11


Resenha: Laços de Sangue - Richelle Mead.

Editora: Seguinte
Autor: Richelle Mead
Serie: Bloodlines
ISBN: 9788565765152
Ano: 2013
Páginas: 430
Tradutor: Ana Ban

Sinopse:
Sydney estava encrencada. Em sua última missão, ela tinha ajudado a dampira Rose Hathaway a escapar da prisão, e essa aliança foi considerada uma traição grave, já que vampiros e dampiros são criaturas terríveis e antinaturais, ameaças àqueles que os alquimistas devem proteger - os humanos. Com sua lealdade colocada em questão, Sydney se sente obrigada a voluntariar-se para uma tarefa nada agradável - ajudar a esconder Jill Dragomir, uma princesa vampira que está sendo perseguida por rebeldes que querem o poder. Caso ela seja capturada e assassinada, a rainha Lissa ficará sem nenhum parente vivo e, como manda a lei, terá de abdicar do trono - o que culminará numa guerra civil tão sangrenta no mundo dos vampiros que certamente afetará a humanidade.
Assim, pelo bem dos humanos, Sydney aceita se disfarçar de estudante e passa a conviver diariamente com Jill e seu guardião Eddie, quando os três são matriculados como irmãos no último lugar em que qualquer um procuraria a realeza dos vampiros - a Escola Preparatória Amberwood, em Palm Springs, na Califórnia. Mas entre uma pizza e outra, entre um jogo de minigolfe e uma conversa sobre garotos, ela começa a ter a sensação de que talvez esses seres estranhos não sejam tão maus assim, principalmente Adrian, um vampiro muito próximo de Jill que desperta os sentimentos mais contraditórios - e proibidos - em Sydney...
O problema é que além de refletir sobre suas convicções e se preocupar com o seu coração, que anda acelerando mais do que deveria, a garota terá de encarar outros inconvenientes um pouco mais graves, como as tatuagens que viraram febre entre os alunos da escola e que parecem conferir poderes sobrenaturais a quem as usa. De que ingredientes elas eram feitas? Quem estaria por trás disso? Será que havia algum alquimista traidor entre eles? Caberá a Sidney resolver todos esses mistérios e garantir a paz entre os humanos antes que seja tarde demais.

Resenha:

Vou começar essa resenha com um conselho que alguma boa alma deveria ter me dado de eu ler esta livro: Se você espera encontrar algo semelhante entre Rosee Sydney,  NÃO leia. Rose Hathaway só existe uma, e esperar por alguma coisa parecida só vai fazer você ficar frustrado e com raiva. Dito isso, vamos falar sobre o livro.

Laços de Sangue é o primeiro livro da serie Bloodlines da Richelle Mead, conhecida mundialmente pela serie Vampire Academy. Neste livro vamos conhecer melhor a Alquimista que ajudou Rose a fugir da prisão quando foi acusada de assassinar a rainha.
Sydney ajudou Rose contrariando todas as crenças que cresceu sendo doutrinada a acreditar, a de que Morois e Dampiros são criaturas não naturais e más, assim como os strigois. Com isso, ajudar alguém Dampiro, tornou-se um grande problema para a Alquimista, sendo acusada de traição e de ser uma adoradora de vampiros.
“A maior parte do que os alquimistas faziam se baseava na ciência, mas algumas tarefas exigiam assistência divina. Afinal de contas, a nossa missão principal de proteger a humanidade partia da crença de que os vampiros eram antinaturais e contrários ao plano de Deus.”
A missão dos Alquimistas é proteger o mundo humano das interferências que os vampiros podem causar, de qualquer forma. E agora que Lissa é a nova Rainha e o fato de que alguns de seus súditos não estão felizes, somado a lei que diz que para governar o escolhido precisa ter algum familiar vivo, torna Jill , a meia irmã de Lissa e seu único parente vivo,alvo dos rebeldes que decidiram atacar Jill ao invés de Lissa, já que com sua morte, a Rainha seria deposta.

Mas como proteger uma Moroi de forma a não colocar os humanos em perigo? Eis que a solução surge: matricular Jill, Eddie, o seu guardião designado e uma Alquimista na faculdade, no lugar mais ensolarado que conseguirem encontram,como a cidade de Palm Spring, anulando assim a possibilidade de ataques de Strigoi e a interferência dos próprios Morois,que enfraquecem consideravelmente quando expostos ao sol, e para manter a ordem e garantir que nada saia errado, um Alquimista, ou melhor, a Alquimista, Sydney Sage!
 Apesar de já estar acostumada a conviver entre os vampiros depois de sua louca fuga com Rose e Dimitri, Sydney fica bastante incomodada com o fato de que precisará conviver 24 hs por dia com Jill, inclusive dormir no mesmo quarto. Mas no entanto, ela precisa reafirmar seu valor na comunidade da Alquimista e proteger a irmã mais nova, que foi a primeira designada para essa missão. Só que Sydney começa a questionar tudo o que lhe foi imposto desde que se tornou parte dos Alquimista, e quer evitar a todo custo que sua irmã seja sugada para este mundo incerto e tatuada com o lírio dourado no rosto.
“Também percebi de repente que, por mais improvável que fosse, Adrian e eu tínhamos muito em comum. Nós dois vivíamos tolhidos pelas expectativas dos outros. Não fazia diferença se as pessoas esperavam tudo de mim e nada dele. Nós continuávamos iguais, ambos sempre tentando fugir dos limites que os outros tinham definido para nós e sermos donos do próprio nariz. Adrian Ivashkov – vampiro baladeiro e irreverente – era mais parecido comigo do que qualquer outra pessoa que eu conhecia.”
Bem, o que eu posso falar sobre essa serie... Olha, foi meio frustrante, sabe, eu realmente só li por estar com saudade dos meus personagens favoritos, e fiquei esperando ansiosamente por cada momento em que Dimitri e Rose eram citados. O que foi péssimo, por isso dei a dica lá em cima, e realmente espero que você siga ela, para não se decepcionar.
 O livro é insosso, totalmente morno, começa e termina sem nada a acrescentar . Mas, se você já leu Vampire Academy e A canção do Succubo, sabe que os primeiros livros das series da Richelle não são lá de tirar o fôlego.Por incrível que pareça, eu quase desisti de VA. Graças a Deus que eu sou uma pessoa persistente. Então, não vou julgar ainda por esse quesito.

A narrativa, como eu falei, é fraquinha, mas creio que o problema está na protagonista, totalmente bitolada, ela não é irreverente, impulsiva e muito menos divertida. Sydney é entediante por si só.
Mas preciso admitir algo, e vou falar apenas uma vez, não me obriguem a repetir, pois não faço nem sob tortura: O Adrian é um personagem fascinante, afinal de contas. Ele é complexo e divertido, e apesar de insuportavelmente deprimido e ainda mais afundado em seus vícios, ele é a  alma dessa nova trama. Se o protagonista fosse qualquer outro personagem secundário de vampire academy, eu teria abandonado a leitura, pois o humor negro e as piadas sarcásticas dele é o auge. Pronto! Falei , vamos continuar a resenha.

Jill se mostrou um pé no saco,e se você, assim como eu, já tinha uma antipatia pela Lissa, se preparem para uma versão ainda mais mimada,cheia de vontades e temperamental.
Já o nosso representante dos Dampiros nessa serie, o Guardião Eddie, continua como uma espécie de co-protagonista, do mesmo modo que era com a Rose, está sempre por perto. Mas vamos poder ver um outro lado dele, não somente o Guardião, mas também o adolescente, que ama e tem amigos como qualquer outro rapaz de sua idade.

Enfim, apesar de tudo, o livro é bom. E é claro, não se poderia esperar nada menos da Queen Richelle.
E assim, se você não leu Vampire Academy, tranquilamente pode ler Laços de Sangue sem se perder na trama. Eu aconselho a ler, mas não é necessário, já que uma característica marcante da escrita da Richelle é a ambientação do leitor, ela relembra fatos importante que ocorreram nos outros livros e que são importantes para esse, do mesmo modo que a cada livro de VA nos tínhamos um pequeno retorno aos fatos do livro passado.
O livro não é exatamente o que eu esperava, gostaria de algo mais ligado a Vampire Academy, mais dentro daquele mundo que eu amo tanto. Mas, considerando o final, eu acho realmente que vamos ter um envolvimento maior de personagens antigos, AQUELES personagens, sabe!?? <3
E me chamem de louca, mas eu esperei em o Ultimo Sacrifício uma conversa de homem pra homem entre Dimitri e Adrian, e o final deste livro prometeu algo exatamente assim.

Espero curtir essa serie pelo menos a metade do que curti VA.
A editora Seguinte está de parabéns, e apesar de eu gostar mais das capas gringas, o trabalho que a editora vem fazendo é fantástico, enfim, nos fãs de VA e agora de seus derivados, estão  recebendo o devido respeito. Obrigado de coração editora Seguinte.

Sobre o autor:


Richelle Mead nasceu em Michigan, mas atualmente mora em Seattle, nos Estados Unidos.É uma leitora voraz, fascinada por mitologia e folclore. Autora reconhecida tanto pelo público como pela crítica na área da fantasia urbana para adultos.
Autora da aclamada série bestseller, Vampire Academy, com fãs pelo mundo todo traduzida para mais de doze linguas e que ja ganhou honras da American Library Association.

11 comentários:

  1. Ai, eu sou loooouca pra ler os livros da Richelle e tenho até medo de desistir logo na primeira leitura. Adorei a resenha!
    Beijão
    http://thais-monte.blogspot.com.br/
    http://acrrosstheuniverse.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Geeh, eu ri da suas capas gringas hahaha. Mas realmente a capa está bonita, bem diferente do habitual.
    Quanto ao livro, eu não li a série ainda, mas fiquei muito curiosa para ler o livro e acompanhar. Realente ler o livro imaginando semelhança entre Rosee pode complicar, afinal, qualquer tipo de semelhança é prejudicial à obra.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 4 ganhadores e você escolhe o livro que deseja ganhar.

    ResponderExcluir
  3. A Seguinte vem fazendo mesmo um ótimo trabalho com essas capas! Lindas! *_*
    Eu não tenho tanto interesse em ler essa série e VA, pois acho que não vou gostar de livros de vampiros, pois A Menina Mais Fria de Coldtown pra mim não funcionou.
    Ótima resenha! Bjs, Geeh <3

    ResponderExcluir
  4. Oi Geeh, tudo bom?
    Adorei a resenha e valeu pela dica no começo, mas devo dizer que eu não sinto tanta vontade em ler essa série, pois não me identifiquei com a Sidney, porém estou pensando no caso, pois fiquei sabendo que tem o Adrian e eu amoooo ele, Dimitri não fique com ciumes hehehe as vezes é bom ser persistente né Geeh.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  5. Oi Geeh.
    Eu sei que você falou que da pra acompanhar essa série sem ter lido VA antes, mas eu me sentiria melhor comigo mesma lendo tudo certinho sabe? kkk
    Uma pena não ter te agradado totalmente por seus personagens preferidos não aparecerem e tal.

    ResponderExcluir
  6. Gosto bastante de qualquer história fantástica que envolva seres sobrenaturais, e as capas dessa série me chama muito a atenção. Ainda não li VA, por isso acho que, se por acaso ler essa série, vou me decepcionar um pouco menos que tu, afinal, nenhum livro supera os nossos favoritos. Enfim, eu adorei a resenha, ela destacou ponto importantes da trama, sem deixar de lado as falhas da mesma. Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Acho que gostaria da personalidade do Adrian, gosto de pessoas assim e iria dar boas risadas. Quanto aos demais, é chato quando sentimos falta dos personagens, mas fazer o quê?! rs.
    Fiquei com vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nada da Richelle Mead, mas já ouvi falar muito bem das obras dela. Uma pena você ter se decepcionado com o livro, vi tanta gente falando bem dele. Apesar de não fazer muito o meu estilo, se eu tiver a oportunidade de lê-lo, o farei.
    Vou procurar saber sobre VA, pra ver se eu fico empolgada pra ler, já que Richelle é uma autora tão boa assim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oieeeeeeeeee, Geeh.

    Eu li esse livro em dezembro e escrevi resenha, mas ainda nada de postar e adorei ver a sua aqui e poder falar das minhas impressões a respeito do livro. Realmente ele é bem morno, mas o Adrian ali salvou tudo. Acho ele um excelente personagem e ele não ficou pra trás nesse livro. Espero que ele ganhe um destaque maior. Adorei o final com a chegada de você sabe quem. <3 Estou bem curiosa quanto aos outros livros e acho que seria bom a pessoa ler VA antes, porque se ela for ler depois vai ter muito spoiler.

    Beijos.
    Visite: Paradise Books BR // Sorteio Fim de ano

    ResponderExcluir
  10. Ainda não li nada da Richlle Mead, mas só vejo elogios em relação aos livros dela. O que posso dizer em relação a essa série é que fica um pouco difícil de gostar dela com umas personagens tão insossas, chatas e mimadas como essas. E, se for a protagonista, pior ainda. O bom é que a narrativa salva tudo.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  11. Oii Geeh :D

    Apesar das inúmeras resenhas que já li sobre a série, e por adorar vampiro eu ainda tenho dúvidas se irei gostar dessa!
    As resenhas não conseguiram me envolver, e como você não é a primeira pessoa que vejo dizendo sobre a narrativa "fraquinha" do livro eu acabei desanimando! Se me deparar com eles vou tentar a leitura, quem sabe não mude de idéia?
    Bjs

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png