Páginas: 254

Sinopse:

Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! “O Carro pertence à sua namorada.” Com essas palavras, Júlio Fontana, delegado da pacata cidade de Novo Salto, tem a vida transformada em um inferno. Pessoas próximas começam a ser brutalmente assassinadas, como parte de uma fria e sórdida vingança contra ele. Agora, Júlio terá que descobrir a identidade do responsável por esses crimes bárbaros, antes que sua única filha se torne o próximo nome riscado da lista. 72 Horas para Morrer é uma corrida frenética contra o tempo, que prenderá o leitor do início ao fim.

Resenha:

Qual seria a sua reação ao descobrir que um assassino louco esta a solta, e a sua maior determinação é acabar com todos que você se importa?
Bom, esse é o drama vivido pelo delegado Julio Fontana.
Júlio é o delegado da cidade de Novo salto a muito tempo, e todo a cidade conhece a sua historia, o viúvo de pouca conversa  e pai de uma adolescente.
A vida de Júlio mudou drasticamente a muitos anos atrás, quando ao chegar em casa depois de um dia longo de trabalho e ver um homem nu correndo em seu jardim. Ligando os fatos, ele logo teve certeza que estava sendo traído por sua amada esposa, e tomado pelo orgulho, a expulsa de casa.

(...)Uma sensação contraditória de querer saber o que realmente havia acontecido e o medo da resposta.(...)

É também, logo após a esse malfadado episodio que sua esposa (na época já ex-esposa) sofre um terrível acidente de carro após uma discussão, e acaba por falecer.
Mas o que Júlio não sabe, é que nem tudo é o que parece, e todo acontecimento tem uma explicação, mesmo parecendo muito improvável e até mesmo mentirosa.
Mas quem disse que as tragedias na vida de Júlio terminariam por ai?
Policial com fama de implacável, ele acumula desafetos, e quando misteriosamente o carro de sua atual namorada aparece abandonado a beira de uma estrada, ele nunca poderia imaginar a trama  que estava sendo elaborada para destruir a sua vida e acabar com todos a sua volta.

(...)Mas nunca sabemos o que motiva uma pessoa, não é verdade? Ele tinha razão. Todas as pessoas respiravam segredos e transpiravam mentiras. Até as mais próximas de nós. Não por maldade, mas por ser algo intrínseco à natureza humana. Pelo menos, era dessa forma que eu enxergava.(...)

O que dizer sobre esse livro?
Sinceramente,  fiquei com muito receio de ler, não sou chegada  a esse gênero policial, e os que já li sempre me decepcionaram! Mas, o Ricardo Ragazzo criou uma trama completamente envolvente, é emoção do inicio ao fim, o livro já começa a todo gás, e devo confessar que o livro é até meio macabro, as cenas elaboradados pelo assassino é de chocar o leitor, somada a quantidade de detalhes que o autor te passa, vc consegue criar a cena em sua cabeça, o que não é muito agradável se vc não tem um estomago forte,
A trama é impecável,  todos os fatos são perfeitamente ligados,você consegue entrar na mente do delegado Júlio e junto com ele tentar desvendar os mistérios, procurando pistas e sinais do sanguinário assassino.
O ponto ruim: O final!! o final é completamente sem logica. Depois de o autor criar todo esse mistério, essa trama magnifica, no final ele tentou introduzir um tema sobrenatural, o que ficou completamente sem sentido, pois ao longo de todo o livro ele não aborda esse tema,ficou apenas para o final. E foi nessa tentativa de juntar dois gêneros que o autor perdeu o leitor, pois a explicação e o modo como o tema é colocado em uma estoria que estava perfeita, é no minimo sem logica, eu particularmente fiquei esperando o momento em que eles iriam cair na gargalhada e afirmar que aquilo tudo era mais um truque para confundir o Júlio, pois como  justificar causa dos assassinatos de um serial Killer com possessão e magia negra?  Simplesmente eu não consigo entender o que levou o autor a esse final, depois de todo o potencial apresentado, esperaria um final estilo "seven - os sete crimes capitais", tudo seria perfeito, se a historia tivesse seguido o ponto "do melhor amigo, com distúrbios de personalidade que volta para uma vingança."
Não posso dizer que não gostei do livro, pois eu AMEI, e teria  dado 5 estrelas  se o ultimo capitulo fosse cortado.
Aos fãs de uma boa trama policial, fica a dica: LEIA 72 HORAS PARA MORRER! A descrição dos assassinatos e a sagacidade de autor é incrível, é só ignorar o ultimo capitulo que tudo fica bem, pois o livro é um thriller de suspense, suuper indicado para quem gosta de pistas, investigações, assassinatos inusitados e assassinos implacáveis.

Sobre o autor:


Ricardo Ragazzo mora em São Paulo com sua esposa , filho e beagle. 72 horas para morrer é o meu primeiro Thriller.

Resenha premiada Perspicácia. - NOVO RESULTADO.


Heeey pessoal,
lembra do nosso ultimo sorteio!? pois então, a menina que ganhou não se manifestou, então sorteamos um novo ganhador! Ruim para ela e otimo para a nova sortuda né!?
Vamos ao ganhador?

Elisa, vc tem 72 horas para responder o nosso email com o seu endereço completo,caso isso não aconteça, novamente vamos fazer outro sorteio!



28 março 2013

Pascoa da Editora Gente!


Quem disse que o Coelhinho da Páscoa só traz chocolates? Ele pode trazer sabores, ideias, conhecimentos, felicidades, cultura, vida, amor... Se você acha que ele pode trazer muito mais, participe do sorteio Páscoa da Gente.
Que tal ganhar 20 livros nessa pascoa? gostou da ideia?
então clica AQUI e participa!

Resenha: A Última Nota



• Editora: Novo Século
• Autor: Lu Piras e Felipe Colbert
• ISBN: 978-85-7679-839-2
• Ano: 2012
• Páginas: 260


Sinopse: 

Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian. Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.


Resenha:

Alícia Mastropoulos é filha única de uma família grega tradicional residentes no Rio de Janeiro. Alícia é violinista, atualmente faz faculdade e conseguiu um cargo muito importante: Spalla da orquestra de sua faculdade. Sua família não aprova muito sua vocação, o que seus pais querem mesmo, é que ela encontre um bom partido, se case e contrua sua própria família. Alícia tem até um namorado, mas ao contrário do que seus pais pensam, ela não quer viver uma vida presa a Theo. Alícia quer liberdade, ser o que seu amado avô foi, viver pela música e para a música. Mas Alícia não tem força de vontade para intervir contra os pais. Ela segue os costumes rígidos e sempre faz o que eles mandam. Trabalha arduamente no restaurante da família e divide sua incertezas com sua única amiga Carol.

Mas o destino de Alícia esta para mudar. Com um desejo enorme de tocar algo que seu avô compôs, Alícia acaba encontrando uma partitura de uma música muito especial. No grande dia de sua apresentação, ao invés de tocar o combinado, Alícia toca a música de seu avô, só que a saudade dele é tanta que Alícia erra a última nota. A princípio, ninguém parece notar, a contentação foi geral. Mas no dia seguinte uma ligação do hospital, informa Alícia que um rapaz foi encontrado e só chama por ela. O mais estranho de tudo, é que Alícia não o conhece, mas através de seus lindos olhos azuis, começa a enxergar uma nova vida.

Suspense. Essa única palavra define o livro inteiro. Da primeira a última página, tudo o que eu queria saber era o que aconteceria com esses protagonistas maravilhosos e cativantes. Um sonho de livro!!! Alícia é uma garota tão facil de amar que não consigui encontrar defeitos nela. Talvez, somente pela parte onde ela faz tudo o que seus pais pedem sem primeiro pensar em si própria. Haja paciência para aguentar a D. Artêmia vio. Seu pai é mais maleável, mas muito influenciado pela esposa. Seu namorado Theo, nem vou comentar, teria dado uma suura nele se possivel. Sua avó é a criatura mais doce e linda que já li na vida. SEM IGUAL!!!

A Última Nota, trás a escrita gentil e romântica da Lu e o suspense e mistério de Felipe. Não consegui encontrar onde um começava e o outro terminava. Uma dupla perfeita, que me tirou risos e lágrimas com esse livro maravilhoso. O livro foi muito bem contruído, imagino o trabalho para se pesquisar termos técnicos e notas musicais para anexar ao enredo. A capa, sem dúvida é uma das mais lindas que eu tenho. A diagramação é perfeita. Os capítulos são curtos e com um detalhe de flor para destacá-lo. Um livro lindo e muito bem escrito.

Sebastian para mim foi um enigma durante a leitura, somente nas últimas páginas, o leitor conseguirá desvendar o mistério que o envolve. Claro, há especulações e tals, mas nada comparado ao desfecho incrível que se seguiu. Confesso que gostaria de uma continuação, por favor!!!! Super recomendado!!!

Sobre os autores:





LU PIRAS sempre gostou de contar e inventar histórias, transformando pessoas reais em personagens de loucas aventuras. Escreveu seu primeiro romance – uma saga sobre duas famílias durante a Guerra da Crimeia - aos 15 anos numa máquina de escrever Olivetti 1982, presente de seu avô. É advogada por formação e escritora por vocação. Esteve por sete anos em Portugal, trabalhou como jurista, comerciante e artesã de bonecas. Em 2009 se matriculou no curso de Produção Editorial da UFRJ, quando escrever se tornou uma saudável obsessão. ?

É autora da série Equinócio, tendo publicado em junho de 2012 o primeiro volume, "Equinócio - A primavera", pela Dracaena Editora. É também coautora do romance "A Última Nota", em parceria com o escritor Felipe Colbert, a ser publicado em breve pela Editora Novo Século.
Lu mora no Rio de Janeiro com sua família e sua gata Bria.




FELIPE COLBERT é autor de dois livros, palestrante e estruturador de romances. Possui trabalhos publicados no Brasil e na Europa. Entusiasta por suspenses, lançou seu primeiro thriller A Entrevista Ininterrupta pela Novo Século, em 2008. Carioca, atualmente vive na cidade de São Paulo com sua esposa e filho. 



26 março 2013

Promoção de lançamento : Adriana Vargas.


Heeey, pessoal a nossa parceira adriana vargas esta com uma super promo na pagina dela!!
Clica AQUI e participa!

Resenha - Extraordinário



  • Editora: Intrínseca
  • ISBN: 9788580573015
  • Ano: 2013
  • Páginas: 320
  • Tradutor: Rachel Agavino
Sinopse:

August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.
Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade - um impacto forte, comovente e, sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.

Resenha:

Comprei esse livro num impulso devido ao marketing e pela capa que achei bem curiosa, adoro dramas e imaginei que este me pegaria de jeito como vários outros que li, e sim, me pegou, li em apenas dois dias, de tão simples e fácil a leitura.
A estória é contada em primeira pessoa pelo Auggie, o protagonista, pelos seus familiares e amigos próximos, cada um contando sua visão da convivência com o garoto sob sua perspectiva. E não é uma convivência fácil já que o garoto tem uma síndrome que deixa seu rosto deformado, o quê para muitas pessoas é algo difícil de aceitar e assimilar, como se o que ele tivesse fosse alguma doença contagiosa, tamanho o absurdo do preconceito sofrido por ele.
Auggie sempre estudou em casa, devido aos procedimentos cirúrgicos que o obrigava a ficar a maior parte do tempo entre sua residência e hospitais, mas quando chegou a hora de entrar

no fundamental ll, seus pais decidiram que era hora de o matricularem num colégio regular, como outros garotos de sua idade, para que ele se sentisse inserido na sociedade e aprendesse a conviver com sua deformidade o mais naturalmente possível.
No início Auggie sofre com as maldades típicas de crianças da sua idade, sofre perseguição e muito preconceito, mas aos poucos vai conquistando um a um dos que não o queriam por perto e o viam como aberração.
As mensagens desse livro são lindas, tocantes, impossível não se emocionar em várias delas, a autora trata de um tema delicado com uma linguagem tão simples que pessoas de qualquer idade irão gostar e compreender. A maior delas, no meu ponto de vista, é a da gentileza, que no livro é bastante focada, e como nós dizemos no Brasil: “gentileza gera gentileza” do saudoso profeta Gentileza, é de fato necessária, ainda mais nos dias que vivemos hoje.

(...) - Mais gentil que o necessário” – repetiu- Que frase maravilhosa, não é? Mais gentil que o necessário. Porque não basta ser gentil. Devemos ser mais gentis do que precisamos. Adoro essa frase, essa ideia, porque ela me lembra que carregamos conosco, como seres humanos, não apenas a capacidade de ser gentil, mas a opção pela gentileza. O que isso significa? Como isso é medido? Não podemos usar uma régua. É como eu estava dizendo antes: a questão não é medir quanto vocês cresceram este ano. Não dá para quantificar com precisão, não é? Como sabemos que fomos gentis? O que é ser gentil, a propósito? (...)

Um tema super atual abordado no livro, é o bullying nas escolas, o drama de muitas crianças e adolescentes que os leva muitas vezes ao suicídio, uso de drogas e\ou depressão. Gosto muito de livros que tragam mensagens positivas e este é um deles, na realidade, eu esperava muito mais dessa estória, e até pensei em desistir no meio, por achar uma linguagem meio infantil, mas resolvi dar uma chance e não me arrependi, recomendo a todos os que procuram uma leitura simples, com conteúdo fácil e rápido, porém não menos tocante.

(...)Para mim, porém, sou apenas eu. Um garoto comum.Mas, se quiserem me dar uma medalha por ser eu mesmo, tudo bem. Aceito. Não destrúí a Estrela da Morte nem nada parecido, mas consegui passar pelo quinto ano. E isso não é fácil, mesmo que você não seja eu.(...)

Sobre o autor:

J.R Palacio mora em  Nova York com o meu marido, dois filhos e dois cães.Por anos trabalhou como diretor de arte e designer de capa, mas sempre teve vontade de escrever o seu próprio livro.
Depois de mais de vinte anos criando as capas dos livros de inúmeros autores, finalmente J.R Palacio resolveu que era hora de publicar o seu, e foi assim que surgiu Extraordinário.



24 março 2013

Resenha : A última casa da rua.




  • Editora: iD
  • ISBN: 8516072908
  • Ano: 2012
  • Páginas: 184
  • Tradutor: Bernardo de Carvalho
Sinopse:

No livro, os autores Lily Blake, David Loucka e Jonathan Mostow contam a história da jovem Elissa e sua mãe que, em busca de uma nova vida, encontram a casa dos sonhos em uma pequena cidade do interior dos Estados Unidos. A cidade tem um mistério. Um assassinato aconteceu bem na casa ao lado.
Uma garota matou os pais de forma brutal e desapareceu. Hoje, quatro anos depois, apenas Ryan, o misterioso irmão mais velho, mora sozinho naquela mesma casa, sombria e esquecida no tempo. Indo contra tudo e contra todos, Elissa acaba se envolvendo amorosamente com o estranho rapaz. O que ela não sabe é o quão perigoso esse jogo pode se tornar…
Não espere ver adolescentes sendo perseguidos por forças sobrenaturais ou um desfecho daqueles que já “sacamos” ainda na metade do livro. A trama é criativa, com muitos “não acredito!” pelo meio do caminho. E a sequência final é de tirar o fôlego, com muita ação.Antes de sentir o medo… Antes de conhecer a dor… É preciso voltar para onde tudo começou.

Resenha:

Essa é uma resenha diferente, por vários motivos, primeiro: é o primeiro livro que eu leio, que foi baseado no filme, e não ao contrario, é isso mesmo pessoal, o romance foi de Lily Blake, baseado no roteiro de David Loucka , mas a historia original foi escrita por Jonathan Mostrow. Por isso eu não tenho como fazer uma resenha convencional, pois a maioria já assistiu ao filme, que recentemente esteve em cartaz, e foi estralado por ninguém menos que Jennifer Lawrence, a Katniss de jogos vorazes, e recentemente ganhadora do Oscar de melhor atriz (Sou mesmo fã da Jenn. *-*).Sinceramente, não sei se foi uma boa ideia, três mentes super criativas, mas direcionadas a áreas diferentes,trabalhando juntas.
 O que eu fico me perguntando é se o livro não seria mais completo se apenas a Lily Blake o tivesse desenvolvida, pois só 184 paginas para tanto suspense?
O que dizer sobre o livro...é a exatamente o roteiro do filme, até mesmo os diálogos, com pequenos detalhes diferente, como quando a Carrie anne mata os pais no filme, ela usa uma faca, no livro ela usa um martelo, só coisas pequenas, nada muito significativo.
O que realmente me intrigou ao ler o livro foi o desenvolvimento, não sei bem como colocar isso em palavras para vcs, mas, o que parece é que o final do livro foi escrito apenas para combinar com o final do filme. O livro segue um desenvolvimento normal, até que chega ao ápice de tudo, e é nesse momento que vc tem a impressão de que a autora simplesmente acelerou tudo para terminar logo e como deveria.Uma historia tão complexa com essa não poderia ter se resolvido em menos de 200 paginas, o que nos leva a pensar  esse livro não foi apenas algo comercial,  para chamar ainda mais atenção ao filme... Não sei,  mas se for isso ao não, a historia é ótima.
Bom, mas para quem ainda não leu e nem assistiu, o livro (e o filme)  conta a historia de Elissa, uma menina de cidade grande que é obrigada pela mãe a se mudar para cidade do interior. A mãe, recém separada do pai de Elissa, resolve mudar de cidade para tentar retomar a sua vida e se reaproximar da filha, e principalmente evitar que a filha cometa os mesmos erros que ela cometeu na adolescia, ou seja, engravidar aos dezessete anos. Só que Elissa não esta muito interessada em seguir as novas regras que a mãe esta tentando impor.
É em meio a essa nova fase de sua vida, que ela conhece Ryan Jacobsen, o garoto mais falado da cidade, e não no bom sentido. Ryan e sua família é o motivo pelo qual a mãe de Elissa pode pagar o aluguel de sua bela casa. A anos atrás os pais do rapaz foram assassinados a sangue frio pela própria filha com problemas mentais enquanto dormia. Desde então, Ryan vive sozinho na mesma casa, e tem de enfrentar a hostilidade dos vizinhos que não o querem por perto.



Mas será que Ryan é mesmo só um rapaz deslocado? o que será que se esconde nos porões daquela casa? Elissa esta prestes a descobrir,  mas será que vai gostar do que esta por vir?
É basicamente essa a historia, é um belo suspense, mas é uma pena que seja tanto enredo com tão poucas paginas.Tudo acontece muito rápido, nada de muitas descrições e enrolação, o que na realidade é uma pena, pois a historia é tão boa, que o livro poderia ter o triplo de paginas que ainda seria incrível, só precisava de um pouco mais de enredo, antes de entregarem o brilhante final. E por falar em final, QUE FINAL!! eu não sou muito fã desses enredos policiais,  essa historias de seriais killer, psicopatas e afins, não me chama muita atenção, mas o final desse livro/filme é brilhante, vc só consegue entender realmente o que esta acontecendo no ultimo minuto, é perfeito.
O livro foi publicado no Brasil pela editora ID e tem uma capa maravilhosa, que é uma cena do filme mesmo.É uma leitura rápida, pois além do livro ser fininho, a escrita é bem simples, então a leitura flui, eu o li em um dia. Eu super indico, tanto o livro quanto o filme, com toda certeza vale muuito apena.

Trailer do filme:



22 março 2013

Resenha: Nascida à Meia Noite - Os Sobrenaturais - Saga Acampamento Shadow Falls


• Editora: Jangada
• Autor: C.C. Hunter
• Tradução: Gilson César Cardoso de Sousa e Denise De C. Rocha Delela
• ISBN: 978-85-64850-00-2
• Ano: 2011
• Páginas: 315


Sinopse:

Kylie Galen está na pior. Seus pais vão se divorciar, seu namorado acaba de romper com ela e uma noite, depois de ser presa por estar na festa errada, com as pessoas erradas e na hora errada, é enviada pela mãe para Shadow Falls – um acampamento para adolescentes problemáticos, localizado numa cidade chamada Fallen, no meio de uma misteriosa floresta. Isso muda sua vida para sempre. Poucas horas depois de chegar, ela descobre, assustada, que seus colegas não são apenas “problemáticos”. Kylie nunca se sentiu normal, mas também não se considera como uma daquelas aberrações paranormais. Ou será que ela é? Em Shadow Falls, vampiros, lobisomens, metamorfos, bruxas e fadas aprendem juntos a desenvolver seus poderes, controlar sua magia e viver no mundo normal. No entanto, as coisas tomam um rumo diferente quando dois carinhas interessantes entram em cena. Derek, um fae que possui poderes mágicos, quer a todo custo ser seu namorado e Lucas, um lobisomem com quem ela partilha um passado secreto. De início, tudo o que Kylie deseja é sair de Shadow Falls e voltar para casa. Porém, com Derek e Lucas ocupando um lugar cativo em seu coração e depois de descobrir que ela própria tem estranhos poderes, talvez sua vida nunca mais volte a ser a mesma...


Resenha:

Em Nascida a Meia Noite, conhecemos Kylie, uma garota tipicamente normal, de 16 anos que esta passando por algumas situações que estão mexendo com ela. Sua avó morreu recentemente, seus pais estão se divorciando e seu namorado Trey terminou com ela. Kylie esta sofrendo muito com essas situações, e para esquecer um pouco toda essa bagunça, vai a uma festa com sua melhor amiga Sara, mas como tudo pode piorar, Kylie vai presa pela policia, e agora sua mãe acredita que ela é uma adolescente problemática e a envia para um acampamento chamado Shadow Falls.

No acampamento, Kylie é informada de sua nova situação: monstros exixtem. Isso mesmo, um vampiro pode ser seu vizinho, aquela garota que vc chamou de bruxa na escola, realmente é uma bruxa. Fadas, lobisomens e tudo mais que se esconde na calada da noite existe. Kylie sempre foi diferente, ela vê uma pessoa que ninguém mais vê, só falta descobrir agora, a qual clã Kylie pertence.

(...)Então, sua curiosidade, sua necessidade de saber evaporou-se na atmosfera quase irrespirável. Só agora entendia o sentido da frase "A ignorância é uma benção". Queria continuar ignorante. Não queria ver, não queria acreditar.(...)

Juro que no começo não gostei da Kylie. Achei ela muito superficial, a coitadinha que queria atenção. Mas quando ela chegou no acampamento, comecei a nutrir um certo sentimento por ela! Kylie é tudo o que uma garota quer ser: inteligente, bonita, esperta... Mas teve momentos que eu quis matá-la!! Depois de algum tempo, comecei a ter dó dela. Ser diferente mais uma vez, não era o que Kylie queria. Kylie não quer ser descendente de nenhum deus, ela quer ser normal, viver com humanos normais e não acordar a noite com terrores noturnos e um fantasma ao seu lado...

A escrita da C.C é muito envolvente, li o livro em um dia, a narrativa é em terceira pessoa, então imagina meu desespero. Mas ainda acho que a autora exagerou na criação de Kylie. Essa menina tem um sério problema com peitos! Tudo pra ela era peito pra cá, peito pra lá... ficou esquisito. Em comparação, adorei os personagens secundários, principalmente suas novas amigas. Della é minha preferida, já os garotos... bem, Derik é muito fofo e atencioso, mas Lucas é tudo de bom em dobro. Viagei neste lobinho lindo demais. As capas desta série são perfeitas, não tem como negar, vou continuar lendo a série porque, já no finalzinho do livro, parece que Kylie começou a mudar, e isso me empolgou muito.

Pra quem gosta de estórias sobrenaturais é um prato cheio, mas não chega a ser perfeito. Espero sinceramente que os próximos livros sejam melhores.

Sobre a autora:

C.C. Hunter cresceu em Alabama, onde ela pegou vaga-lumes, correu descalça, e regularmente resgatou príncipes em potencial, na forma de rãs. Ela agora vive no Texas, com seus quatro gatos resgatados, um cão e um príncipe de um marido, que não é assim um sapo. Quando não está escrevendo, ela está lendo, gastando o tempo com sua família. C.C. Hunter é um pseudônimo. Seu verdadeiro nome é Craig Christie e ela também escreve romances humorísticos e suspense românticos.




20 março 2013

Resenha: Cores de Outono – Keila Gon


Editora: Novo Século
Autor: Keila Gon
ISBN: 978-85-7679-842-2
Ano: 2012
Páginas: 437

Sinopse: 

O inesperado, o impossível, o destino...
Quem ama escolhe seus caminhos, vence o medo, ultrapassa a razão, duela com a dúvida entre o certo e o fácil para seguir seu coração. 
Melissa encontrou em um olhar as revelações de toda uma vida e longe da lógica escolheu o caminho confuso, mas surpreendente do amor.
Ela chegou à pequena cidade da montanha com a responsabilidade de cuidar de Alice, sua irmã caçula, esperando uma vida simples. Mas se viu envolvida por Vincent, um estranho arrogante, dono de irresistíveis olhos turquesa que vai levá-la através da sombra e da luz para revelar surpresas inimagináveis de um Mundo Mágico perigoso e fascinante.
A cada encontro este homem misterioso amedronta e encanta; desperta sentimentos e a faz duvidar de sua coragem. Mas, antes que Melissa seja arrebatada por esse amor, ela precisa enfrentar elfos, magos e intrigas em uma realidade inóspita que testará seu coração.

Resenha:
Melissa Wels é a garota mais desastrada do mundo!! Qualquer pedrinha é fatal perto dela, e agora que tem a responsabilidade de cuidar de sua irmã caçula, Alice, Melissa não pode dar pontos ao desastre. Ela tem que ter mais atenção, afinal, ela e sua irmã já perderam muito...

A estória de Melissa começa com sua viagem de São Paulo para Campo Alto. Uma cidade do interior, cercada por florestas e montanhas. É onde mora seu avô George, o único parente que lhe resta. Melissa deixou tudo pra trás quando sua mãe e o pai de sua irmã morreram em um acidente. Como passou sua infância em Campo Alto, resolveu que Alice também poderia crescer assim, livre, sem preocupações.

Mas Melissa não esperava conhecer Vincent, o cara mais arrogante, irritante e misterioso da face da terra. A cidade toda tinha medo de Vincent, e ninguém nunca, ao menos tentou falar com ele. E não era só isso, a família de Vincent que mora na montanha, não era bem vista pelos moradores da cidade, eles eram diferentes, e isso já bastava para manter todos longe. Vincent não era o moço bonzinho apesar de sua aparente beleza, Vincent era problema, mas mesmo assim, Melissa se deixou levar pelos surpreendentes olhos turquesa e descobriu um mundo oculto dos humanos. Um mundo repleto de magia, onde Magos das Sombras, da Luz, elfos e duendes existem, mas não é como um conto de fadas, onde sempre tem um final feliz. Esse final pode ser trágico, para Melissa e principalmente para a pessoa que ela jurou proteger: sua irmã Alice.

(...)Apesar de toda confusão que Vincent causava em mim, estava de certa forma aliviada por ele estar aqui comigo. Não conseguia explicar isso a mim mesma, era apenas uma certeza, que de alguma forma me deixou segura. A situação poderia se turbulenta, errada, assustadora, confusa... mas ver seus olhos incrivelmente azuis brilharem debaixo da chuva era a única coisa boa no momento.(...)

Sabe quando você começa a ler um livro e logo no prólogo já dá o primeiro suspiro? Pois é, depois deste suspiro, passei o resto do livro suspirando.... A escrita da Keila é leve e descontraída, faz você perder a noção do tempo e me levou para um mundo mágico maravilhoso!!! Sem falar do Vincent, meu Deus!!! Que homem!!! A atração de Melissa e Vincent é tão complexa que chegava a me irritar em algumas partes, as brigas entre os dois eram momentos de alegria pra mim, porque adoro um mocinho/bandido. Melissa me saiu melhor do que o esperado. Comecei a leitura imaginando mais uma mocinha indefesa e blábláblá. Mas me enganei profundamente, ela é medrosa admito, mas enfrenta tudo, mesmo correndo riscos. Tem o gênio forte, e de todos na cidade, foi a única que realmente enfrentou Vincent, e eu simplesmente adorei esses momentos!!! Todos os personagens são perfeitos, cada um com sua personalidade diferente e encantadora. A narrativa é feita por Melissa, então podemos receber em primeira mão seus sentimentos duvidosos e sinceros. Os capítulos são separados por títulos, apesar de em alguns livros isso ser sinal de spoiller, neste livro ficou muito bem colocado. A capa ficou linda e confesso que já estou curiosa pelo próximo livro. Cores de Outono é o primeiro livro de uma série que vai surpreender o leitor, tem uma trama muito bem elaborada que nos lembra as séries americanas. Vincent me ganhou logo na primeira aparição no livro... Porque será que os mocinhos malvados chamam nossa atenção heim??? Adorei essa estória com todos esses seres mágicos e adorei ainda mais conhecer Vincent, ele é perfeito!!! Apesar se seu humor mudar constantemente creio que isso caiu como um charme a mais. No final do livro, encontramos mais surpresas!! Keila, em sua infinita bondade, nos agraciou com a play list do livro!!! Isso mesmo!!! Todas as músicas que supostamente Melissa escutou durante o livro, Keila colocou no final pra gente se deliciar, sem contar a super receita do brigadeiro de panela. Não quero mais nada!!! Ler este livro maravilhoso, escutando as musicas que me fazem lembrar de Vincent e comendo um delicioso brigadeiro de panela... AMEI!!! Super recomendado!!!

(...)Esse homem tinha sérios problemas de socialização, de humor, e ainda havia espaço para um emaranhado de esquisitices emocionais impossíveis de descrever.(...)

Sobre o autor:

Keila Gon nasceu em São Paulo, capital. Filha de pais aventureiros viveu boa parte da infância em Minas Gerais onde desfrutou de amizades inesquecíveis e compartilhou com a irmã mais velha o contato com a natureza. Atualmente, reside em São José dos Campos com o marido, a filha... E um gato.


MEME - " EU E OS LIVROS "

Heeeey pessoal!!
eu acabei de receber um meme da Elaine do " Louca por Livros", fiquei super feliz, eu amo responder a esses meme e selinhos. Obrigado Elaine!!

Vamos as regras:

1. Escrever 11 coisas aleatórias sobre você.
2. Responder as 11 perguntas que a pessoa lhe mandou
3. Criar 11 novas perguntas para quem irá mandar.
4. Oferecer para mais 10 pessoas ou Blog e avisá-los.



11 coisas aleatórias sobre mim:

  1. Sou compulsiva! Não posso ver promoção de livros, mesmo que o livro não seja desejado, preciso comprar.
  2. Amo animais, de todos os tipos e especies, faço trabalho voluntario junto com o canil da minha cidade.
  3. Amo inverno e odeio verão.
  4. Sou apaixonada pela Avril Lavigne e Taylor Momsen.
  5. Um dia eu ainda vou me casar com o Channing Tatum. <3
  6. Minha escritora favorita é a Richelle Mead.
  7. Eu amo chocolate.
  8. Tenho uma gata que se chama Luna, em homenagem a Luna Lovegood de Harry Potter.
  9. Sou Potterhead, semi-deus, tributo e Narniana.
  10. Vou infartar até o lançamento de Vampire Academy - blood sisters no cinema.
  11. Pareço legal, mas já assisti tantas vezes Harry Potter que repito as falas antes dos personagens.

Respondendo as perguntas que me foram destinadas:


1. Qual o livro que você jamais compraria? 
Qualquer um do Nicholas Sparks.

2. Se pudesse viver um personagem, qual seria?
Rose Hathaway, é obvio! Alem de ela ser linda, forte e determinada, eu nunca perderia a chance de ter um Dimitri!! hahahah

3. Cite três livros que você mais se identifica.
É difícil eu me identificar com livros, pois eu só leio livros de fantasia. Tem alguns livros que me fazem refletir, como "a culpa é das estrelas", "sou toda errada", "Lola e o garoto da casa ao lado"... entre outros.

4. Oque te motivou a ler?
O que me motiva a ler? Ler é a minha forma de viajar, então o que me motiva a ler é a sede por aventura, por conhecer o desconhecido, visitar lugares que eu nunca poderei ir pessoalmente e viver novas emoções.

5. Qual a capa que você acha mais bonita?
Nossa, isso é até pecado! como eu posso escolher só uma? mas eu acho que as capa da serie "a maldição do tigre" da editora Arqueiro são as mais bonitas no momento, mas eu tenho uma paixão pela capa de "Belo desastre" tbm!

6. Qual a capa que você acha que não tem a ver com o livro?
Apesar de eu ter sitado ela acima como uma das minhas favoritas, eu acho que a capa de Belo desastre e a mais fora do contexto. Sei lá, não tem muito sentido.

7. Qual escritor que mais gosta?
Sem sombra de duvida: RICHELLE MEAD.

8. Se pudesse escrever um livro, qual título daria a sua obra?
Não tenho a minima ideia, eu sou leitora e não escritora! gosto de apreciar o que a mente desses gênios pode criar, mas da minha não sai nada, não!! kkkkkk

9. Prefere livros nacionais ou internacionais?
Ambos! desde que a historia seja boa, eu to lendo.Odeio esse preconceito que existe por ai,o nível dos nossos escritores esta igual ou melhor do que muuito gringo que esta na lista de best seller.

10. Qual autor brasileiro mais gosta?
Outra pergunta que é covardia!! precisa ser só uma? eu amo tantas. Nazarethe Fonseca, Tammy Luciano, Eddie van feu, Vanessa Bosso... acho que essas são as minhas favoritas!

11. Qual autor gostaria de conhecer?
Novamente: Richelle Mead. Gostaria de conhecer a mente que criou o meu Dimitri Belikov.

Minhas perguntas para os próximos Blogs:
1-Já abandonou alguma leitura? qual livro?
2-Qual é o seu livro favorito?
3-Qual o livro que mais te decepcionou?
4- Qual a sua meta de leitura para 2013?
5- Qual o seu personagem favorito?
6-  Qual livro esta lendo no momento?
7 - Qual o livro mais te surpreendeu?
8- Qual o seu estilo literário?
9- Se fosse possível mudar o rumo de algum livro,o que vc mudaria e de qual livro?
10- Já pensou em escrever um livro?
11- Qual livro indicaria a um amigo?

Blogs indicados:
 Daily of books
Open door of creation.
Ilusões Escritas.
Fulana Leitora.
Passaporte Literário.
Lendo e esmaltando.
Minha estante literária.
O marca paginas.
Lua de sangue.
House of chick.



19 março 2013

Divulgada a capa de Circulo Secreto - O poder.

Heeey pessoal!!
hoje foi divulgada na fanpage oficial da editora Galera Record no facebook, a capa do terceiro volume da serie Circulo Secreto, da autora L.J Smith, intitulado "Circulo Secreto - O poder".


Divulgaram a capa, mas não a data de lançamento!! --' #chateada
Mas o que vcs acharam da capa? Eu amei, na realidade eu AMO a serie, e amava a serie de TV também, ainda não me conformo com o cancelamento, ódio da CW.

Resenha: Supernatural – O Livro dos Monstros, Espíritos, Demônios e Ghouls



Editora: Gryphus
Autor: Alex Irvine
Tradução: Luiza Vilela
ISBN: 978-85-60610-50-1
Ano: 2010
Páginas: 220

Sinopse:

Supernatural: O Livro dos Monstros, Espíritos, Demônios e Ghouls" é o companheiro ideal para a série criada por Eric Kripke. Para aqueles que acompanham Supernatural, será fácil identificar os monstros e demônios combatidos por Sam e Dean. Para quem ainda não conhece esse universo, esta é a oportunidade de mergulhar no terror e suspense que são cotidianos para os irmãos Winchester. O livro ainda inclui histórias e métodos para eliminar e se proteger de vários tipos de entidades. Há ainda um glossário com diversas ervas e suas utilizações no mundo sobrenatural. Outro anexo detalha os vários demônios e suas características.

