30 maio 2013

Resenha: Três Amores e Uma Fronteira - Shure Mei


  • Autora: Shure Mei Uen
  • Edição do autor
  • ISBN: 978-85913471-1-7
  • Páginas: 213
  • Ano: 2012
Sinopse:Três irmãs, três histórias de amor. Embora bastantes diferentes uma das outras, elas guardam um segredo para proteger a família. A morte de um jovem devastou a Fazenda White Horse, da família Feewell. Kelly, filha de uma delas, foi levada para outra cidade, mesmo antes que fossem encontrada as ossadas do jovem, perto da fazenda. Treze anos depois, ela volta para o enterro de sua avó e acaba descobrindo o outro lado das histórias de duas tias e do seu pai. 'Três Amores e Uma Fronteira' tem personagens fortes, narra a coragem de cada um deles na missão de proteger as três senhoras Freewell contra seus inimigos que ressurgiram depois da volta de Kelly. Cada personagem narra a sua história - o presente e o passado. Aos poucos vai sendo desvendado o segredo que as três irmãs tanto guardam, quando começam a parecer as provas de um crime.

28 maio 2013

Vampire Academy - Blood Sisters -First day on set.

É isso mesmoo pessoas lindas!! Hoje, enfim começa as gravações de Vampire academy!!! #surtando.
E a Zoey Deutch, a nossa Rose postou uma foto em seu twitter pessoal:


Será que a primeira cena é na St Vladmir?? será que ali atrás é a escola!??? OMG!!
Não gostei muito da escolha da Zoey como Rose, mas se ela continuar divulgando fotos, eu aceito o suborno!!  kkkkkkkkk

Resenha: Legend - Marie Lu.


  • Autor: Marie Lu
  • Tradutor: Ebréia de Castro Alves
  • Editora: Prumo
  • ISBN: 9788579272097
  • Ano: 2012
  • Páginas: 256


Sinopse:

Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Resenha:

"A verdade se tornará lenda."

Quando se completa 10 precisa passar pela prova, que nada mais é, do que varias questões objetivas, testes físicos e psicológico.Se ao final de todos os exames o adolescente conseguir uma nota aceitável, é digno de trabalhar para o governo. Quanto mais alta for a sua nota, melhor vai ser o seu cargo e a qualidade de seu ensino. Já os reprovado são retirados de suas famílias e enviados para campos de trabalho forçado, e não mais retornam ao convívio da sociedade.
 June é órfã, perdeu os pais a muitos anos em um trágico acidente de carro, desde então mora com o irmão mais velho,Metias,e estuda na melhor faculdade. É considerada o prodígio da Republica,já que atingiu a nota máxima na prova,a única que conseguiu atingir 1500 pontos, ou seja, todos os seus testes foram impecáveis. Agora ela esta sendo treinada para fazer parte do exercito, que é a função destinada aos que obtém as melhores notas.
Mas, certa noite, um soldado bate a porta de June, trazendo a noticia que pode abalar o seu mundo aparentemente perfeito. Seu irmão, seu único parente vivo, foi cruelmente assassinado, possivelmente por Day, o procurado numero um da Republica, o garoto sem rosto, o qual todos procuram ,por seus atos de vandalismo contra o governo, mas ninguém nunca realmente o viu. Day é uma lenda viva, mas até então, nunca ninguém o havia acusado de assassinato. A própria June o admirava por sua coragem e destemor.

"Vou perseguir você até o inferno.Vou vasculhar as ruas de Los Angeles a sua procura.Se preciso, vou procurar em todas as ruas da Republica.Vou enganar você,usar de truques,mentir,fraudar,roubar para encontrar você,atraí-lo para que saia do seu esconderijo,e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir.Estou fazendo um juramento: sua vida é minha.
Antes do que eu esperava, chegaram os soldados para levar Metias para o necrotério."

Decidida a capturar o assassino do irmão, June fica encarregada de localizar e capturar Day, e para isso ela vai para as ruas dos setores mais pobres da Republica, onde teoricamente se escondem a maioria dos Patriotas.
O único modo de June se infiltrar no meio dessas pessoas, é passando despercebida. Para isso ela passa a viver nas ruas, como uma sem teto. Logo que o caminho de June e Day se cruzam, ambos passam a duvidar de tudo que sempre acreditaram. Será que tudo que é imposto pela Republica é para o bem da população? e será que todos os oficiais e governantes são pessoas sem coração, sem o minimo de compaixão?
A cada dia que passa nos setores pobres da Republica junto com Day, June fica ainda mais incerta sobre o fato de ele ser ou não um assassino impiedoso.
Apesar das dificuldades e de viver em constante fuga, é um garoto simples e de bom coração,e luta com unhas de dentes para ajudar a sua família a sobreviver,apesar das dificuldades.
Mas June e Day estão presos em um jogo de gato de rato, ela pretende captura-lo, mas ao mesmo tempo ele nem sonha que ela é um agente infiltrado, mas está sempre preparado para o pior.

"-Nunca lhe perguntei sobre esse nome de guerra. Por que Day?
-Porque cada dia significa novas 24 horas. Cada dia quer dizer que tudo é possível de novo. Você pode aproveitar cada instante, pode morrer num instante, e tudo se resume a um dia após o outro. –ele olha para a porta aberta do vagão da ferrovia, onde faixas escuras de água cobrem o mundo."

Eu tinha Legend a bastante tempo na minha estante, logo que entrou o "modismo" distópico, eu o comprei junto com Divergente, por causa da semelhança entre ambas as sinopses, mas a muito tempo estava adiando a leitura. Que grande erro.
Legend é incrível. Sinceramente? acho que esta no mesmo nível de Jogos Vorazes e Divergente, sem duvida nenhuma.
Ambientado em uma Los Angeles futurista, no ano de 2130, Legend conta a historia de June e Day. Ela, o jovem prodígio da governo, ele, o criminoso mais procurado. Quando suas estorias se cruzam, tudo que ambos acreditam é posto a prova, June precisa decidir se realmente acredita em tudo que foi levada a crer, e Day precisa enfrentar a verdade de quem sua vida pode depender de alguém que ele nunca sonhou que poderia lhe ajudar.

 "Dinheiro é a coisa mais importante do mundo, guria. Dinheiro pode comprar felicidade, não me importo com o que os outros dizem. Dinheiro pode comprar alívio, status, amigos, segurança... todo tipo de coisas."

A narrativa é feita em primeira pessoa, alternando entre o ponto de vista de June e Day, nos mostrando ambos os lados de uma sociedade dividida.
A forma como a autora mantem o ritmo da estoria é algo sensacional, existe ação e suspense do inicio ao fim(Para vcs terem uma ideia, me peguei brigando e incentivando alguns personagens durante a leitura. hahahaha.), alem de ser leve e fluir muito fácil.
Minha unica critica a esse livro, é a morte do Metias logo nos primeiros capítulos!Ok, eu sei que é a morte dele que desencadeia todos os acontecimentos que levam ao desenvolvimento da estorias, mas isso não me impede de achar a morte dele um desperdício, um personagem forte e carismático. Gostaria que a June tivesse outros parentes vivos para  morrer no lugar dele.(devaneios de leitora frustrada, oi.)

A diagramação do livro é super elaborada, a folhas tem uma aparência "manchadas", e alguns capítulos são divididos como se fosse uma especie de relatório, com data, hora e local.
Sinceramente, hoje eu entendo muito bem todas as criticas maravilhosas desse livro, que apesar de ser fino e de a autora ser bem jovem, é inegável o seu talento, e o quando a estoria tem potencial. Estou esperando ansiosamente para o próximo volume. Para quem não sabe, Legend é uma trilogia, que tem sequência em "Prodigy" e "Champion", ambos ainda sem data de lançamento no Brasil.


Sobre a autora :

Marie Lu nasceu em 11 de julho de 1984 na cidade de Wuxi na China. Escreve romances jovens-adultos, e tem um amor especial por livros distópicos. Antes de se tornar uma escritora em tempo integral, era diretora de arte em uma empresa de jogos. É formada na Universidade do Sul da Califórnia, e atualmente vive em Los Angeles.

Li Até a Página 100 e...

Oi Gente! Hoje vou falar um pouquinho pra vocês do livro Três Amores e uma Fronteira da querida Shure Mei. Espero que vocês gostem!

Quem quiser adotar este meme, passa lá no Eu leio, Eu conto para ver as regrinhas...

O Livro:


Primeira frase da página 100:
"- Quero fazer um brinde também e pode me chamar de Patrick. A você, senhora Ellio, à sua coragem."

Do que se trata o livro:
Três Amores e uma Fronteira conta a história das mulheres Freewell, Mariah, Minnie, Annie e Kelly. Kelly é filha de Minnie e cresceu na Fazenda White Horse junto com sua mãe, suas tias e sua avó. É Kelly tbm que narra a maior parte do livro. Mas as outras tbm tem seu espaço, cada uma contando um pouco de sua vida e de seus amores.

