12


Resenha: Uma Janela Fechada - Ignez Scotti

Edição: 1
Editora: APED
ISBN: 9788582551615
Ano: 2014
Páginas: 200
Adicione no "Orelha de Livro"
Compre direto com a autora: R$ 30,00 frete grátis (Ignez.scotti@hotmail.com ou mari.scotti@hotmail.com)


Sinopse: Dois jovens, planos, sonhos. Tudo pronto para a chegada do dia mais feliz de suas vidas. De repente, o inesperado acontece e, o que antes era sonho, torna-se um pesadelo... Nunca mais as coisas seriam as mesmas.
Resenha: 

Em Uma Janela Fechada, romance de estréia da autora Ignez Scotti (mãe da Mari Scotti gente! *o*), vamos conhecer Nino, Lisa e suas respectivas famílias. Nino e Lisa estão noivos, com casamento marcado, suas famílias se conhecem deste sempre, ambos moram em uma cidade do interior de São Paulo. Ambos possuem suas fazendas que são seus recantos e fonte de sustento. Nino é um rapaz doce, amigo e muito brincalhão. Adora a comida de sua querida avó, todos na família o amam. Lisa também é bem vista por todos. Uma mulher sincera e dona de um coração enorme. Com tudo preparado para o casamento, Lisa e Nino, juntamente com a família de Nino, partem para São Paulo para entregar os últimos convites. Uma fatalidade ocorre. Sonhos serão despedaçados. Pessoas mudarão sua personalidade, e durante algum tempo, fará do futuro de Lisa, um lugar sombrio e infeliz.
"Ecoou pelo vale o grito desesperado de duas mulheres que, olhando para trás, viram os filhos desaparecerem embaixo das rodas daquele gigante de metal."
Como posso começar a descrever o que senti lendo esse livro? Curiosidade talvez? Medo, insegurança, dúvida, ódio, amor... São sentimentos conflitantes e que com toda a certeza, despertarão em todos os leitores deste livro. Uma Janela Fechada, começa com um amor... amor em família, amor entre homem e mulher. Depois do acidente, as famílias jã não são mais as mesmas. Dúvidas partem os corações que tanto amam. Segredos, mentiras...o amor pode realmente superar tudo isso? Uma pessoa com um coração tão bom, tão sincero, estaria destinada a um futuro infeliz ao lado de quem não ama mais?



Pois bem! Gente, que livro inusitado! Uma história complexa, com diversos personagens carismáticos e bem construídos. Não vou falar muito dos personagens principais para não delatar a história, mas confesso que eu já imaginava o porque de todo o mistério! Gostei muito da escrita da autora, sua narrativa é em terceira pessoa e atual, com muitos diálogos entre os personagens. Os personagens secundários tomam a maior parte do enredo, seja com as palhaçadas de César ou com os quitutes saborosos de Eulália. Os pais de Lisa também são pessoas maravilhosas! Todos muitos gentis e companheiros. 



Apesar da história muito bem escrita, algumas coisas me deixaram pouco contente com o livro, como, por exemplo, a falta de espaço entre um ambiente e outro. Em um momento, você está acompanhando Lisa em sua casa, sem nenhum aviso, ou espaço para indicar que mudou o cenário, a narrativa pula para outro lugar, acompanhando outro personagem. Me senti muito perdida, diversas vezes tive que voltar na leitura para entender o que havia lido. 



Creio que este tenha sido o ponto que mais me incomodou durante a leitura. A capa é linda, passa bem o enredo apresentado no livro, as folhas são brancas, com letras em um tamanho confortável para a leitura. Encontrei poucos erros de revisão, o que foi maravilhoso devido a outros livros que já li da editora. Os capítulos são separados por números e curtos. Enfim, um livro gostoso de ler, com uma história linda sobre recomeços e aprendizados. Eu recomendo!


"... a mulher não foi tirada da cabeça do marido, para que não viesse a dominar sobre ele; nem, tampouco, foi tirada de seus pés, para não ser piada por ele; mas foi tirada do seu lado, de uma costela, para ser amparada, acariciada e, de tal maneira, que ela possa descansar com toda a segurança em seu esposo."

Avaliação:



Sobre a autora: 



Ignez Scotti é redatora e revisora de textos, além de professora e coordenadora pedagógica em um Curso Livre em Teologia.
Ama escrever, ler, cantar, ensinar entre outras coisas. Sua filha, Mari Scotti, é escritora e já lançou dois livros: Insônia e Híbrida.

12 comentários:

  1. Ana gostei demais da sua resenha! Esse livro marcou a minha infância e foi o estopim para me fazer desejar ser escritora um dia. Fico muito feliz quando vejo as pessoas lendo e gostando!
    Sobre os espaçamentos... pois é, falha da diagramação, infelizmente. Esperamos que nas próximas remessas isto já esteja corrigido. Mas vou deixar pra minha mãe comentar haha.
    Beijo linda, obrigada pelo apoio.

    Mari Scotti

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu não sabia que a mãe da Mari também era escritora. Então o talento tá nas veias, né? rs
    A premissa da obra é bem interessante e eu gosto quando os personagens secundários tem espaços, então acho que iria aprovar.
    Quanto a revisão, isso acontece, à vezes, apesar de não ser agradável. As editoras brasileiras deveriam melhorar nesse aspecto.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de dezembro

    ResponderExcluir
  3. Estou correndo desse tipo de livro. Até gosto de ler romance, mas ultimamente tenho lido outro tipo de livro e não me vejo parando tão cedo.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana.

    Eu curto muito esse gênero de leitura. Adoro conhecer mais autores nacionais e curti saber sobre a Ignez. Um nome um tanto incomum. O título do livro me chamou muito a atenção e gostei da capa. Uma penas as páginas serem brancas, tenho uma birra com isso. Fiquei bem interessada em saber como a vida dessa família mudou.

    Paradise Books BR

    Beijos.

    ResponderExcluir
  5. GENTE, É TRAMA DESGRAÇAAAAAAAAAAA quero.
    hehueeueehueuehuehuehuehuehuehue

    ~nathália 9kovas
    www.livroterapias.com

    ResponderExcluir
  6. Gostei muito da tua resenha, acho que ela conseguiu definitivamente me deixar curiosa com o que acontece para mudar tão drasticamente a vida perfeita dos personagens. Gosto de livros que tenham um certo mistério, e que é preciso ler para desvendar. Acho que tu conseguiu passar isso muito bem.

    ResponderExcluir
  7. Que capa linda *-*.
    Nino parece doce mesmo e esses dois combinam bastante pelo jeito das personalidades.
    O sentimentos parecem muitos mesmo. com esse acidente e mentiras? ixi ...;p
    Achei meio chato também a parte de mudar o ambiente sem nem um aviso. Fica confuso.
    Que fofa a autora gente :3. Não conheço a Mari, mas vou dar uma pesquisada.
    Abraços Ana,
    ThayQ.

    ResponderExcluir
  8. Adorei a capa do livro, muito linda, mas o enredo não me convenceu muito não, parece ser uma leitura muito interessante, por enquanto não pretendo ler ele, quem sabe mais para frete, gostei muito da resenha.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Owwwwn amei a capa! e que maximo a mae de uma autora virar autora tbm!! achei boa a resenha, gostei da discrição dos personagens, mas nao teve algo q me fizesse querer ler o livro :/

    ResponderExcluir
  10. Oii
    A capa é mesmo linda! E parece que o talento literário está no sangue! Haha Então, toda essa introdução sobre a trama do livro me deixou muito curiosa, e acho que esse era o objetivo. Histórias dramáticas e sobre recomeços são lindas <3 Também acho que as vezes, as mudanças repentinas de cenário, deixam a leitura confusa. Se eu tiver a oportunidade de lê-lo, espero não me incomodar tanto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Uma família de talentos, imagina que demais morar numa casa dessas!
    Cultura transbordando!

    ResponderExcluir
  12. Oii Ana

    Eu gostei da sinopse do livro, e também me encantei com essa capa .. Mas o que mais me chamou a atenção foi esse segredo todo, acho que também tenho uma idéia do que se trata, mas fiquei bem curiosa!
    Sinceramente, livros com erros de edição são realmente um poucos chatos de ler, não tem como não reparar em alguns erros, mas espero que não seja nada que atrapalhe a leitura.
    Bjs

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png