8


Resenha - Como Viver Eternamente - Sally Nicholls.

Editora: Geração
Autor:Sally Nicholls
ISBN: 9788561501006
Ano: 2014
segunda edição.
Páginas: 232
Tradutor: Lidia Luther
Adicione ao "Orelha de Livro".

Sinopse:
Sam ama fatos. Ele é curioso sobre óvnis, filmes de terror, fantasmas, ciências e como é beijar uma garota. Como ele tem leucemia, ele quer saber fatos sobre a morte. Sam precisa de respostas das perguntas que ninguém quer responder. ”Como Viver Eternamente”, é o primeiro romance de uma extraordinária e talentosa jovem autora. Engraçado e honesto, este é um livro poderoso e comovente, que você não pode deixar de ler. A autora tem apenas 23 anos e embora seja seu primeiro livro, ele está sendo lançado em 19 países, dirigido a crianças, adolescentes e adultos. 


 "Este é o meu livro, Iniciado em 7 de Janeiro e terminado em 12 de abril. É uma coletania de listas, historias ,fotos ,perguntas e fatos. É também a minha historia."

Como Viver eternamente  teve sua estreia em 2008, e em março deste ano chegou a sua quarta edição com uma nova capa, e continua emocionando a todos com a linda historia de coragem e superação do menino Sam, paciente terminal de câncer.

Olha,eu realmente tenho certo preconceito quando o marketing é feito comparando ou indicando o livro para quem leu outra obra consagrada, quase nunca leio o livro pois a espectativa sempre atrapalha o meu julgamento sobre a obra. No cado de Como viver eternamente, foi comparado com a badalada obra do John Green , A culpa é das estrelas, talvez por se tratar do mesmo gênero, mas o livro não é nem de longe parecido, a não ser o fato de ambas historias serem narradas pelo ponto de vista de um paciente com câncer. Em ACEDE, temos diálogos elaborados demais, uma linguagem um pouco mais formal, já no caso de Como Viver eternamente, é exatamente como estar lendo um diário pessoal,  pois é uma escrita simples e direta, muito objetiva aos fatos e relatada pelo ponto de vista de Sam, um menino de 11 anos que luta contra a leucemia desde muito novo.
Este livro não é um romance, e também não é somente a historia de uma menino com câncer, é na verdade, a historia de um menino que corre atrás de seus sonhos, por mais impossíveis que possam parecer. É uma historia sobre amor, perseverança e amizade, não somente sobre perda e morte.
" Perguntas que ninguém responde - parte 2.
Por que Deus faz as crianças ficarem doentes?" 
Ao iniciarmos a leitura, somos apresentados a Sam, um menino de 11 anos que tem leucemia, que pelo tratamento quimioterápico já ter falhado duas vezes, agora usa apenas paliativos para prolongar sua vida.
Ele tem a plena consciência de que a morte é algo certo e que pode acontecer a qualquer momento, mas isso não o abate e nem desamina, ele continua empolgado em aprender e a viver tudo que for possível neste curto período de tempo, e para isso cria uma lista de desejos que quer realizar antes de morrer, que são coisas desde " ser um adolescente e ter uma namorada" e " andar em uma nave espacial".
 Para tentar realizar tais desejos, Sam tem a ajuda de Felix, seu melhor amigo e que também tem câncer em estagio terminal, e de sua professora particular, a Sra. Willis.
Este livro é 226 paginas de amor, luta e superação, a força de Sam e a forma como ele enfrenta e vida e a morte é algo fantástico e emocionante, é impossível ler e não se comover. Sam já está conformado com a morte que começa a querer descobrir mais sobre ela, começa a fazer perguntas e a trazer a tona assuntos que ninguém aborda, seja por medo ou receio.
Sam e Felix lutam uma batalha perdida, e ao mesmo tempo não perdem a esperança na vida e no que podem  absorver dela, principalmente Sam, que consegue enxergar a beleza em pequenos detalhes, como um dia de neve, na beleza da lua e na companhia da família. É lindo e ao mesmo tempo extremamente triste, a conformidade de Sam com a algo que o assombra é  tocante e te faz refletir sobre a vida.
Este é o primeiro livro de Sally Nicholls, e ela nos brinda com uma obra simplesmente fantástica, que toca o coração do leitor do inicio ao fim. Uma escrita simples, e uma narrativa envolvente, Como viver eternamente com certeza vai te deixar de olhos marejados, é impossível não usar um lencinho durante a leitura.
Este é o tipo de livro que o leitor precisa ser capaz de ver a beleza na tristeza. Contraditório, não? Mas é isso mesmo, pois aprendemos com Sam que viver não é apenas respirar e existir, você precisar fazer sua vida valer a pena,aproveitar o máximo que puder e não desistir dos sonhos, pois nada é impossível quando se tem amor e força de vontade.
Enfim, esse é um livro de leitura indispensável, é uma lição de vida e uma leitura agradável, que pode ser lida por qualquer pessoa, indiferente da idade. Sam e Felix vão te emocionar e te deixar com os olhos cheios de lagrimas, mas também vão te tirar boas gargalhadas.
Sobre o trabalho da editora, eu nem tenho o que dizer, é o complemento da obra, e no meu ponto de vista ficou impecável, historia fantástica com uma diagramação linda, até mesmo com ilustrações, uma capa maravilhosa, paginas amareladas e fonte agradável para a leitura e uma revisão perfeita, sem erros aparente.  Como eu disse antes, leitura indispensável, eu li em uma tarde, e me proporcionou um misto de emoções que vocês não tem tem ideia. Então, fica o conselho: LEIA!



Sobre a autora:

O primeiro romance de Nicholls, Ways to Live Forever (Como Viver Eternamente na tradução brasileira) foi escrito durante seu período em Bath Spa. A história é sobre um garoto de onze anos chamado Sam que sofre de leucemia e está à beira da morte, e o que escreve é uma espécie de livro de memórias do garoto.
O livro foi originalmente publicado pela Marion Lloyd Books, parte da Scholastic Press, uma das maiores editoras do Reino Unido e do mundo, em janeiro de 2008. No Brasil, a tradução veio ao público pela Geração Editorial.
O segundo livro de Nicholls, Season of Secrets (Estação de Segredos), é inspirado na lenda do deus pagão do sol. Esse livro originalmente recebeu os nomes de The Green Man e The Midnight Hunter (O Homem Verde e O Caçador da Meia-Noite). Foi publicado na Inglaterra em abril de 2009, e no Brasil em 2010, sob o título A Menina que Conversava com o Verão, também pela Geração Editorial.

8 comentários:

  1. A autora é tão novinha *-* o livro parece perfeito, já estou louca para ler!

    Abraços!
    http://oclubdoscupcake.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa, este livro tem arrancado lágrimas e emoções de muitas pessoas.
    Preciso ler urgentemente. A história parece ser linda.
    Parabéns pela resenha completa.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Esse livro deve ser chororô na certa
    Criança com cancêr é muito triste
    mais amo livros tristes ,chorar faz be já dizia minha mãe rsrsr

    ResponderExcluir
  4. Nossa o que eu vejo é cometários sobre esse livro mais não quero ler falam que estão chorando rios e rios com esse livro to evitando leitura do tipo *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi, Geeh
    Quero muito ler esse livro, pois só vejo resenhas positivas sobre ele. Sinto que vou chorar muito, pois sou uma manteiga derretida.

    ResponderExcluir
  6. Oi, eu estava aguardando essa resenha, e só fez concretizar ainda mais a minha vontade de lê-lo. Acho que vou me emocionar muito com a história desse garoto.

    ResponderExcluir
  7. A resenha está incrível, assim como é o livro. Duas coisas são surpreendentes, o livro em si só e a autora, que mesmo jovem, tem uma carreira conceituada. Tenho cada vez mais orgulho dos escritores brasileiros! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa que resenha maravilhosa, eu preciso ler esse livro o mais rápido possível, a historia é linda, envolvente e com certeza tocante demais, creio que podemos aprender muito com o livro e to vendo que irei chorar muito, a autora é bem novinha né.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png