Resenha:

Quando você pensa que já viu de tudo nesta incrível série, eis que surge esse livro: Supernatural – O Livro dos Monstros, Espíritos, Demônios e Ghouls. Aqui, encontramos relatos dos irmãos Winchester na busca incessante pelo Demônio dos Olhos Amarelos, aquele ser infernal que matou a mãe deles e Jéssica, namorada de Sam.

Passei o livro inteiro tentando desvendar quem narrava o livro. Em algumas partes vemos o sarcasmo de Dean, a simplicidade de Sam... Mas a maioria do livro é narrado em terceira pessoa, nem por isso deixou de ser incrível. O livro é como um guia sobre os monstros que os irmãos conhecem, e alguns, eles ainda não haviam enfrentado. Até o exorcismo completo em latim encontramos no livro!!! 

Alex Irvine nos faz relembrar o começo de tudo, os monstros que Sam e Dean enfrentaram antes mesmo de encontrar seu pai. Uma verdadeira viagem ao passado, com direito a muitas risadas e alguns sustos básicos!Alguns pontos do livro aparecem também algumas passagens do Diário de John Winchester. As folhas por dentro são mais escuras, dando a impressão de um livro bem manuseado. E as ilustrações?Meu Deus!Perfeitas!!!!

Pra quem gosta de Supernatural, é um prato cheio. Pra quem não gosta, dê uma chance, tenho certeza que vão se apaixonar. A capa é linda, a revisão, perfeita! O que eu mais gostei no livro está no final: Um glossário com ervas e suas utilidades, depois alguns demônios e suas descrições. Uma leitura super recomendada!

Sobre o autor:

Alex Irvine é autor de romances, contos, HQs e narrativas on line. Vencedor dos prêmios Lócus, Crawford e IHG, já foi indicado para o Pushcart Prize e World Fantasy Award.
Em 2005, foi agraciado com o maior prêmio da New England Press Association’s por jornalismo investigativo e, nesse mesmo ano, fez parte de uma equipe de roteiristas que ganhou um Webby, da International Game Developers Association.
Seus livros já foram traduzidos para mais de dez países.
É professor de inglês da Universidade do Maine.



18 março 2013

Resenha premiada Perspicácia. - RESULTADO.


Heeey pessoal!!
Sabado encerrou a nossa promo do livro "Perspicácia". Vamos saber quem ganhou??


Maristela, vc tem 72 horas para enviar o endereço para o email rockanapc@hotmail.com.
Após o envio dos dados o blog tem até 30dias para enviar o premio!


Meme: Na Minha Estante


Oi gente!!! Hoje trago pra vocês mais um meme que recebi da querida Kézia do blog Fulana Leitora. Obrigada pelo carinho de sempre Kelz, você mora no meu coração!!!
Adorei responder as perguntas e espero que vocês também gostem. Abaixo segue a foto a minha estante e uma foto do “anexo” que tive que improvisar, pois os livros não cabiam mais na estante!!! Kkkkkkk



1. Livro favorito:  Tem muitos que eu amo, não dá pra escolher só um, então vou colocar os que primeiro que eu pensar: Academia de Vampiros, Sussurro, A Menina que Roubava Livros, O Céu esta em Todo Lugar, A Culpa é das Estrelas, O Pássaro, Adeus a Humanidade, Equinócio, O Reverso da Medalha, Conte-me Seus Sonhos... E por ai vai.... rsrsrsrsrsrsrsrs

2. Livro que se arrependeu de ter lido: Não que eu tenha me arrependido, mas se eu soubesse que seria tão chato, não tinha lido: O Grande Conflito.

3. Na estante a mais tempo: Brida e Maktub do Paulo Coelho, comprei os dois juntos, estão tão velhinhos... 

4. Livro que tem na estante e nunca leu: Muitos!!! Kkkkkkk ao todo uns 57, mas vou ler logo: Starters, Êxtase, A Viagem do Tigre, Travessia, O Outro Lado de Mim, A Sociedade do S.... E por ai vai.

5. Todos leram menos você: A Canção do Súcubo. Quero muito ler essa série, mas os livros são um pouco carinhos, então estou adiando....

6. Dois dos seus autores favoritos: Só dois? Hahahahaha ta bom néh, Sidney Sheldon e Richelle Mead

7. Livros desejados: Todos que ainda não tenho O.O hahahahah. Mas se alguém quiser me dar um, quero muito mesmo Sob a Redoma!!!!

8. Vi na televisão: Marley e Eu. 

9. Livro de Poesia: Uma Temporada no Inferno - Arthur Rimbaud. Amei esse livro.

10. Um livro que te fez chorar: Todos do Nicholas Sparks, O Céu esta em Todo Lugar, A Culpa é das Estrelas, A Guardiã da Minha Irmã... e vários outros que não lembro agora.

11. Um livro da biblioteca: O Mulato

12. Recomendado por alguém: Ainda não li, mas vou ler, A Sociedade do S, indicado pela minha querida amiga Janaina Simplício.




15 março 2013

Resenha Premiada - Anjo de quatro Patas - Editora Gente.





  • Editora: Editora Gente
  • ISBN: 9788573126099
  • Ano: 2008
  • Páginas: 196

Sinopse:
Uma linda história de amor e amizade entre um homem e seu cachorro.
Neste livro, o escritor Walcyr Carrasco registra os momentos mais engraçados e comoventes vividos ao lado de Uno, um cão que, além de um simples companheiro, tornou-se um verdadeiro amigo, ensinou-lhe a enxergar as pessoas de outra maneira e, sobretudo, devolver-lhe a alegria de viver. Entre mordidas e lambidas, você irá rir e se emocionar com as aventuras desse anjo de quatro patas que renovou a rotina e os sentimentos de seu dono.

Resenha:
A vida nem sempre é como desejamos, e muitas vezes nos reserva provações.Walcyr Carrasco descobriu isso quando sua esposa faleceu. Desolado e inconsolavel ele resolve se mudar para um condomínio rural, onde poderá ficar em contato com a natureza e reconstruir a sua vida. Mas ser um recém viúvo, e isolamento que uma vida no campo proporciona, pode deixar uma pessoa ainda mais solitária.
Sua família, muito preocupada com o seu bem estar, resolve que o melhor para Walcyr é um animal de estimação, e é assim que Uno entra em cena.
Uno é um Husky, e tem a sua Propriá historia. Ele vem de uma malfadada tentativa  do irmão de Walcyr de enriquecer com a venda de filhotes.Só que o projeto não chegou nem perto de dar lucros, pois logo na primeira cria, nasceu apenas um filhote, que acabou recebendo o nome de Uno, e foi adotado por Walcyr.
A decisão de viver recluso veio junto com a ideia de dedicar-se apenas ao seu trabalho, e evitar o contato  com o mundo , e principalmente com as pessoas. O escritor não se considerava em condições de manter relacionamentos de especie alguma. Mas a chegada de seu "anjo de quatro patas" da um novo sentido a sua vida. Como todos sabem, que tem um cachorro não tem depressão e recebe amor incondicional, e foi isso que aconteceu. Uno adotou Walcyr, e pouco a pouco a sua alegria de viver vai voltando.Contava as horas para voltar para casa e ver o seu amigo.

(...)- Sou franca.Você é um cara legal. Temos uma idade parecida,gostamos de morar aqui,longe da cidade,a nossa conversa rola, quando a gente começa não para mais,enfim...Nem temos idade pra disfarçar que estamos começando alguma coisa.Mas você vai ter que decidir.
-O quê?
-Se prefere a mim ou o cachorro.
Sem hesitar, respondi:
-Fico com o cachorro.
Fugi antes que ela me atirasse a torta na cara. (...)

Depois da chegada de Uno em sua vida, não é apenas o emocional de Walcyr que melhora, mas também a sua vida proficional  e pessoal. Mas quem disse que Uno esta disposto a dividir o seu humano ?
Pois é apartir dai, que começa as façanhas de Uno, caçando patos no lago do condomínio, correndo atrás da cadelinha de estimação da visinha, brigando com ouriços, ignorando a pretendente a namorada de seu dono...

(...)Dura é a vida de um cachorro.Humanos são bichos muito complicados.Acreditam que são nossos donos! Donos somos nós, cachorros! Eu me dou bem com o homem que me pertence.É preciso saber despertar a generosidade de um humano.Meu truque é fazer um profundo olhar  de sofrimento.(...)

Quando surgiu a oportunidade de ler "Anjo de quatro Patas", eu fiquei super feliz, um livro sobre cachorros é o fraco de alguem como eu, apaixonada pelos animais!
Tenho que confessar que inicialmente eu fiquei muito brava, pois o autor se refere a animais como fossem roupas ou sapatos que saem de moda com o tempo, ressaltando que animais são comprados conforme a moda.Outra coisa é a ideia inicial de que criar cachorro pode enriquecer alguem,  isso me deixou bem chateada também, pois eu sou voluntaria no canil da minha cidade, e eu sei que muitos desses cachorrinhos fofos comprados em feiras, normalmente vem de uma cadela que passa a vida inteira procriando, as vezes em condições precárias, o canil  nem sempre é registrados e legalizados e as criações de fundo de quintal  só visam os lucros e não o bem estar dos animais.
E me falem, alguem aqui compra o amor ou a amizade de alguem? NÃO, o mesmo se aplica aos animais, um vira-lata não te amará menos que um animal de raça, pelo contrario, ele te amara mais, pois alem do amor e a amizade, existe a gratidão.Existe pessoas que pagam 400$, 500$, 1000$ por um animal, sendo que existe vários abandonados nas ruas e canis, esperando apenas a oportunidade de ter alguem para amar. Todos que estão pensando em comprar um anjo de patas,  peço que façam um teste antes: Visite o canil de sua cidade. Se você não encontrar nenhum anjo que toque o seu coração, então vá até uma feira e compre, mas se encontrar, o que eu aposto que vai acontecer, faça uma doação para uma ONG ou canil.
Mas se você olhar para a relação Walcyr e Uno, você não tem como não se emocionar, para você que tem um bichinho, é impossível não se identificar, e pensar o quanto é privilegiado por ter ele ao seu lado. Como dizem, o cachorro vive menos, pois já nasce sabendo amar como um humano leva a vida inteira para aprender e muitas vezes nem consegue.
Essa é uma historia que só poderia ter sido escrita pela mente privilegiada do Walcyr Carrasco. Como ele mesmo explica no inicio do livro, é uma mistura de fatos reais , acrescentado de alguns criados pelo escritor.
O livro possui um capitulo, onde o escritor divulgou trechos de algumas cartas que ele recebeu quando publicou em sua coluna em uma revista, que Uno estava doente. Nossa, muito emocionante ver a solidariedade das pessoas, e o amor que possuem por seus amigos de patas, e faz a gente ter esperança,  pois em um mundo onde a crueldade chegou ao extremo, ainda existe quem se importe com os animais.
A maioria das pessoas conhece o nome de Walcyr Carrasco, mas até ler esse livro, é apenas isso que você conhece dele.
Leia "Anjo de quatro patas", é uma historia emocionante, é impossível não se identificar e ficar com os olhos marejados. É uma leitura fácil e muito leve, eu li em apenas 2 dias, a diagramação é simples e o livro é uma edição perfeita, os capítulos são enumerados por patinhas, é lindo.
Então se você é um "cachorreiro", como eu, ou ama os animais, é uma leitura indispensavel.


Você quer ganhar um exemplar de "Anjo de quatro patas" + um kit de marcadores e livretos?

É só seguir as regras e participar:

-Seguir o blog Livros de Elite publicamente;
-Deixar um comentario(valido) neste post com o seu email.
-Ser residente no Brasil;
-Preencher o formulário do Rafflecopter.

O premio será enviado pela propria editora.

a Rafflecopter giveaway

13 março 2013

Evento - Livros : Paixão sem fronteiras.


Heeey, pessoal!!
aqui vai um convite para o pessoal que é de BH!!
Dia 23 de março tem evento, e vai contar a com a participação de duas parceiras do Livros de Elite, Samantha Holtz e Eleonor Hertzog.
Além delas, também vão estar presente :


Não vão perder, né?

11 março 2013

6# Conhecendo o autor - Nazarethe Fonseca.



Heeey pessoal,
dando continuidade a nossa coluna, hoje nos vamos conhecer melhor a escritora Nazarethe Fonseca, autora da serie Alma & Sangue.


Livros de Elite - Sabemos que você é super ligada nas redes sociais, e que é conhecida por isso, por manter essa proximidade com seus fãs. Como você se sente em relação ao retorno que os leitores deram sobre seus livros?
É uma experiência enriquecedora. Saber o que eles sentem ao lerem minhas histórias. Se elas atingiram o objetivo desejado. As redes sociais são como o boletim da bolsa de valores, está sempre atualizado e despejando informações sobre uma grande variedade de assuntos, no meu caso livros, claro, se sua time-line estiver direcionada para isso.

Livros de Elite - Como foi o processo de escrita da série Alma e Sangue? Desde o início você tinha em mente escrever uma série, ou um livro foi puxando outro e mais outro? Quando chegou a conclusão de a série se encerraria em “A Rainha dos Vampiros”?

O processo teve dois momentos, a ideia, que veio através de um sonho, e a produção do livro. A ideia do livro chegou praticamente pronta, com exceção do final. No final percebi que haveria um segundo livro, mas não o escrevi de imediato. Algum tempo depois comecei a escrever o segundo livro, o Império dos vampiros. Quem leu o livro Pacto dos vampiros percebe alguns indícios. Fechou-se parte da série, não toda. Tenho planos de mais a frente lançar livros sobre alguns personagens que apareceram ao longe dos cinco livros.
.
Livros de Elite - Conte-nos de onde veio essa inspiração para escrever sobre o universo sobrenatural, em especial sobre o mundo dos vampiros e criar toda a ordem de poderes que existe em Alma e sangue?
Dentro dos meus gostos e predileções sempre esteve o gosto pelo sobrenatural. Nos livros, nas músicas, nos filmes. Sou uma fantasiadora profissional. Os vampiros são meus preferidos nesse universo, depois deles somente as bruxas. Criar mundos é sempre algo complexo. Foi fascinante ser praticamente engolida pelos Cinco Poderes, eles regem o mundo vampiro criado na série. Usei um pouco do meu interesse por direito e moldei algumas leis. A sensação é meio: “Agora Sou Deus”. O poder é algo realmente fascinante.

Livros de Elite - Para quem já leu “A Rainha dos Vampiros”, o final do nosso amado Rei Ariel Simon, ficou em aberto, não sabemos o seu destino. Podemos ter esperança de mais um livro? Talvez mais um extra como Kara e Kmam, só que voltado para Ariel?
Ariel Simon é um personagem muito sedutor, inteligente, ele realmente merece um livro solo. Não tenho previsão, mas estou trabalhando em suas aventuras no intervalo de outros textos. A história do rei foi contada em parte no Império dos Vampiros e no livro Kara e Kmam, Segredos de Alma e Sangue. O manuscrito está com quase cem páginas, acho que vai ser gostoso para os fãs reencontrar o rei, o mundo onde ele habita e quem sabe rever Jan e Kara.  Ele tem uma busca para realizar e dela vai depender seu futuro como rei.

Livros de Elite - Jan Kmam ou Ariel Simon? Sabemos que essa é uma pergunta difícil para todo autor, mas sempre existe preferencia, qual seria a sua?
É realmente uma pergunta difícil. Jan Kmam foi o primeiro a se aproximar, a me mostrar o mundo dos vampiros através de suas aventuras. Ariel Simon foi o segundo com ele descobri os Cinco Poderes, foi apresentada a Radamés, uma figura de peso dentro da série, pouco comentado, mas um vampiro realmente poderoso, um guia espiritual por assim dizer. Bem, fico com Jan Kmam. Mas amo todos eles, todos de algum modo dividiram comigo suas vidas, segredos, amores. Sou meio que uma confidente de todos eles.

Livros de Elite - Como foi o processo de criação dos seus personagens? Sabemos que o trio protagonista de Alma & Sangue tem personalidade forte e cada qual muito diferenciada. Gostaríamos de saber como você os desenvolveu, de onde veio a inspiração?
Criar um personagem é algo complexo. É uma conversa intima, uma entrevista com uma entidade etérea, que não nasceu ainda. É preciso fazer as perguntas certas. Como se ele chama, seu tipo físico, onde nasceu, o que o motiva, quais suas ambições? Faço essas perguntas e tento respondê-las o menor possível. Meus personagens têm uma ficha completa, que começa com a data de nascimento. Dou a eles mais que nomes e características físicas, eles tem até mesmo alma. Como disse é brincar de Deus. O escritor tem a falsa ilusão de que é um semideus, que da vida a sua criação. É um tanto prepotente, mas na intimidade entre o teclado e a tela existe um universo.

Livros de Elite - Kara Ramos possui uma rosa tatuada no seio, e Jan e Ariel possuem um amor pela flor também, sendo citada varias vezes durante a história. A rosa seria uma ligação entre eles, estou certa? E porque a escolha em especial da rosa, tem algum significado em sua vida?
Gosto bastante de rosas e flores. Quando tive a ideia do livro, foi por ter sonhado com Jan Kmam, ele e Kara estavam dançando, andando pelo átrio do casarão que estava cheio de rosas vermelhas.  Mas isso não é novo, a rosa é um símbolo de imortalidade de paixão e desejo. Nada mais certo que uma rosa vermelha para unir um casal. A tatuagem é o símbolo de uma união imortal entre dois amantes, suas almas. Nas capas dos livros vários desses símbolos estão representados. Para mim é um pacto antigo de amor.

Livros de Elite - Ao ler seus livros podemos notar que você tem um vasto conhecimento de história, principalmente em mitologia. Este assunto sempre foi de seu interesse?
Interessei-me por história antes mesmo de ir à escola, minha mãe costumava falar sobre a Grécia e os seus mitos. Na escola passei a ler livros sobre personagens, mitos, lendas, guerras, conflitos, heróis. Como também armas e objetos antigos. Também me interesso por magia e ocultismo, buscando diferenciar o real, e o fantástico. Afinal se vou falar de criaturas que viveram mil anos, preciso conhecer os acontecimentos que envolveram sua passagem por determinados países. No Despertar do Vampiro descrevo a Noite de São Bartolomeu, ocorrida em 1572, na França. No Pacto dos vampiros passei pela campanha de Napoleão Bonaparte na campanha do Egito em 1798.

Livros de Elite - Nós fãs, estamos sedentos por mais e você divulgou recentemente que esta trabalhando em um novo projeto, “Pandora – controle sobrenatural”. Novamente o tema sobrenatural, o que podemos esperar? Os fãs de Alma e sangue podem sair parcialmente do luto?
Recentemente postei em meu blog, e na página da série no Facebook, a primeira “Crônicas de Alma e Sangue”. Um projeto, por enquanto, independente, que pretendo futuramente editar em E-book, ou no formato tradicional, com contos sobre alguns personagens da série.
Acho que os fãs da série terão em Pandora – Controle Sobrenatural um novo mundo para conhecer. O livro trata da rotina de uma agência de controle do sobrenatural. Os agentes lutam contra demônios, fantasmas, ataques de vampiros, lobisomens, Súcubos. Seu dever é manter os mortais em sua “ignorância” sobre tais eventos. Um desses agentes é Zoe Lessa, uma Nefelim, que acabou de ganhar um novo parceiro, um veterano chamado Alex Olivares, um lobisomem.

Livros de Elite - Se não fosse escritora, seria______?
Pintora. Sempre gostei de desenhar, tive algumas aulas é algo que pretendo desenvolver como passatempo.

Livros de Elite - Você enfrentou dificuldades por não residir em São Paulo ou no Rio?
No começo foi um pouco complicado, mas nada que não possa ser resolvido via e-mail, telefone, Skype, vídeo conferencia. Claro, o público reclama, quer os livros autografados. Sempre que posso ou sou convidada para algum evento vou a São Paulo. É uma situação facilmente resolução.

Livros de Elite - Autor também gosta de ler neh? Quais são os seus livros e autores favoritos?
Boas histórias. No ano de 2012 li quase cinquenta livros bem variados, algumas séries. Estou no último livro da série de Irmandade da Adaga Negra, já haviam me recomendado dos livros, mas por tempo ainda não os tinha lido. Antes deles comecei a ler Dezesseis Luas, que tem estreia marcada nos cinemas. Espero que o filme não decepcione, gostei bastante do livro.

Livros de Elite - Onde os leitores podem encontrar e comprar seus livros?
Saraiva, Livraria Cultura, Travessa, Submarino, nas grandes redes.

Livros de Elite - Como está sua agenda? Tem algum evento que você gostaria de convidar os leitores? 
No momento minha agenda de eventos está em branco, a de trabalho está cheia. Tenho dois projetos para esse ano e pretendo finaliza-los antes de 2014.

Livros de Elite - Fale um pouco sobre você:
Sou curiosa, gosto de fazer amigos, alguém com desejos e grilos. Que aprende todos os dias e ainda se surpreende com coisas simples. Mas de pé no chão. Agradeço o convite, espero ter respondido tudo satisfatoriamente.

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz