12


Resenha: A Casa - André Vianco

Edição: 2
Editora: Novo Século
ISBN: 97885889106319
Ano: 2013
Páginas: 186
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre AQUI - R$ 9,90


Sinopse: "A Casa" é uma viagem ao fundo do coração humano. Impossível o leitor nao se emocionar com o drama vivido pelos atormentados protagonistas da obra. Impossível não desejar estar lá, conhecer a casa, atravessar a porta. Uma casa que limpa o coração de qualquer pessoa! O melhor livro de André Vianco, autor de "Os Sete", "Sétimo", "O Senhor da Chuva", "Sementes no Gelo" e "Bento". INSPIRADOR" "A Casa" é o tipo de livro que você não consegue parar de ler. SENSÍVEL" Suspense e emoção na medida certa, você vai devorar numa tacada só. Vai chorar. Vai sorrir. Vai amar. MÁGICO! Se você tivesse a chance de reencontrar quem já se foi, você cruzaria essa porta?
Resenha: 
"Existe um lugar onde todos têm direito a uma segunda chance..."
Comprei este livro na Bienal deste ano, e por incrível que pareça, ainda não havia lido nenhum livro do autor. Sim, li alguns contos, mas um livro completo, não!
André Vianco é conhecido por seus romances de terror, e qual é minha surpresa quando descubro que A Casa é um romance com um enredo sobrenatural, mas calmo e que faz o leitor refletir e se emocionar!
"Alívio era tudo de que precisava. Alívio das lembranças do passado que só existiam para atormentar. Tinha medo de lembrar certas coisas. Tinha medo de ficar sozinha... Maldita casa amarela! Casa duma figa! Precisava de drogas, não de uma promessa num cartão estúpido!"

Em A Casa, conheceremos quatro protagonistas atormentados por seus erros passados. Erros que pesam na consciência e na vida atual de cada um. Rosana, Leon, Hélio e Ismael são pessoas que carregam no coração e na alma, ações que de alguma maneira, influenciam em suas vidas e quando eles estão prestes a se entregarem ao desespero, algo estranho acontece: Um cartão prometendo "o alívio para o coração atormentado." Neste cartão, além da frase que choca, há um endereço que leva a uma casa antiga e amarela. A princípio, nenhum deles quer dar o braço a torcer e encarar o que se encontra na casa, mas o desespero é tanto, que uma hora, eles cedem, e a experiência que ali vivem, encanta e fascina!
"Quando a filha Mariana faleceu, não sentira culpa, não sentira remorso. Não sentira nada. Talvez sentisse algo parecido com a sensação de "dever cumprido". Ele havia alimentado aquela menina. Havia sustentado aquela menina. Havia suportado. Sabia que a filha tinha sido um erro."

Eu confesso que o começo do livro me deixou desejosa. A narrativa é em terceira pessoa, intercalando entre os quatro personagens principais, o que não foi ruim, mas a maneira que o autor usou a repetição para entoar o que os personagens sentiam, me deixou em paciência. Quando, finalmente, a história tomou um rumo diferente das "repetições", a leitura fluiu super bem e consegui terminar a leitura em poucos minutos. O livro não é grande, com suas 186, o livro só encanta mesmo do meio em diante. Gostei da narrativa do autor e da linguagem utilizada, ele escreve como falamos, isso deixou o livro mais verossímil! Também gostei do tema abordado. Minha história preferida foi a de Hélio. Conseguiu me emocionar de verdade.
"Hoje Ismael sonhava em poder voltar no tempo e sofrer um ataque de mutismo naquele instante. Voltar no tempo e não dar um pio quando o pai abrisse a boca para criticar sua nova tentativa de empreendimento. Daria tudo para uma oportunidade dessas."

Esta é a segunda edição da editora Novo Século, e também minha capa preferida. Não que as outras não fossem bonitas, são sim, mas essa incorpora mais o enredo. A diagramação é simples, mas muito bem feita. Os capítulos são separados por números e no final, alguns possuem o nome dos personagens. Não encontrei nenhum erro de revisão, o que foi maravilhoso dado aos demais livros da editora que li.
"Leon passou a mão no cabelo vermelho bagunçado, encostou a cabeça no batente e suspirou. Tinha que parar com aquela merda. Estava perdendo a última coisa que lhe restava na vida.Estava perdendo Célia."
Para um primeiro contato com o autor, creio que tenha sido uma boa oportunidade. Mas estou ansiosa para ler os demais livros dele! 

Avaliação:



Sobre o autor: 



Antes de adotar Vianco como seu sobrenome artístico, - que homenageia a cidade de Osasco derivando da Rua Dona Primitiva Vianco - André começou a escrever profissionalmente para a rádio Jovem Pan na seção de humor. Tornou-se redator do departamento de jornalismo da rádio e por lá permaneceu por dois anos.
Em 1999 após ser despedido de seu emprego em uma empresa de cartões de crédito, André utilizou o seu FGTS para produzir 1000 cópias de seu primeiro best-seller, Os Sete. Em 2000 ele foi pessoalmente promover seu livro em livrarias e editoras. Em 2001 a editora Novo Século se interessou por seu trabalho e re-publicou o livro. Desde então a parceria entre autor e editora proporcionou mais livros e uma obra que está sendo gradualmente ampliada.
Os Sete deriva diretamente do primeiro romance de André Vianco, O Senhor Da Chuva (1998). Em O Senhor da Chuva, apesar da história estar relacionada diretamente a anjos e demônios, o autor criou uma personagem vampiro que, segundo o autor, teria sido pobremente explorado. A partir de então, André ficou com a ideia de escrever um romance em que vampiros seriam os protagonistas. Em seu primeiro roteiro, pré-escrita, os vampiros eram apenas dois e o título do livro seria "Os Dois". Porém André não se sentiu satisfeito e sua trama virou "Os Sete" (1999).

12 comentários:

  1. Bacana o livro ter um enredo sobrenatural e mesmo assim nos emocionar. Que show essa linguagem, do jeito que falamos. Difícil encontrar uma narrativa assim!
    Ótima resenha! Bjs, Ana <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você não colocou o "bjo bjo" hoje! kkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. kkkkkkkkkkkkk É mesmo Dilza! Ta, lá vai:

      Bjo bjo^^

      Excluir
  2. Olá, Ana.
    Também nunca li nenhum livro completo do André, apesar de ter muita curiosidade quanto a escrita do autor. Principalmente porque eu adoro terror.
    Acho legal quando os autores fogem um pouco do seu estilo, porque conseguimos ver outras facetas dele. Foi exatamente isso que aconteceu nessa obra. E o fato dela ser emocionante me deixa mais animado ainda, mesmo que ela só engrene depois do meio.
    Adorei a dica e certamente lerei o livro.
    Obs.: Um livro da Novo Século sem erros? Isso que eu chamo de milagre. kkkkkkkkk

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  3. A capa desse livro é linda mesmo. Já li "O Caso Laura" do autor e super me apaixonei pela escrita dele. Com certeza irei ler esse livro dele. Adorei a sua resenha e dica, xará.
    Beijo,
    http://pactoliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada do autor apesar de ver ele bastante na internet. Quando vi a capa do livro achei que fosse de terror também. Não sei se entendi muito bem a proposta do livro, eles vão pra aquela casa se "curarem"? Só isso? rs

    ResponderExcluir
  5. Achei interessante, é um livro que tenho a curiosidade de ler apesar de acha-lo um pouquinho clichê, mas com certeza vou procurar para tirar a duvida *-*
    ótima resenha!
    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oii
    Amo terror, suspense e tudo do gênero, já ouvi falar de André Vianco, mas não li nada dele ainda. A premissa de “A casa” é muito interessante e a capa também, me deixou bem curiosa sobre o que acontece lá com cada personagem. Vou gostar muito, se tiver a oportunidade de lê-lo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oiee.
    Sou apaixonada por livros de suspense, mas esse em especial não despertou meu interesse. Não sei porque isso aconteceu mas não me identifiquei com ele, então dessa vez vou deixar passar.
    Bjokas!

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Pela capa em pensei que era um livro ou de suspense, ou de terror. Mas ao saber que era um romance sobrenatural fiquei admirada. A sinopse me deixou com vontade de ler. Quase nunca se encontra um livro emocional bem escrito, muitos são melosos demais. Agora acho que o que pode me atrapalhar é essa narração de diferentes ângulos. Mas eu daria uma chance.

    ResponderExcluir
  9. Oiii
    A capa e linda e parece de livro de terror se eu não tivesse lido a resenha eu teria achado que era livro de terror.
    O livro parece ser muito interessante,mas não me chamou muito a atenção
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Achei que historia teria mais pagina, pois imaginei que poderia ser mil coisa
    que poderia ter esta 'casa'' ! Mas quando terminei de ler a resenha achei
    que numero que tem é suficiente ! Gosto muito do gênero então acho que amaria este livro!

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png