O que está achando até agora:
Estou gostando. O livro tem um enredo diferente do que estou costumada a ler. E pelos capítulos serem divididos entre as mulheres Freewell a leitura não fica cansativa.

O que está achando da protagonista:
A protagonista principal Kelly é uma mulher muito bem resolvida. Mas tem coisas em seu passado que despertam a curiosidade do leitor. Dentre as outras, minha preferida até agora é Mariah.

Melhor quote até agora:
"Estava muito feliz para dizer qualquer coisa. Deito devagar com o apoio do seu braço e ele me acompanha. Então nos beijamos de novo. Um beijo intenso e por muito tempo. Seu corpo está em cima do meu e eu envolvo os braços no pescoço dele e sinto sua mão alisando meu corpo. Respiramos o mesmo ar, nos sufocando um ao outro. Devagar, ele inclina a cabeça para me olhar e eu não fujo mais dos seus olhos nem dos meus sentimentos." Pag. 80

Vai continuar lendo?
Vou!

Última frase da página 100:
"Ele fica triste e eu muito mais, por várias razões; queria muito curar Susan, mas isso é impossível. Outra razão: recusei um pedido de casar com o homem que eu amo e depois ele pode encontrar outra mulher mais jovem do que eu e se casar."

É isso gente, em breve resenha dele pra vocês!!!! bjo^^

27 maio 2013

Resultado: Sorteio Dia do Livro da Estante para o Reader


Oi Gente! demorou mais saiu o resultado. desculpe, me esqueci de postar semana passada, então vamos saber logo que ganhou???


Parabéns meninas!!! Um email já foi enviado a vcs e espero que gostem dos livros!

OBS: Cada blog é responsável pelo envio do livro oferecido. O prazo para envio é de até 45 dias após o envio dos dados.

26 maio 2013

Resenha : A Elite - Kiera Cass.


  • Autor: Kiera Cass
  • Editora: Seguinte
  • ISBN: 9788565765121
  • Ano: 2013
  • Páginas: 360
  • Tradutor: Christian Clemente


Sinopse:
A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos.
America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.

Resenha:

Cuidado!! Pode conter spoilers de A Seleção.

Quando a Seleção contava com 35 garotas, tempo era algo que America tinha de sobra, mas agora são só 6, e dentre elas Maxon precisa escolher uma noiva. America que sabe que o príncipe nutre sentimentos por ela, na realidade, ele afirma que se ela se comprometer, toda essa disputa já estaria acabada. Mas existe Aspen, que agora  como guarda do castelo, esta constantemente ao lado dela, o que não torna nada fácil a tarefa de escolher entre um deles, já que apesar de o Príncipe confessar os seus sentimentos, ainda sai com mais 5 garotas, que fariam qualquer coisa por ele e pela coroa.

“ Não era como se a minha presença fizesse o mundo dele mais feliz. A sensação que eu tinha era de ser o mundo dele. Não havia explosões. Não havia fogos de artifício. Era uma chama lenta, queimando de dentro para fora."

Mesmo consciente de sua posição no coração do príncipe, o ciumes que America sente das outras garotas é algo novo para ela, e que a deixa ainda mais dividida entre Maxon e Aspen, já que um ela precisa dividir com mais cinco garotas, e outro esta sempre ali apenas por ela , independente dos riscos ou do que aconteça.
Mas a cada dia que passa fica mais difícil para America negar seus sentimentos por Maxon, cada momento, beijo e toque a deixa mais convencida de que talvez o seu futuro seja completamente diferente de tudo que ela imaginou e sonhou.
Mas ao mesmo tempo em que a disputa continua dentro dos portões do palácio, no lado de fora, rebeldes  tramam ataques para derrubar a monarquia. Os ataques estão a cada dia mais frequentes, e as baixas na guarda mais alarmante.
Mas Príncipe Maxon e sua Elite, ainda precisam prosseguir, e nada melhor do que uma festa para melhorar o humor dos visitantes e moradores do palácio.
Após uma conversa e uma visita secreta a biblioteca proibida do palácio, America e Maxon resolvem reavivar as tradições do feriado de Halloween com uma festa a fantasia e convidar as famílias de todas as competidoras.
É também nessa festa, que enfim, America admite seus sentimentos por Maxon.

" Assim que ele saiu, fechei os olhos e recapitulei tudo o que acontecera naquele espaço de tempo: o modo como ele olhava para mim, os sorrisos contentes, os beijos doces. Repassava tudo, uma e outra vez, enquanto me preparava para dormir. Eu me perguntava se Maxon estava fazendo o mesmo. ” 


Quando tudo parece que estar caminhando para o final feliz de America e Maxon, uma das câmeras de segurança do palácio, flagra algo inusitado. Será que America está pronta para lidar com as responsabilidades que a coroa lhe impõe, ou melhor, será que ela esta preparada para ser a esposa do futuro Rei, alguém que vai precisar tomar decisões  nem sempre agradáveis?

Ok, PARA TUDO!! enfim eu consegui tirar essa resenha de mim! Sabe aquele momento de bloqueio criativo? pois é, eu andei passando por isso, principalmente com esse livro. Para quem acompanha o blog, sabe que eu estava em cólicas para ler A Elite. E tipo assim... FOI TUDO QUE EU IMAGINAVA, e mais um pouquinho, só posso dizer que valeu cada minuto de espera, consegui ficar ainda mais apaixonada, encantada, viciada e desesperada, se é que isso é possível.
Depois que eu terminei de ler, meu livro estava parecendo um arco-iris de tanto post its que eu coloquei para marcar os meus quotes favoritos, mas acabou que eu não pude colocar eles aqui, era muito spoiler né, dai vcs iriam me matar.
Mas, vamos falar do Príncipe Maxon, ops, quero dizer, vamos falar de "A Elite". Este livro começa exatamente de onde a Seleção parou. Agora a competição esta mais acirrada e a cada dia mais afunilada.São apenas seis meninas, e America tem o privilegio de ter o coração do Maxon, mas quem diz que ela sabe dar valor a isso?? Neste livro a Senhorita mulambenta só sabe pedir tempo, e enrolar o Maxon e o Aspen. Ela não admite que gosta de nenhum dos dois, mas não permite que eles sigam em frente. Quase morre de ciumes do Maxon, mas vai se pegar nos cantinhos com o Aspen. Hipocrisia, oi?
Ao mesmo tempo em que America esta neste conflito de interesse, Maxon esta decidido a encontrar uma segunda opção dentre as outras cinco meninas que ainda estão disponíveis, já que essa é a sua única oportunidade de ser feliz.
Enquanto America vive em sua bolha, onde apenas precisa decidir se quer ser da Casta um ou dois, e o quanto de sobremesa ela ainda consegue comer,  os rebeldes estão tramando, e os ataques mais constantes. O motivo disso? Ninguém sabe.Nortistas ou sulistas, a única coisa que todos tem certeza é de que eles procuram algo que esta dentro do palácio.A constante vigilância dos soldados e as grandes baixas depois de cada ataque, torna a vida da família real ainda mais estressante, principalmente para Maxon, que alem de ter de lidar com uma guerra eminente, precisa escolher uma noiva o quanto antes; tudo isso sob o olhar atento de seu pai, o Rei Clarkson, um homem cruel, que não mede esforços para conseguir o que quer. 
Pois é pessoal, depois de ler esse livro, eu já tenho altas teorias para "The One", e todas elas incluem uma morte lenta e dolorosa para o rei nas mas mãos dos rebeldes. Eu não posso dizer o pq que ele despertou a minha ira, só digo que o Maxon tem grandes motivos para temer o pai, e que ele é muito mais cruel e sem escrúpulos do que você imagina.Infinitamente mais.
A seleção esta ainda mais forte, e a Celeste esta a cada dia mais intragável. FATO!
Por causa da indecisão da America ,o Príncipe resolver dar munição para as meninas brigarem por ele, literalmente.Ele começa a passar muito mais tempo com as outras candidatas do que com a America, principalmente com a Kriss, o que deixa a egoísta da America toda enciumadinha, o que é ótimo, é bom ver essa inversão de papeis, enfim ela vai precisar fazer algo da vida para merecer o Maxon.

Olha só, eu sei que todo mundo curte essa historia de triangulo amoroso e coisa e tal,ao meu ver, é uma estrategia dos autores para gerar aquelas clássicas brigas entre fandons, mas o suposto triangulo de A Elite se tornou até um tanto engraçado, já que Aspen é visivelmente carta fora do baralho, apesar do personagens ser mais ativo neste livro.Não me entendam mal, "The One" ainda esta sendo escrito, portanto nada esta decidido, mas para bom leitor, meia indireta basta. A Kiera Cass deixou bem explicito o final do Aspen já na metade deste livro, portanto, a America fica com o Maxon ou sozinha.Ainda não decidi para quais desses finais eu torço, pq a ela esta insuportável neste livro, devo confessar que eu cheguei ao extremo de torcer para a Celesta dar uns tapas na cara dela, se chegou ao ponto de eu ser Team Celeste, mesmo que por apenas alguns segundos, podem ter certeza que a coisa foi tensa, muuuito tensa.
Em um livro que eu amei praticamente tudo, não tenho muitos pontos negativos para destacar, mas  o modo como a autora esta desenvolvendo os ataques dos rebeldes é algo que me deixou intrigada, na verdade é um pouco sem logica. Os ataques acontecem freqüentemente neste livro, e é isso que me fez questionar a logica da Kiera. Como que um palácio pode ser atacado um dia sim e o outro também, sendo que existem guardas armados e super treinados em cada porta, e os rebeldes são apenas pobres seres humanos, sem treinamento e armamento? Existe uma falha nessa logica, não?
O livro como um todo é uma obra muito bem elaborada,com uma capa perfeita, diagramação simples e sem erros de revisão aparente. A Seleção foi o primeiro livro da editora Seguinte que eu tive a oportunidade de ler, e me surpreendeu muito.
Para quem não leu A seleção, mas leu a resenha ate aqui, eu só posso dizer : "O QUE VC ESTA ESPERANDO??", vai ser logo. E para quem não leu A Elite: SORRY pelos spoilers, mas eu avisei!! kkkkkkk 
Se vc é Team Maxon e/ou team torta de morango, mesmo ela não aparecendo neste livro, comenta ai, e vamos discutir as teorias para "The one", que por sinal, só sai em ABRIL DE 2014, não sei se vou ser eu a resenhar, já que né, provavelmente vou ter enfartado ou  a minha sanidade mental vai estar comprometida a ponto de eu não conseguir e tal...
É isso pessoal, leia a Elite, apaixone-se ainda mais pelo Maxon e seja feliz!! \õ
Outra noticia, o piloto de The Selection foi recusado pela CW, portanto não vamos ter serie de TV, mas a autora andou dando algumas indiretas de que existe a possibilidade de a estoria ser adaptada para o cinema!! 

Sobre a autora:

Quando terminou o ensino médio, sua ambição era o teatro, e foi para Coastal Carolina University, se formando em Teatro Musical. Depois foi para Radford University e mudou para Música. Então Comunicação. Em seguida, História. Acabou estabelecendo-se em História, mas mudou-se para Blacksburg, casou teve filhos. Depois disso, tornou-se dona de casa para ficar em casa com os filhos.
Em 2007, abalada por uma tragédia local, tentou um monte de coisas para se recompor, resultando em se sentar para escrever uma história onde o seu personagem teve que lidar com seus problemas. Escrever lhe ajudou a lidar com todas as coisas que estava sentindo. Acabou por não terminar essa história, porque começou a escrever The Siren. Depois de adquirido o hábito de escrever, teve muitas idéias, incluindo The Selection e um punhado de outras que estão esperando sua vez.


25 maio 2013

Resenha: Pra Vida Toda - Um Sonho a Mais 2 - Nanda Meireles


  • Autora: Nanda Meireles
  • Editora: Perse
  • ISBN: 9788564280328
  • Ano: 2011
  • Páginas: 188
  • Versão: Ebook

Sinopse:Dos sonhos à realização, a vida nos reserva grandes reviravoltas, onde nem sempre encontramos o que esperamos. Ao sair da escola, Fabiana encara uma nova maratona: faculdade, trabalho, o novo negócio da sua mãe e um noivado a distância que por vários momentos lhe parece irreal. Entre tantas dificuldades, o passado decide dar as caras, enquanto o futuro oscila com os inesperados tropeços do presente. Agora a questão não é abrir espaço em sua vida para novos e doces sonhos, mas sim aprender a conviver com decisões que selarão seu destino... Pra Vida Toda

23 maio 2013

Resenha : As Feiticeiras de East end - Melissa De La Cruz.


  • Autor: Melissa De La Cruz
  • Editora: iD
  • ISBN: 9788516083281
  • Ano: 2012
  • Páginas: 312
  • Tradutor: Áurea Akemi Arata


Sinopse:
As três mulheres da família Beauchamp escondem um segredo: são feiticeiras poderosas, há séculos proibidas de usar sua magia. Joanna consegue ressuscitar os mortos e curar feridas graves; Ingrid prevê o futuro e tece nós que podem resolvem qualquer problema; e Freya tem um encantamento que certamente consegue curar os piores desencantos amorosos. Ela vai se casar com o misterioso Bran Gardiner, e cada vez fica mais difícil esconder seu segredo. Ingrid e Joanna sentem o mesmo dilema, e as três percebem que não podem mais ignorar quem realmente são.
Desenterram varinhas e vassouras e começam a criar feitiços bem intencionados para algumas pessoas. É então que ataques violentos começam a assolar a cidade. Quando uma jovem desaparece, elas percebem que está na hora de descobrir que forças obscuras operam contra elas.

Resenha:
North Hampton é uma pequena cidade costeira com poucos habitantes, onde a natureza continua intacta,não atingida pelo progresso industrial e tecnológico. É nesta cidade em que as mulheres da família Beauchamp vivem o mais discretamente possível.
Freya, Ingrid e sua mãe Joanna vivem em North Hampton a mais tempo do que podem se lembrar. A seculos elas foram proibidas de usar a sua magia, e a viver entre os humanos como um deles. As mulheres Beauchamp são feiticeiras imortais, e desde o julgamento em Salém, quando foram descobertas, vivem sobre a restrição do conselho, que as proibi de praticar qualquer tipo magia ou ritual.
Mas muitos anos se passaram, e nunca mais ninguém do conselho as procurou, hoje Freya é uma garçonete em um bar da cidade, Ingrid a bibliotecaria e Joanna, uma simples dona de casa, suas vidas não poderiam ser mais normais, e nem tão entediante. Mesmo depois de tantos anos, elas amargam a proibição, e se sentem incompletas sem a sua magia, que borbulha dentro delas, sem poder vir a tona.

(...)Ingrid nunca se sentia só,não quando tinha tantos livros para ler e tantos bons amigos na biblioteca,um emprego no qual ela ansiava chegar todas as manhãs nos últimos sete anos.Ela sabia que a mãe achava que ela desperdiçava o tempo,  suas habilidades,seu intelecto,seu tudo, trabalhando em uma biblioteca parada de cidade pequena.que Freya achava incrivelmente chata.Mas, para Ingrid,sua biblioteca era a sua casa.(...)

Mas Freya esta decidida, se o conselho não mais as procurou, quem garante que não esqueceram delas? E assim as mulheres Beauchamp , desenterram as suas varinhas e vassouras e passam a ajudar discretamente os habitantes de North Hampton. Freya, preparando poções misturadas aos drinks que serve no bar, e Ingrid montando um pequeno consultório em sua biblioteca.
Um ponto turístico na cidade é a mais antiga casa, a mansão "Fair Heven", abandonada a muito tempo. Mas que do dia para a noite, aparece reformada, assim como a noticia de que Bran e Killian Gardiner, os herdeiros da mansão estão de volta a cidade.
Em menos de um mês, Freya se torna noiva de Bran, mas ela também não consegue controlar a grande atração de sente por Killian, o irmão mais novo. Apesar de amar seu noivo, ela sente uma conexão com Killian no primeiro momento em que o vê, a levando a questionar os seus sentimentos.
Mas curiosamente, logo apos a chegada dos Gardiner a cidade, estranho acontecimento surgem. Uma substancia escura aparece nas praias, animais mortos, pessoas contaminadas por um vírus desconhecido e mortal, tudo sem explicação.
O que será que esta atormentando a pacata cidade de North Hampton ? Será que os Gardiner são quem realmente dizem ser? Será que existe mais magia na cidade do que elas imaginaram?
É exatamente isso que as Beauchamp vão tentar descobrir para ajudar a sua cidade.

Para quem não sabe, essa serie é escrita ela mesma autora de BLUE BLOODS, que assim como essa serie não me conseguiu me conquistar. O livro é legal, a temática é diferente, mas a falta de ação e o desenvolvimento arrastada não deixa que a leitura seja algo prazeroso, e sim entediante. A autora desenvolve vários fatos irrelevantes para a estoria, exagerando nas descrições e devaneios de algumas personagens.Vcs devem ter notado a falta de quotes, é exatamente por isso, os momentos impactantes acontecem nos últimos capítulos.
Os personagens são bem construídos no entanto, cada qual tem uma personalidade e caracteristicas bem diferenciadas. A classificação do livro que eu achei estranha, infanto-juvenil, mas a autora ousou em varias cenas quentes,não muito detalhadas, mas que não poderiam ser classificadas como infanto-juvenil e sim, jovem adulto.
A autora faz menção da historia das bruxas de Salém e seus julgamentos, mas apesar de as protagonistas terem vivenciado, ela não se aprofunda no assunto, ela também deixou alguns ganchos, que indicam que ela possa ainda se aprofundar na mitologia nórdica nos próximos livros.
O livro em si é uma obra linda, a capa é magnifica, sem erros de revisão, com uma diagramação simples, mas, perfeita.

A principio é Família Beauchamp é para ser uma trilogia:
  • As Feiticeiras de East End
  • Serpent's Kiss
  • Winds Of Salem


Sobre a autora:

Melissa de la Cruz nascida em 1971, é uma autora que escreve principalmente para um público jovem adulto. Ela cresceu em Manila e se mudou para San Francisco com sua família, onde se graduou na escola do Convento do Sagrado Coração. Ela se formou em história da arte e de Inglês na Universidade de Columbia. Ela agora divide seu tempo entre Nova York e Los Angeles, onde vive em Hollywood Hills com sua família.

Resultado: Promoção Dia Do Trabalhador

Oi Gente!!! Mais uma promo que acaba... Mas outras virão por ai então fiquem atentos!!!!


E quem ganhou foi....


Parabéns Patricia e Ingrid!!!!
Um email foi enviado a vcs, por favor, responda-o em até 48hs ok?

OBS: Cada blog é responsável pelo envio do livro disponibilizado.
O prazo para envio é de até 45 dias após o envio dos dados dos ganhadores.

22 maio 2013

Resenha : Caiu do Céu - Heidi W. Durrow.

  • Editora: LeYa Brasil
  • ISBN: 9788580442717
  • Ano: 2012
  • Páginas: 280
Sinopse:

Rachel, filha de uma dinamarquesa com um negro, torna-se a única sobrevivente de uma tragédia familiar, depois de uma fatídica manhã no terraço de um prédio em Chicago. Forçada a se mudar para uma cidade estranha, tendo como tutora sua severa avó afro-americana, Rachel é obrigada a viver, pela primeira vez, em uma comunidade de maioria negra, na qual sua luminosa pele clara, seus extraordinários olhos azuis e sua beleza fazem com que seja alvo de constante atenção, por onde quer que passe. Enquanto cresce nesse ambiente e tenta engolir a dor, ela começa a entender como o mistério e a tragédia de sua mãe podem estar ligados à sua própria e oscilante identidade. Criada até então para pensar em si mesma como branca, agora se espera de Rachel que “aja como negra”. E, nesse meio-tempo, a jovem continua se perguntando por que tem de ser definida por sua pele e que motivo justifica que rótulos digam mais sobre o que ela é, em um mundo que insiste em classificá-la tanto como negra quanto como branca. Caiu do céu é um emocionante e perspicaz retrato de uma jovem bi-racial que precisa lidar com as concepções da sociedade sobre raça e classe.


Resenha:

Rachel é uma menina mulata, filha de uma mulher branca, de origem dinamarquesa com um negro, e como ela é branca de olhos azuis, vivencia o preconceito tanto da parte dos brancos com os negros do que vice-versa, já que mora com sua avó negra desde que seus pais morreram num acidente. Agora Rachel era uma criança negra de olhos azuis perante a sociedade em vivia com a família paterna, e com apenas 11 anos teve que amadurecer rápido devido a dura realidade do choque interracial dos EUA.

“Quero que saibam o quanto eu os amo. Eu os amo e vou mantê-los a salvo. Meus filhos não são metade negros. Eles também são metade de mim. Quero que eles sejam o que quiserem. Não são apenas a cor que as pessoas veem.”

Ela não compreende tanta discriminação entre as raças, por ser apenas uma criança, e vivendo com sua mãe e padrasto nunca tinha passado por coisas parecidas(já que ambos eram brancos), já morando com sua avó, aprende aos poucos a diferença entre os mundos de brancos e negros, e isso causa uma confusão em sua cabeça, até se adaptar.

“Eles têm um a linguagem que eu não conheço, mas compreendo. Aprendo que pessoas negras não têm olhos azuis. Aprendo que sou negra. E tenho olhos azuis. Atribuo todos esses fatos novos à nova menina.”

Durante esse processo de adaptação, ela e os personagens tentam desvendar o que realmente aconteceu com seus pais no dia do acidente, são inúmeras suposições, mas nenhuma conclusiva.
Entre a narrativa estão Loranne, a patroa de Nella que é mãe da Rachel, Brick, o vizinho que adora pássaros, Roger, o pai de Rachel entre outros. Cada personagem traz uma possível resposta para o motivo do acidente que matou a família, inclusive os diários de Nella encontrados por Lorrane trazem em suas páginas vários indícios do que aconteceu.
Caiu do céu é um livro com uma estória bonita e por vezes triste, um drama familiar que trata de preconceito e amadurecimento precoce com muita delicadeza.
Não é um dramalhão, achei até leve para o tema proposto pela autora, é um pouco confuso no início mas depois que conhecemos os diversos personagens a leitura flui. Única coisa que não gostei foi a linguagem ser parecida com a do livro A pequena abelha(que detestei) mas achei este muito melhor, devido aos personagens não se fazerem de vítimas, e sim humanos cheios de questionamentos, momentos de tristeza e alegrias, ou seja, não é um livro que te força a chorar por exemplo.
Uma leitura que faz pensar sobre a nossa maneira de ver as pessoas e julgá-las por serem diferentes de nós, seja pela cor da pele ou sexualidade, é uma boa reflexão para os dias de hoje com tanta polêmica sobre várias questões que envolvem os novos grupos familiares que estão se formando. Achei um bom livro, sem muitas expectativas, apenas bom.



21 maio 2013

Resenha : A garota que perseguiu a lua - Sarah Addison Allen


  • Editora: Planeta do Brasil
  • ISBN: 9788516657989
  • Ano: 2012
  • Páginas: 243
  • Tradutor: Alice Klesck
Sinopse:

Como você pode achar seu caminho? Seguindo as nuvens ou a lua?Emily Benedict foi para Mullaby após a morte de sua mãe. Ao chegar à cidade e conhecer seu avô ela percebe que os mistérios do lugar nunca são resolvidos: eles são uma forma de vida. Existem quartos cujo papel de parede muda de acordo com o seu humor, luzes estranhas aparecem no quintal à noite e Julia Winterson, a vizinha, consegue cozinhar a esperança em forma de bolos. Emily percebe que sua mãe esteve envolvida no maior mistério da cidade, e conta com a ajuda de Julia para desvendá-lo. Em Mullaby nada é o que parece.

Resenha:


Ganhei esse livro no Grupo do Livro da comunidade Eu amo marcadores do Skoob, logo que chegou fiquei ansiosa pela leitura, achei a capa linda e a sinopse bem interessante, não costumo ler livros fantasiosos, mas devido as séries de TV que estou vendo ultimamente(Hemlock Grove é uma delas) passei a me interessar.

“ Ali! Ali estava novamente. Era uma luz branca forte, um flash veloz, passando entre as árvores. Aos poucos, a luz foi apagando, voltando à escuridão do mato, até que sumiu completamente.
Bem-vinda a Mullaby, Carolina do Norte, pensou. Lar das luzes fantasmagóricas, dos gigantes e dos ladrões de jóias.”

Entre conquistas amorosas, reencontros e acontecimentos inexplicáveis, aos poucos vamos desvendando os segredos de Mullaby — uma pequena cidade na Carolina do Norte — cheia de mistérios, luzes noturnas que piscam nos quintais a noite, um gigante, papéis de parede que se movem e esperanças em forma de bolos cheirosos.

“Essa era uma das grandes injustiças da vida: que você pode seguir adiante, ser realizada e feliz, mas no instante em que vê alguém do colégio, imediatamente se torna a pessoa que era naquela época, não a que é agora.”

Emily, uma garota de 17 anos que após perder sua mãe vai morar com o avô que não conhece muito, e pasmem, é um gigante de mais de dois metros de altura, cheio de segredos e mistérios.
Na cidade ela não é bem vista, pois a mãe quando jovem, repentinamente foi embora prometendo nunca mais retornar, Emily nunca soube os motivos verdadeiros da mãe ter feito isso, mas aos poucos enquanto ela descobre, nós somos levados a uma cidade muito misteriosa e com personagens muito interessantes que ansiamos por descobrir seus segredos um a um tal como a protagonista.

“… Estou sempre com saudade de casa … Só não sei onde é minha casa. Há uma promessa de felicidade por aí. Eu sei disso. Até sinto às vezes. Mas é como perseguir a lua: bem na hora em que você a tem, ela some no horizonte. Eu fico triste e tento seguir em frente, mas depois … volta na noite seguinte, me dando esperança de pegá-la novamente…”

O livro tem romance adolescente, mas também adulto, fala sobre perdão e em ultrapassar barreiras e preconceitos para vivenciar o verdadeiro amor e ficar em paz com o passado.
Achei uma leitura leve, agradável e cheia de poesia, muito bem escrita e a cada início de capítulo tem borboletas o que achei muito bonito, é um livro que irá agradar jovens e adultos, acredito que mais as mulheres irão gostar.
O final é dos melhores que li desde Água para elefantes, que teve meu final preferido(entre tantos livros lidos) já que finais geralmente nos deixam irritadas ou ansiosas pela continuação, neste não, é um final surpreendente e plausível com a estória toda, adorei!

Sobre a autora:

Sarah Addison Allen nasceu em Asheville, na Carolina do Norte. Licenciada em Literatura. Os direito de O Jardim Encantado, a sua obra de estréia foram cedidos para 15 países e só nos Estados Unidos venderam-se mais de meio milhão de exemplares. O livro foi distinguido com o prémio SIBA Novel of The Year, atribuído pela Associação de Livreiros Independentes do Sul ao melhor romance de 2008. Em Portugal, O Jardim Encantado foi igualmente um êxito, com mais de 10 mil livros vendidos. O Quarto Mágico, o seu primeiro livro, foi eleito Romance Feminino do Ano pela revista Romantic Times. No Brasil, seu livro "O Jardim Encantado", foi lançado com o título "Encantos no Jardim".


Li até a página 100 e...

Oii pessoal lindooo!!!
Vamos a mais um li até a pagina 100 e...?? Nem vou contar que novamente eu estou lendo uma distopia, né, até pq vcs já devem imaginar isso!! hahahah


Livro:

Primeira frase da página 100:
"Dá para ver como me saí bem sozinha na luta hoje."

Do que se trata o livro:
Novamente eu estou lendo uma distopia, normal, né! Essa se passa em um futuro muito distante, novamente o mundo esta dividido, quando se completa 16 precisa passar pela prova, se tiver uma nota aceitável se é digno de trabalhar para o governo, quando mais alta for sua nota, melhor vai ser o seu cargo, já os reprovado tem um destino diferente. June é órfã, mora com o irmão mais velho e estuda na melhor faculdade, já que atingiu a nota máxima na prova, e esta sendo treinada para fazer parte do exercito do governo.Mas certa noite um soldado bate a porta para avisar que seu irmão foi assassinado, possivelmente por Day, o procurado numero um do governo.

O que está achando até agora:
Estou amando, amo esse clima de guerra e revolta! *-*

O que está achando da protagonista:
A June é muito fodastica!! hahahha Bem no estilo Rose Hathaway de ser, quebra a cara de todo mundo, tem um certo desprezo pelas regras e adora se meter em encrenca! Meu tipo de protagonista preferido, yeah!!

Melhor quote até agora:

"Vou perseguir você até o inferno.Vou vasculhar as ruas de Los Angeles a sua procura.Se preciso, vou procurar em todas as ruas da Republica.Vou enganar você,usar de truques,mentir,fraudar,roubar para encontrar você,atraí-lo para que saia do seu esconderijo,e persegui-lo até você não ter mais para onde fugir.Estou fazendo um juramento: sua vida é minha.
Antes do que eu esperava, chegaram os soldados para levar Metias para o necrotério."

Vai continuar lendo?
COM CERTEZA!!

Última frase da página 100:
"Não se preocupe - ela me diz.- Sou uma Menina cautelosa, quando não estou zangada."

É isso pessoal, como LEGEND é fininho, isso foi quase uma resenha, mas logo logo tem resenha no blog!


20 maio 2013

Resenha: Traída - Série House Of Night Livro II



  • Autoras: P.C. Cast e Kristin Cast
  • Editora: Novo Século
  • Ano: 2009
  • Páginas: 343
  • ISBN: 978-85-7679-250-5

Sinopse:
Zoey se estabelece na Morada da Noite. Finalmente sente-se incluída e aprende a controlar os seus poderes. Agora ela supera novos desafios, luta contra a morte que se abate sobre adolescentes humanos e sobre a própria Morada da Noite e, de repente, percebe que seu coração e sua alma acabam de ser partidos por uma grande traição.
Nesse segundo livro da série House of Night depare-se com novos mistérios, surpreendentes emoções e muita sensualidade.
House of Night é um dos maiores sucessos da atualidade nos Estados Unidos com mais de 3 milhões de livros vendidos em todo o mundo. O primeiro livro, Marcada, vendeu mais de setecentos mil exemplares nos Estados Unidos e já foi reimpresso 28 vezes.


Resenha:

"A escuridão nem sempre equivale ao mal, bem como a luz nem sempre traz o bem." Pag. 327

Pois bem! Em Traída continuamos conhecendo mais nossa protagonista Zoey e sua nova vida na Morada da Noite, uma escola especial para adolescentes que foram marcados e que se conseguirem passar pela transformação, serão vampiros. Neste exemplar, acompanhamos Zoey e seus amigos numa tarefa muito difícil: Alguém esta raptando adolescentes humanos e matando-os, tentando jogar a culpa nos vampiros da Morada da Noite. Diante deste mal que cerca a escola, Zoey que está "Carimbada" a seu ex-namorado Heath, enfrenta o medo de perdê-lo, pois nunca se sabe o que vai acontecer.

Gostei muito mais deste livro do que de Marcada. Mais ação e suspense esperam pelo leitor em cada virada de página. Continuo indo com calma, pois estou com muito medo de me decepcionar, mas confesso que estou adorando! Zoey não é uma personagem qualquer! Ela é adolescente, e como todos os adolescentes, apronta suas burradas e pensa besteira. Também é uma verdadeira nerd, e prova isso em cada pensamento que tem! Adoro o modo como ela leva tudo na esportiva e como consegue sair de várias enrascadas, usando sua inteligência e seu sarcasmo que me ganharam logo no primeiro livro. Com a descoberta que pode manipular os cinco elementos, agora Zoey tem a responsabilidade de ser a Líder das Filhas das Trevas, também tem que lutar contra a vontade que só cresce de beber sangue. Ainda tem Aphrodite, que em algumas páginas conseguiu me convencer de que pode melhorar... mas até pessoas que parecem boas, podem esconder um segredo maligno...

"...Não que eu seja totalmente cética nem nada assim, mas, por favor... dá um tempo! (como as gêmeas diriam) Ser capaz de conjurar o poder dos cinco elementos era bem bizarro. Tipo, minha vida não era nenhum filme dos X-Men (apesar de que eu, com certeza, gostaria de passar um bom tempo com o Wolverine). Pg. 160

Novos personagens entram na trama, que se desenrola sem floreios, deixando o leitor ávido por mais e mais. A escrita das autoras continua a mesma. A diagramação é simples mas muito bem feita. Não tenho o que dizer da capa, porque me interessei pela série por causa dela. Muitas coisas acontecem neste volume e conhecemos mais sobre os personagens antigos, e, finalmente, podemos começar a perceber de que lado esta quem. Os amigos de Zoey continuam os mesmos fofos de sempre, mas o coração de nossa personagem esta dividido em alguns pedaços, e pra falar a verdade, isso não me incomodou nenhum pouco. Quem na adolescência nunca se sentiu atraída (o) por mais de uma pessoa?? Pois é, muito mistério, romance, suspense e uma poderosa traição espera o leitor neste livro. Quando terminei este exemplar, já fiquei doida pra ler o próximo, mas como disse acima, estou indo com calma, por isso vou esperar um pouco pra depois continuar. Mas pra quem for lê-lo, tenha o 3º volume em mãos, porque assim que terminei este fiquei doida de curiosidade!!! *o*

Pra quem gosta de uma série engraçada, diferente, cheia de personagens únicos, este livro é uma boa indicação, leia, e tire suas próprias conclusões!!!


Sobre as autoras:


Phyllis Christine "P.C." Cast cresceu indo e vindo para Illinois e Oklahoma, que é onde ela se apaixonou por Quarto de Milha e mitologia (na mesma época). Depois do colegial ela se juntou à Força Aérea dos Estados Unidos e começou a falar em público e escrever. Vive em Oklahoma e leciona Inglês na South Intermediate High School em Broken Arrow desde 1993. Os seus livros de fantasia romântica receberam numerosos prêmios: Prism, Holt Medal­lion, Daphne du Mau­rier, Bookseller’s Best, Affaire de Coeur Reader’s Choice e o Laurel Wreath. Em 2007 iniciou a saga House of Night com sua filha Kristin Cast como co-autora.

Kristin Cast é uma NY Times e hoje E.U.A. bestselling autor e se juntou com a mãe para escrever a série House of Night. Ela tem publicado histórias sozinha em várias antologias, bem como os créditos editorial.Ganhou pêmios por sua poesia e jornalismo.

Acompanhe as resenhas da série:
Marcada 


                                                                            

17 maio 2013

Sorteio Kit do Livro Cisne - RESULTADO

Pois é gente, mais um sorteio que acaba aqui no blog, quero agradecer a todos que participaram, e convidar vocês a continuar participando de nossos sorteios!!!! Vamos ao resultado:


Os 3 sortudos que seguiram todas as regras vão levar pra casa esse kit, são:


Parabéns!!!! Enviei um email pra vocês, que vocês devem responder em até 48hs ok? Se você não ganhou, não fique triste e nem desanime, continue participando que uma hora a sorte chega! Por hoje é só gente!!! Bjo^^


Resenha: Agnus Dei - A Idade do Sangue


  • Autora: Ju Costa
  • Editora: Edição do autor
  • Ano: 2012
  • Páginas: 350
  • ISBN: 978-85-912899-0-5

Sinopse:Em A Idade do Sangue, podemos acompanhar a jornada de vampiros antigos, monstros sedutores. A jornada de recém transformados, como nossa personagem principal - que de forma alguma se encaixa no papel de heroína - e das pessoas que convivem com tais seres. Trazendo a tona uma lente psicológica e com um nível maravilhoso de verossimilhança a uma série de acontecimentos, que são nada além de naturais, se você considerar possível a existência do fantástico e do maravilhoso. Partindo dessa nova premissa - passando por uma filosofia Dostoévicista e bebendo de fontes profundas como a literatura de Saramago e jovens como J. K. Rowling - Ju Costa constrói um livro mais cativante e inspirador a cada página e deixa um gostinho ferroso de quero mais ao final de cada capítulo.

15 maio 2013

Li até a página 100 e...

Oi gente!!!! Desculpe este post sair hoje, é que eu ainda não tinha chegado a página 100 deste livro. Uma série nova que estou assistindo está tirando minha concentração, mas hoje eu me dediquei a ler as 50 páginas que faltavam pra chegar até a 100 e fazer o post pra vcs!!!! \o/
Na verdade, não tinha nada na página 100, então usei a 101 ta!!! rsrsrsrsrsrs

Quem quiser adotar este meme, passa lá no Eu leio, Eu conto para ver as regrinhas...

Livro:


Primeira frase da página 100:
"- Então, por que não podemos contar a Neferet sobre esta confusão? Ela só precisaria dar uns telefonemas, como no mês passado, quando Aphrodite teve a visão do avião que ia cair sobre o Aeroporto de Denver - Damien disse, tomando o cuidado de manter a voz baixa.

Do que se trata o livro:
"Traída" continua contando a história de Zoey, uma recém marcada, que descobriu ser portadora de poderes nunca antes vistos, nem por humanos, nem por vampiros.

O que está achando até agora:
To gostando, desde o começo do livro, não tive tempo de respirar, é muita coisa, então vc fica envolvida no enredo e nas coisas que estão acontecendo... Muito bom!!

O que está achando da protagonista:
Gosto muito da Zoey, acho ela esperta e intuitiva, uma personagem que esta ganhando meu respeito.

Melhor quote até agora:
"Esfreguei aquelas palavras com os dedos. Eu sabia quem as escrevera. Só havia um resposta lógica. Senti um aperto no coração ao murmurar seu nome. Loren..." Pag. 78

Vai continuar lendo?
Sim!!!

Última frase da página 100:
"- Mas ela está lhe dizendo toda a verdade? - Stevie Rae perguntou."

É isso gente!!! Logo, logo tem resenha deste livro pra vcs!!!! bjo^^

13 maio 2013

Resenha em Vídeo: Vozes do Silêncio - Adriana Vargas



Sinopse:
Somente algo poderoso poderia libertá-la... Seu destino era a morte para salvar o mundo da terceira guerra mundial, fruto de uma maldição que comandava toda a Espanha. Década de 60 - rock in roll, revoluções e um amor impossível – Analy se apaixona por Vidal, militante rebelde, meio às crises políticas que assolavam a Espanha durante a ditadura dieguista, porém, ela não esperava que sua família guardasse um segredo tão maligno, capaz de separá-la definitivamente de seu grande amor. Consequências de um passado tenebroso, vinganças sombrias, vozes, visões e uma maldição cigana – estão por todos os lados, do começo ao fim. O mais forte vencerá num cenário de lutas, sangue, perdas, mistérios e o sobrenatural.


Assista ao book trailer clicando AQUI

Resenha:


Sobre a autora:


Nascida em 27 de dezembro em Anápolis, Goiás, veio para Mato Grosso do sul ainda pequena. Começou a escrever desde que aprendeu a ler, pois seus pais compravam enciclopédias infantis ilustradas para incentivar seu gosto pela leitura, enquanto as crianças brincavam no quintal. Imaginava histórias que nunca viveu e as passava para o papel. Esses escritos, porém, eram escondidos debaixo do colchão. Ao serem revelados, venceu o seu primeiro concurso literário aos oito anos de idade, representando seu estado em nível nacional, o que lhe deu a segunda colocação no Concurso Mirim, realizado em 1978. Aos treze anos escreveu seu primeiro romance. No ano de 2000 entrou para a Academia de Direito pela Universidade UCDB, sendo uma das alunas mais aplicadas do curso. Apaixonada por leitura filosófica, procurava por obras de autores como Platão e Hanna Arendt. Encantou-se com os Iluministas e as histórias das antigas civilizações. Participou de projetos, como o incentivo às cooperativas.
Hoje afastou-se das práticas forenses, buscando novos desafios, tendo uma parte de seu tempo dedicado arduamente aos seus livros e leituras de livros como filosofia, sociologia, civilizações antigas e ao trabalho que desenvolve em prol dos novos autores no Clube dos Novos Autores, onde é coordenadora geral. A sua contribuição para com a literatura brasileira é ressaltar os valores escondidos longe da hipocrisia. Fala dos sentimentos como são e da vida como é. Nas entrelinhas de seus escritos estarão ressaltados os valores esquecidos pela marcha do capitalismo emergente.Todos os seus trabalhos são palpados em pesquisa de campo junto à realidade dos comportamentos e traços característicos do que escreve, convivendo com as pessoas e situações. Questionadora por natureza, está sempre em busca de respostas.Tem o ímpeto atrativo em escrever livros inspirados em acontecimentos verídicos.

É isso pessoal! Quero agradecer a Adriana por ter me cedido a honra de ler este livro e entrar para este mundo fantástico que são suas obras. Muito obrigada mesmo, adorei conhecer mais um pouco sobre você! Sucesso!!! bjo^^

12 maio 2013

Resenha: Marcada - House of Night - Livro I


  • Autoras: P.C. Cast e Kristin Cast
  • Editora: Novo Século
  • Ano: 2009
  • Páginas: 327
  • ISBN: 978-85-7679-229-1

Sinopse:
Em The House of Night você vai conhecer um mundo parecido com o nosso, exceto pelo fato de que nele os vampiros sempre existiram e convivem tranquilamente com as pessoas normais. No primeiro volume, Marcada, Zoey, uma garota de 16 anos, acaba de receber uma marca que vai transformar a sua vida por completo. Zoey terá que se afastar de seus amigos e de tudo aquilo que fazia parte da sua vida até então. A menina vai se transformar em vampira e usufruir de poderes que ela nem imaginava possuir. Mas para isso ela precisa suportar o difícil período de transformação, caso contrário morrerá.

Resenha:
O que dizer de um livro que supera todas as suas expectativas? Pois é... eu nem imaginava que este livro seria tão bom quanto foi. Mas mesmo assim ainda não vou me animar, me disseram que a partir do 4º livro, as coisas desandam... Vou esperar pra ver!

Em Marcada, conhecemos Zoey, uma adolescente que acabou de ser marcada por um Rastreador. Zoey agora terá que deixar tudo para trás, família, amigos, sua vidinha simples... Tudo mesmo. Zoey tem que ir para a Morada da Noite. Uma escola onde ela vai aprender o que precisa saber para tornar-se uma vampira, isso se ela conseguir passar pela transformação, o que não é nada fácil.

Fazia muito tempo que eu queria ler esta série, mas ficava sempre enrolando, primeiro por ser uma série longa, com 10 volumes (publicados no Brasil), depois, porque todo mundo dizia que eu não ia gostar da série, que era chata e mais um monte de coisas... (Não foi só vc vio Geeh!!! rsrsrsrsrsr). Depois, quando (finalmente) eu consegui os 9 primeiros volumes, decidi esperar mais um pouco, afinal, eu já tinha os livros mesmo, então poderia ler quando eu quisesse. Bem, deveria ter começado antes.

Gostei muito da escrita das autoras. É bem jovial e Zoey é a adolescente que todas nós fomos um dia. Doida por liquidações (principalmente de sapatos), com uma família que não a entende, uma amiga fura-olho (quem já não teve uma amiga assim???), preocupações com provas na escola (geometria) e infinitas dúvidas em sua cabecinha. Mas depois que é marcada, Zoey logo de cara aceita seu destino, com muito medo, mas aceita.

"O problema, claro, era que me transformar em monstro era a mais luminosa dentre minhas duas opções. Opção número um: Eu viro vampira, o que significa montro na cabeça de praticamente todo ser humano. Opção número dois: meu corpo rejeita a mudança e eu morro. Para sempre." Pg. 16

Gostei muito tbm do mundo maluco criado pelas autoras. Imagina só um mundo onde os vampiros sempre existiram, os melhores atores, cantores, poetas... todos vampiros. E não é só isso, além dos poderes que vem com a transformação, as autoras ainda inventaram uma profetiza antiga que é adorada pelos vampiros até os dias de hoje. É como se fosse uma religião, de um lado os vampiros (Deuza Nix) e do outro os humanos (liderados pelo Povo da Fé). E ainda tem magia O.O. Acreditem, foi uma surpresa atrás da outra. Gosto muito de conhecer novos mundos e desfrutar de leituras tão poderosas a ponto de fazer você querer participar do livro e este foi um livro que me fez sentir isso.

Recomendo a leitura pra quem gosta de vampiros e tem uma mente aberta para várias outras descobertas. Um livro que te deixa com gosto de quero mais. A capa é linda, a diagramação é simples, tem um bom espaçamento entres as letras, o que não dificulta a leitura, e o vocabulário é para adolescentes mesmo, então você não vai precisar de um dicionário do lado ¬¬.


Sobre as autoras:



Phyllis Christine "P.C." Cast cresceu indo e vindo para Illinois e Oklahoma, que é onde ela se apaixonou por Quarto de Milha e mitologia (na mesma época). Depois do colegial ela se juntou à Força Aérea dos Estados Unidos e começou a falar em público e escrever. Vive em Oklahoma e leciona Inglês na South Intermediate High School em Broken Arrow desde 1993. Os seus livros de fantasia romântica receberam numerosos prêmios: Prism, Holt Medal­lion, Daphne du Mau­rier, Bookseller’s Best, Affaire de Coeur Reader’s Choice e o Laurel Wreath. Em 2007 iniciou a saga House of Night com sua filha Kristin Cast como co-autora.

Kristin Cast é uma NY Times e hoje E.U.A. bestselling autor e se juntou com a mãe para escrever a série House of Night. Ela tem publicado histórias sozinha em várias antologias, bem como os créditos editorial.Ganhou pêmios por sua poesia e jornalismo.

11 maio 2013

Vampire Academy Movie - Blood Sisters.


E a Preger continua anunciando o cast de Vampire academy. Depois de revelar Dimitri (Danila kozlovsky),Rose (Zoey Deutch) e Lissa (Lucy Fry), agora foi a vez de Jesse, Mason, Mia e Sonia Karp.



  • Samy Gayle - Mia
  • Ashley Charles - Jesse
  • Cameron Monaghan - Mason.
  • Claire Foy - Sonia Karp

O que vcs acharam? eu imaginava um Jesse beeeeeeeeem mais bonito,  mas no mais, eu amei, principalmente a Mia, com carinha de boneca igual é descrito no livro, espero ver ela loira e de cabelo comprido logo!!

Elenco de "A culpa é das estrelas".

Oii pessoal.
Não é de hoje que sabemos que o livro do John Green, "A culpa é das estrelas" vai ser adaptado para o cinema né?
Até então, sabíamos que a Shailene Woodley seria a Hazel, mas quem daria vida ao Gus era uma incognita... até hoje!!

Ansel Elgort será Augustos Waters. \õ


O que é totalmente bizarro!! kkk
para quem acompanha as noticias sobre a gravação do filme de Divergente, deve saber que Shailene é Tris Prior e o Ansel , Caleb Prior, ou seja, irmãos! Vai ser difícil desvincular um personagem do outro.
Mas parece que o elenco de Divergente tem chamado atenção, espero um bom trabalho dessa dupla em ambos os filmes.  O que vcs acharam da escolha? eu super aprovo e o John Green também, ele  divulgou a seguinte nota recentemente:

"Ansel Elgort é inteligente e super carismático, tudo o que eu sonhei para Augustus Waters! Eu sou, por natureza, um pessimista cauteloso. Mas vou dizer apenas que, agora que temos Shailene e Ansel, eu estou completamente empolgado com esse filme!”

10 maio 2013

Resenha: A outra Rainha - Philippa Gregory.





  • Título Original: The other queen
  • Autor: Philippa Gregory
  • ISBN: 8501088021
  • Gênero: Romance histórico
  • Páginas: 420
  • Editora: Record



Sinopse:
Após fugir dos rebeldes escoceses e buscar abrigo na Inglaterra com sua prima Elizabeth I, Maria Stuart passa a viver sob a guarda do casal George Talbot, o conde de Shrewsbury, e Bess de Hardwick.

Durante os anos de cárcere da rainha da Escócia, os sonhos, convicções, frustrações e esperanças desse casal são revelados, tendo como cenário a grande insurreição do norte que visa libertar Maria, restaurá-la a seu trono na Escócia e garantir sua herança ao trono da Inglaterra.

Resenha:

A outra rainha é o último livro da série Os Tudors, finalmente consegui terminar, já li outras séries antes, mas esta foi a mais longa, porém deliciosa e a cada livro que terminava de ler ansiava pelo próximo mesmo eles tendo mais de 400 páginas cada um, são realmente apaixonantes.
Neste livro os capítulos são intercalados entre Maria, a rainha dos escoceses, a ambiciosa lady Bess e seu marido, George Talbot, o conde de Shrewsbury.
Maria Stuart, traída pelo próprio irmão e seu povo, foi destituída do trono escocês, e acabou se refugiando na Inglaterra de Elizabeth, sob a proteção dela passou um tempo vivendo com o conde Talbot e sua esposa, Bess.

“Sou rainha três vezes, pois nasci rainha da Escócia, filha do rei Jaime V da Escócia, casei-me com o delfim da França e herdei a Coroa francesa com ele, e sou, por direito, a única herdeira verdadeira e legítima do trono da Inglaterra, sendo a sobrinha-bisneta do rei Henrique VIII da Inglaterra, embora sua filha bastarda, Elizabeth, tenha usurpado meu lugar. ”

Maria era uma jovem muito bonita, tanto, que despertava inveja da própria rainha Elizabeth, que já estava perto dos 40 e ainda era solteira, ela incomodava não somente pelo fato de ser bonita, simpática e sempre alegre, conquistando o próprio conde que lhe deu abrigo, despertando a ira de sua esposa, mas por ser católica, e ambicionar o trono inglês.
Manipulada por Cecil, seu conselheiro, Elizabeth trata sua prima como suspeita de várias injúrias proferidas por seus inimigos escoceses, incluindo, o terrível medo de que a jovem rainha papista roube seu trono e retome o catolicismo derrotado por Elizabeth quando herdou o trono.


”Um homem que não sabe quem são seus amigos, não sabe o que é o mundo, um homem quem não conhece seus servos, seus aliados, é um homem completamente só”.


O livro é recheado de mulheres fortes, algo incomum para a época, onde não ter um marido controlando sua vida era um absurdo, pois mulheres na visão deles era tão inferior que nem inteligência possuía, sendo incapaz de sobreviver sozinha e ainda mais comandar um país, o que Elizabeth provou o contrário.
Naquela época, reis e rainhas eram vistos como escolhidos diretos de Deus, e era isso que a mantinha no trono(e a outras rainhas), era incontestável seu direito a governar, o que para nós pode parecer absurdo em tempos de Estado laico, era uma das normas mais imperativas do século XVII.
Dos seis livros, o que mais gostei foi A irmã de Ana Bolena, que também fiz resenha para o blog, todos tem capas lindas e são super bem escritos, dá para ler separadamente sem nenhum influenciar a leitura do outro a ponto de atrapalhar, mas recomendo a quem tiver interesse na história de Henrique VIII, ou gostar de histórias de reis e rainhas, castelos, vestidos exuberantes que deem uma chance a saga Tudors de Phillipa Gregory, tenho certeza de que não vão se arrepender.

Sobre a autora:

Philippa Gregory nasceu no Quenia em 1954, mas mudou-se com a família para Bristol, na Inglaterra, quando tinha dois anos. Frequentou a Universidade de Sussex, onde um curso de Iniciação à História viria a mudar a sua vida. Até hoje já publicou 24 livros – muitos deles bestsellers. Philippa Gregory é doutorada em Literatura do Século XVII pela Universidade de Edimburgo e os seus romances refletem uma pesquisa e um pormenor histórico meticulosos. O seu período favorito da História é a época Tudor, sobre a qual já escreveu vários romances, alguns dos quais foram adaptados pela BBC a dramas históricos.


09 maio 2013

Li até a página 100 e...

Oi gente, vamos a mais um "Li até a pagina 100 e..."?? *-*


Livro:
Primeira frase da página 100:
"Ele cheirava o pão que a mãe fazia para os sanduíches  para ter certeza de serem do tipo adequado ,senão ele não os comia."

Do que se trata o livro:
Olha, até o momento nada foi muito bem explicado. É uma família de três bruxas (imortais), que por algum motivo ainda não revelado, foram proibidas de usar seus poderes. Agora, depois de seculos, elas estão  usando a sua magia novamente, em pequenas doses para ajudar algumas pessoas. Acho que mais adiante vamos ver as consequências disso, mas por enquanto ta tudo morno.

O que está achando até agora:
Olha, apesar de ser da mesma autora de Blue Bloods que eu odiei, até agora eu estou gostando bastante.

O que está achando da protagonista:
Não é uma, e sim três! até o momento, nenhuma delas me chamou atenção, sem opinião até agora, nem positiva e nem negativa.

Melhor quote até agora:
Não teve nenhum quote marcante até agora, teve um engraçado, vou postar esse por falta de opção, ok!?

"Foi o súbito constrangimento de Bran que a cativou imediatamente.Ele ficou vermelho como o crisântemo na sua lapela.
-Ai meu deus, desculpe.Você esta bem...precisa de...? - E depois ele apenas ficou em silencio,encarando-a, e foi assim que Freya percebeu que a parte da frente de seu vestido de alcinhas tinha caído quase até a cintura e corria perigo de escorregar inteiramente - o que seria um problema, pois Freya também não usava calcinha"

Vai continuar lendo?
Vou sim, a estoria é legal e vai contra os meus princípios abandonar um livro.

Última frase da página 100:
"Algumas crianças vieram com algum vírus terrível que os deixou fora  da escola por alguns dias.Provavelmente Tyler se  contaminou."

#9 Conhecendo o Autor - Especial em Vídeo - Janaina Rico

Oi gente!!!! Hoje trago pra vcs a entrevista que fiz com a Janaina Rico \o/, Este post demorou um pouquinho a sair, porque tive que editar o vídeo, não ficou 100%, então não riam muito!!! kkkkkkkk
Espero que vcs gostem e comentem muito!!!! :)



Gostaram???? Eu amei!!! <3
A Janaina é uma fofa neh gente? Super simpática e muito talentosa. Muito obrigada Janaina, mais sucesso pra vc! ;)

Bjo^^

07 maio 2013

Caixinha de correio #1

Oii pessoal, tudo bem?
Seguinte: Vcs viram a resenha da Ana em video né? pois é, esse é um novo modelo que estamos adotando para as resenhas em parceria com a editora Modo, só que essa pessoinha aqui, nunca tinha gravado um video antes,  imagina sair fazendo resenha logo de cara? sem condições né, então eu resolvi fazer uma caixinha de correio, assim eu treino e posso mostrar as novidades do mês para vcs!
Ok, prometam não rir(muito), e nem ser muito maus comigo, tá? eu vou melhorar. kkkkkkk #espero.
o áudio não ficou grande coisa, desculpa.


Os livros apresentado foram (para ser direcionado a pagina do livro no skoob, clique no nome.):


As feiticeiras de East end - Melissa de La Cruz:

As três mulheres da família Beauchamp escondem um segredo: são feiticeiras poderosas, há séculos proibidas de usar sua magia. Joanna consegue ressuscitar os mortos e curar feridas graves; Ingrid prevê o futuro e tece nós que podem resolvem qualquer problema; e Freya tem um encantamento que certamente consegue curar os piores desencantos amorosos. Ela vai se casar com o misterioso Bran Gardiner, e cada vez fica mais difícil esconder seu segredo. Ingrid e Joanna sentem o mesmo dilema, e as três percebem que não podem mais ignorar quem realmente são.
Desenterram varinhas e vassouras e começam a criar feitiços bem-intecionados para algumas pessoas. É então que ataques violentos começam a assolar a cidade. Quando uma jovem desaparece, elas percebem que está na hora de descobrir que forças obscuras operam contra elas.

A Elite - Kiera Cass:

A Seleção começou com 35 garotas. Agora restam apenas seis, e a competição para ganhar o coração do príncipe Maxon está acirrada como nunca. Só uma se casará com o príncipe Maxon e será coroada princesa de Illéa. Quanto mais America se aproxima da coroa, mais se sente confusa. Os momentos que passa com Maxon parecem um conto de fadas. Quando ela está com Maxon, é arrebatada por esse novo romance de tirar o fôlego, e não consegue se imaginar com mais ninguém. Mas sempre que vê seu ex-namorado Aspen no palácio, trabalhando como guarda e se esforçando para protegê-la, ela sente que é nele que está o seu conforto, dominada pelas memórias da vida que eles planejavam ter juntos.
America precisa de mais tempo. Mas, enquanto ela está às voltas com o seu futuro, perdida em sua indecisão, o resto da Elite sabe exatamente o que quer — e ela está prestes a perder sua chance de escolher. E justo quando America tem certeza de que fez sua escolha, uma perda devastadora faz com que suas dúvidas retornem. E enquanto ela está se esforçando para decidir seu futuro, rebeldes violentos, determinados a derrubar a monarquia, estão se fortalecendo — e seus planos podem destruir as chances de qualquer final feliz.

Legend -  Marie Lu:

Ambientado na cidade de Los Angeles em 2130 D.C., na atual República da América, conta a história de um rapaz – o criminoso mais procurado do país – e de uma jovem – a pupila mais promissora da República –, cujos caminhos se cruzam quando o irmão desta é assassinado e a ela cabe a tarefa de capturar o responsável pelo crime. No entanto, a verdade que os dois desvendarão se tornará uma lenda. O que outrora foi o oeste dos Estados Unidos é agora o lar da República, uma nação eternamente em guerra com seus vizinhos. Nascida em uma família de elite em um dos mais ricos setores da República, June é uma garota prodígio de 15 anos que está sendo preparada para o sucesso nos mais altos círculos militares da República. Nascido nas favelas, Day, de 15 anos, é o criminoso mais procurado do país; porém, suas motivações parecem não ser tão mal-intencionadas assim. De mundos diferentes, June e Day não têm motivos para se cruzarem – até o dia em que o irmão de June, Metias, é assassinado e Day se torna o principal suspeito. Preso num grande jogo de gato e rato, Day luta pela sobrevivência da sua família, enquanto June procura vingar a morte de Metias. Mas, em uma chocante reviravolta, os dois descobrem a verdade sobre o que realmente os uniu e sobre até onde seu país irá para manter seus segredos.

Príncipe Mecânico - Cassandra Clare:

Tessa Gray não está sonhando. Nada do que aconteceu desde que saiu de Nova York para Londres — ser sequestrada pelas Irmãs Sombrias, perseguida por um exército mecânico, ser traída pelo próprio irmão e se apaixonar pela pessoa errada — foi fruto de sua imaginação. Mas talvez Tessa Gray, como ela mesma se reconhece, nem sequer exista. O Magistrado garante que ela não passa de uma invenção. Para entender o próprio passado e ter alguma chance de projetar seu futuro, primeiro Tessa precisa entender quem criou Axel Mortmain, também conhecido como Príncipe Mecânico.


O trono sem Rei - Eddie Van Feu:

O Trono Sem Rei é a sequência de Lua das Fadas, que, mesmo sem nenhuma divulgação, conquistou a simpatia de diversos blogs literários e leitores de todas as idades, num surpreendente sucesso espontâneo. Nesta história, você reencontra velhos amigos, como Bianca, a adolescente que foi até outro mundo por uma amizade, e Zac, o anjo que a guia nessa missão. Dessa vez, porém, Bianca descobre que seus pais, Lorena e Urbain, e seus tios, Marcos e Marcel, possuem um passado de aventuras tão fantástico quanto o dela e que pode contar com eles para ajudá-la nessa nova aventura no Mundo das Fadas, que está muito mais perigoso do que antes. Lua das Fadas cativa pelo incrível carisma de seus personagens e pelo seu ritmo quase cinematográfico, o que provocou reações extremas do público. O Trono Sem Rei segue o mesmo estilo, partindo do ponto em que o outro parou, levando você numa viagem emocionante que você não vai conseguir parar, na companhia de personagens que você não vai conseguir esquecer. 


Loucamente sua - Rachel Gibson:

De volta à sua cidadezinha para atender ao funeral do seu padrasto Henry, a bela cabeleireira Delaney é surpreendida com uma cláusula do testamento dele: se quiser receber a sua herança, ela deverá permanecer um ano inteiro na cidade e não ter "contato sexual" algum com o bad boy Nick, filho bastardo de Henry. Acontece que, dez anos antes, ela e Nick viveram uma paixão, e embora ele seja um mulherengo incorrigível, a proximidade de ambos reacende a antiga chama. Será Delaney capaz de resistir ao motoqueiro de conversa fiada?

06 maio 2013

Resenha em Vídeo + Sorteio no Face: Cartas Para um Pai - Janaina Rico

Oi Gente!!! Esta é a primeira resenha em vídeo do blog, espero que vocês gostem ;)


  •  Autora: Janaina Rico
  • Editora: MODO
  •  Ano: 2013
  • Páginas: 200
  • Versão: PDF
  • ISBN: Livro não publicado (ainda)
Sinopse:
Juliana achou que suas férias em João Pessoa renderiam apenas fotos e boas lembranças, mas não foi assim que as coisas se desenrolaram. Uma gravidez inesperada alterou toda a sua vida e, para se comunicar com o pai do bebê, as cartas foram a melhor escolha. Um livro emocionante e envolvente, sobre amores e a formação de uma nova vida.

Resenha:


Assista tbm ao book trailer, clicando AQUI.

Sobre a autora:


Janaina Rico é brasiliense, casada e mãe do Luiz. Formou-se em direito, mas largou a carreira jurídica para dedicar-se a literatura. É autora dos livros Ser Clara, O Maravilhoso Livro de Desenhos da Menina que não Sabia Desenhar, A História de Juliana Cachorrão e Bonitão Porcolino, Apimentado e Cartas para um Pai.
Mais sobre a autora em: www.janainarico.com.br

Gostaram??? Pra comemorar este lançamento, a Adriana (Ed. MODO) disponibilizou um kit do livro para sorteio!!!! O Sorteio será feito na fanpage no facebook, e terá a duração de 1 semana. Corre lá e participa!!!!


Clique AQUI para participar.
Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz