8


Resenha: O Guerreiro das Estrelas - O Começo - Flávio Galindo

Edição: 2
Editora: Amazon
ISBN: B00CVBBXXO
Ano: 2014
Páginas: 376

Adicione no Skoob
Compre AQUI - R$ 2,99 (Versão E-book)

E-book cedido em parceria com o autor
Sinopse: Benjamin é um garoto comum e nada popular, mas marcado com cicatrizes que a vida lhe deixou. Ainda criança, perdeu seu pai em um misterioso acidente de carro. Moldado pela mãe e avó, Benjamin cresceu sendo um bom samaritano, mesmo ao lado do padrasto que mantém uma discussão diária. Sonhos, um amigo fiel e uma garota encantada. Mas ser um bom samaritano as vezes tem seu preço. Ben e seu amigo John acolhem um homem com amnésia e mal sabem eles que estão iniciando uma batalha épica que a humanidade não pode deter. Anjos e demônios indicam seus escolhidos para o novo apocalipse. O holocausto que está próximo a ser causado e trará à tona a todos o quanto o destino é imprevisível.
Fé, coragem, amor e amizade apimentam a eletrizante trilogia de O Guerreiro das Estrelas, uma história que no começo você pode pensar que já ouviu em algum lugar, mas só no começo!

Resenha:

O Guerreiro das Estrelas foi uma surpresa para mim. Me peguei, mesmo depois de ter lido o livro, pensando em seus personagens e ansiando por uma continuação para saber logo o que virá depois do término deste volume. O autor foi feliz em criar um enredo que parece normal, com pessoas normais, mas com um toque de ficção científica e fantasia.


Aqui, vamos conhecer Benjamin, mas conhecido como Ben, como a sinopse diz, ele é aquele cara simpático, que adora ajudar os outros, mesmo sabendo que pode, às vezes, se machucar com isso. Ben é um personagem singular, gostei muito de suas características e modo de pensar. Ele lembra um personagem real, com desejos reais, sonhos reais.
"- Ameaça?
- Sim. E quando você liberar esse monstro que existe em você...
- O que você está querendo dizer? Que eu sou um monstro? - Leandro parecia completamente perdido.
- Não, mas que existe um em você e precisamos eliminá-lo, antes que seja tarde demais."
Além de Ben, vamos conhecer diversos outros personagens, o que não falta aqui são personagens. Temos muitos, mas não vou citar todos para a resenha não ficar grande demais - mas alguns os leitores adorarão conhecer, como Cínthia, John, David e Emanuel.

A narrativa é em terceira pessoa, principalmente pelo ponto de vista de Ben, mas acompanhamos algumas partes pelo ponto de vista de outros personagens, o que foi muito legal. Tbm conhecemos profundamente o personagem principal, o autor tomou todo o cuidado de contar partes significativas de sua infância, fazendo o leitor a ter um nível de quase amizade com o personagem.


Eu gostei da história como um todo. Os personagens são bem construídos e marcantes, o título condiz perfeitamente com o enredo, juntamente com a capa; quando a história começou a se formar, conseguia visualizar Ben no meio desse fogo azul, tentando desesperadamente salvar a humanidade. A diagramação é simples, com títulos nomeados e números romanos. Encontrei erros bobos de revisão, mas que não atrapalharam minha leitura.
"Sua mente girava a mil. Queria entender o porquê de tantas semelhanças. O que estaria sendo destinado a ele? Pelo que ainda iria passar? Por que tantas perguntas sem respostas?
Ben se via em uma encruzilhada sem saber o trajeto correto, pois nenhum deles lhe dava a certeza de algo."
O que me fez ter uma leitura lenta, foi o começo do livro, onde há muitas explicações. Depois, a história começou a pegar fogo (literalmente) e a leitura fluiu perfeitamente. Creio que por ser o primeiro livro, isso aconteceria independente da história, pois sempre há mesmo muitas explicações. O enredo requer atenção dobrada durante a leitura, pois como disse, são muitos personagens e dentre eles, vamos encontrar anjos, demônios e extraterrestres.
"...Uma pessoa tem a capacidade de mudar as coisas, mas isso somente é benéfico se trouxer a você e aos mais próximos a paz que almejam."
Outra coisa que gostei muito foi o fato de a história se passar aqui no Brasil. Temos presidentes, generais, soldados; todos com nomes bem brasileiros, o que não dificulta lembrarmos seus nomes. Creio que o autor tenha feito uma pesquisa enorme para englobar todo o enredo, e na minha pequena experiência com livros do gênero, não senti falta de nada: tudo foi muito bem explicado.


Ben entrou para minha lista de personagens fortes e marcantes, tanto pelo seu comportamento quanto pela sua personalidade. É um personagem que agrada, independente do que faça. As lições de amor, amizade e família que o autor passa durante a leitura também são de grande valia para o enredo.
Sem mais, indico muito a leitura deste livro. Vale a pena descobrir o que Ben será capaz de abrir mão para salvar a humanidade.


Avaliação:


Sobre o autor:

Flávio Galindo, da cidade de Osasco, grande São Paulo, é comerciante em sua cidade e descobriu sua vocação pela escrita logo cedo. Apesar de ter menos de 3 décadas de vida, o autor começou lançando dois de três volumes da trilogia O Guerreiro das Estrelas, de ficção, mas foi o tempo e a vida que o mostrou a paixão pelo gênero de romance. Ainda em finalização dessa trilogia, Flávio agora foca nos romances, e o primeiro é "Cair para Voar" que sairá pela Sollo Editorial no mês de Junho. Já participou de algumas Antologias e hoje foca como nunca a Literatura, visando ultrapassar barreiras e limites.
Sua escrita é sempre voltado para a fé que devemos ter em nós mesmos para alcançar os nossos objetivos. São leituras envolventes e com boas tramas.

Para mais informações vocês encontram o autor sempre presente no email: escritor.flaviogalindo@gmail.com

Pelo Facebook nas páginas:
https://www.facebook.com/escritorflaviogalindo
https://www.facebook.com/flavio.galindo


 Participe do Top Comentarista


8 comentários:

  1. Oi Ana! Então li sua resenha e fiquei bem curioso sobre a história. Hoje em dia é meio que difícil encontrar um personagem forte e bem construído. Adorei a sua opinião! Já to seguindo o blog hahaha!
    Abraços :)
    www.chamandoumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ana.
    Não imaginava que esse livro fosse tão bom, ainda mais com personagens fortes, bem construído e me pareceu até cativante. E, é claro, você conseguiu despertar a minha curiosidade.
    Vou conferir em breve.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de abril. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  3. Fiquei interessada pelo livro, gosto de histórias com personagens fortes, isso me faz ficar torcendo por eles, esperando por um final feliz, ou pelo menos satisfatório. Ben parece ser uma boa pessoa, espero que ele faça as escolhas certas nas batalhas que vai enfrentar.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Ana...
    Gostei do enredo da história, e leria o livro sim.
    Gostei de saber que se passa no Brasil. As vezes, depende do livro, o começo é bem explicativo mesmo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. gostei do livro, ouvi falar do autor mais ainda nao li nenhum livro dele, pra corrigir essa falta irei começar por esse que me parece bem interessante.

    ResponderExcluir
  6. Oi Ana!
    Vou te confessar que vendo a capa e lendo sinopse eu não daria nada pra esse livro, mas você falou tão bem do personagem que até anima ^^

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia nem o autor, nem sua obra, mas fiquei bem curioso. Sou fã de fantasia e ficção científica, então já é meio caminho andado pra gostar desse. Uma coisa que gostei foi saber que a trama é ambientada aqui no Brasil. Fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  8. Olá, não conhecia o autor!!
    O livro até parece bom, mas não me conquistou!!
    Acho que por não ser o tipo de leitura que estou acostumada!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png