28 março 2013

Resenha: A Última Nota



• Editora: Novo Século
• Autor: Lu Piras e Felipe Colbert
• ISBN: 978-85-7679-839-2
• Ano: 2012
• Páginas: 260


Sinopse: 

Quando Alícia Mastropoulos se apresenta pela primeira vez como a principal violinista na Orquestra de sua Universidade, ela não tem ideia dos acontecimentos que este fato desencadeará. Decidida a tocar uma composição inédita deixada por seu falecido avô em vez da música programada, ela se emociona e erra a última nota, mas ninguém parece perceber. No dia seguinte, recebe a notícia que um jovem desconhecido é encontrado no coreto próximo ao local da apresentação e levado para um hospital. Quando acorda, ele não se lembra de nada, apenas chama pelo nome dela. Ele, o belo e misterioso rapaz de olhos azuis, é exatamente o que Alícia precisa evitar. Porém, a aproximação entre os dois se torna inevitável quando ela descobre que sua avó, Cecília, tomando conhecimento do caso, hospedou-o e ainda lhe deu o nome de Sebastian. Preocupada, Alícia pede que sua avó o afaste de casa, antes que a situação traga problemas para sua família e para o seu namoro com Theo. Percebendo a relutância da avó e incomodada com a proximidade cada vez maior de Sebastian, Alícia decide apressar o noivado com Theo, para a satisfação de seus pais, que veem com bons olhos um casamento entre duas famílias tradicionais gregas. Só que, aos poucos, ela começa a descobrir uma intensa atração pelo rapaz desconhecido, que a levará a entender, enfim, o mistério que o envolve, a resgatar histórias do passado e a tomar importantes decisões para o futuro.


Resenha:

Alícia Mastropoulos é filha única de uma família grega tradicional residentes no Rio de Janeiro. Alícia é violinista, atualmente faz faculdade e conseguiu um cargo muito importante: Spalla da orquestra de sua faculdade. Sua família não aprova muito sua vocação, o que seus pais querem mesmo, é que ela encontre um bom partido, se case e contrua sua própria família. Alícia tem até um namorado, mas ao contrário do que seus pais pensam, ela não quer viver uma vida presa a Theo. Alícia quer liberdade, ser o que seu amado avô foi, viver pela música e para a música. Mas Alícia não tem força de vontade para intervir contra os pais. Ela segue os costumes rígidos e sempre faz o que eles mandam. Trabalha arduamente no restaurante da família e divide sua incertezas com sua única amiga Carol.

Mas o destino de Alícia esta para mudar. Com um desejo enorme de tocar algo que seu avô compôs, Alícia acaba encontrando uma partitura de uma música muito especial. No grande dia de sua apresentação, ao invés de tocar o combinado, Alícia toca a música de seu avô, só que a saudade dele é tanta que Alícia erra a última nota. A princípio, ninguém parece notar, a contentação foi geral. Mas no dia seguinte uma ligação do hospital, informa Alícia que um rapaz foi encontrado e só chama por ela. O mais estranho de tudo, é que Alícia não o conhece, mas através de seus lindos olhos azuis, começa a enxergar uma nova vida.

Suspense. Essa única palavra define o livro inteiro. Da primeira a última página, tudo o que eu queria saber era o que aconteceria com esses protagonistas maravilhosos e cativantes. Um sonho de livro!!! Alícia é uma garota tão facil de amar que não consigui encontrar defeitos nela. Talvez, somente pela parte onde ela faz tudo o que seus pais pedem sem primeiro pensar em si própria. Haja paciência para aguentar a D. Artêmia vio. Seu pai é mais maleável, mas muito influenciado pela esposa. Seu namorado Theo, nem vou comentar, teria dado uma suura nele se possivel. Sua avó é a criatura mais doce e linda que já li na vida. SEM IGUAL!!!

A Última Nota, trás a escrita gentil e romântica da Lu e o suspense e mistério de Felipe. Não consegui encontrar onde um começava e o outro terminava. Uma dupla perfeita, que me tirou risos e lágrimas com esse livro maravilhoso. O livro foi muito bem contruído, imagino o trabalho para se pesquisar termos técnicos e notas musicais para anexar ao enredo. A capa, sem dúvida é uma das mais lindas que eu tenho. A diagramação é perfeita. Os capítulos são curtos e com um detalhe de flor para destacá-lo. Um livro lindo e muito bem escrito.

Sebastian para mim foi um enigma durante a leitura, somente nas últimas páginas, o leitor conseguirá desvendar o mistério que o envolve. Claro, há especulações e tals, mas nada comparado ao desfecho incrível que se seguiu. Confesso que gostaria de uma continuação, por favor!!!! Super recomendado!!!

Sobre os autores:





LU PIRAS sempre gostou de contar e inventar histórias, transformando pessoas reais em personagens de loucas aventuras. Escreveu seu primeiro romance – uma saga sobre duas famílias durante a Guerra da Crimeia - aos 15 anos numa máquina de escrever Olivetti 1982, presente de seu avô. É advogada por formação e escritora por vocação. Esteve por sete anos em Portugal, trabalhou como jurista, comerciante e artesã de bonecas. Em 2009 se matriculou no curso de Produção Editorial da UFRJ, quando escrever se tornou uma saudável obsessão. ?

É autora da série Equinócio, tendo publicado em junho de 2012 o primeiro volume, "Equinócio - A primavera", pela Dracaena Editora. É também coautora do romance "A Última Nota", em parceria com o escritor Felipe Colbert, a ser publicado em breve pela Editora Novo Século.
Lu mora no Rio de Janeiro com sua família e sua gata Bria.




FELIPE COLBERT é autor de dois livros, palestrante e estruturador de romances. Possui trabalhos publicados no Brasil e na Europa. Entusiasta por suspenses, lançou seu primeiro thriller A Entrevista Ininterrupta pela Novo Século, em 2008. Carioca, atualmente vive na cidade de São Paulo com sua esposa e filho. 



10 comentários:

  1. Eu li Ponto Cego do Felipe e gostei muito. Ainda não li este livro, mas com certeza vou lê-lo. Muito boa sua resenha Ana. Me deixou curioso.

    Abç.

    ResponderExcluir
  2. Não li nada dos autores ainda. Mas são dois autores super bem comentados. E os dois juntos deve ser algo realmente maravilhoso. Amei a resenha =)

    ResponderExcluir
  3. Essa é a primeira resenha que leio dessa obra, e confesso: eu pensava que era outra coisa, bem diferente.
    Amei a história e estou muito curiosa para saber o mistério desse Sebastian e dessa ultima nota =)
    Resenha excelente Aninha =)

    Bjinhos
    http://omarcapaginas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parece interessante o livro, a capa como todas que a Ana Paula posta de leitores nacionais, é linda, não é meu tipo de leitura, mas gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  5. Ela quer sair da família que decide tudo por ela e se casar logo? Para outro que deve ser um mala tentar decidir por ela também? rsrs... Eu já gostei do Sebastian pelo enredo ele é o tipo de personagem por quem vou me encantar.
    Beijos.

    Caths.
    some-fantastic-books.com

    ResponderExcluir
  6. Desde que vi esse livro me apaixonei por ele..
    *-------*

    ResponderExcluir
  7. Sou louca por suspense , então esse livro me parece ótimo (:

    ResponderExcluir
  8. Não gostei muito da estória. Parece mais um desabafo do que um livro mesmo. meio que uma biografia. Nem sei se a autora gosta de música, mas acredito que sim pelo estilo.

    Não fez muito meu estilo... =S

    ResponderExcluir
  9. Eu achei a capa interessante, mas a sinopse mais ou menos, mas acho que vou dar uma chance ao livro vai que eu acabe gostando muito.

    ResponderExcluir
  10. Eu acho a capa desse livro muito bonita e sou louca por ele. Adoro o nome da personagem Alicia :) A primeira vez que vi esse nome foi no livro Slam e desde então me apaixonei! hehe Também quero muito os outros livros da Lu, da série de Equinócio!

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz