7


[Novembro Nacional] Resenha: O Garoto Quase Atropelado - Vinícius Grossos




Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409462
Ano: 2015
Páginas: 272

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: "Uma história inesquecível sobre adolescentes que escolheram acreditar no que sentiam. Você vai se emocionar" - Bruna Vieira, autora do Depois dos quinze.Um garoto sofreu com um acontecimento terrível.
Para não enlouquecer, ele começa a escrever um diário que o inspira a recomeçar, a fazer algo novo a cada dia.
O que não imaginou foi que agindo assim ele se abriria para conhecer pessoas muito diferentes: a cabelo de raposa, o James Dean não-tão-bonito e a menina de cabelo roxo, e que sua vida mudaria para sempre!
Prepare-se para se sentir quase atropelado de uma forma intensa, seja pelas fortes emoções do primeiro amor, pelas alegrias de uma nova amizade ou pelas descobertas que só acontecem nos momentos-limite de nossas vidas.
Estar vivo e viver são coisas absolutamente diferentes!





Envolvente, Misterioso e Cativante.

O Garoto quase Atropelado é um livro que vai ficar na minha memória, adorei a forma como o autor narra a história; triste e ao mesmo tempo bem humorada. Me lembrou um pouco as vantagens de ser invisível, por tratar de dramas de adolescentes de uma perspectiva diferente, muito profundo e emocionante.


O autor teve uma sensibilidade única ao relatar os acontecimentos na vida dos personagens, que apesar de serem bem fortes, foi passado de uma maneira suave, e mesmo assim me levou a lágrimas por diversas vezes.

O livro trata principalmente de 3 assuntos polêmicos e pouco falado na vida desses quatro jovens que o destino uniu. Para que juntos fossem capazes de descobrir como sobreviver à adolescência, retrata vários conflitos externos e internos e como cada um deles reage a eles.
Como acontecimentos em uma determinada fase da vida pode nos marcar?


Fiquei imaginando os adolescentes que encontro na rua e me perguntando se eles passam por situações assim, sei que é mais comum do que parece. E penso em como eles conseguem lidar e superar, se tem o apoio da família e amigos. Enfim, é um livro que me fez refletir bastante.

A capa é divertida, não traz a carga emocional do livro, mesmo assim é condizente com o enredo. Possui verniz localizado e orelhas; páginas amarelas e letras em tamanho adequado. Os divisores de capítulos são simples com algumas gravuras e boa diagramação.
Parabéns a editora por mais este belíssimo exemplar. Tenho certeza que o livro em si faz jus a história incrível que ele carrega.
Espero que possam descobrir os segredos desses amigos e que sintam como eu senti...


Avaliação:


Sobre o autor: 





Vinicius Grossos é taurino, leitor voraz e perseguidor de sonhos. Ama comida italiana, dias nublados e café. Nasceu em 1993, no estado do Rio de Janeiro e, quando pequeno, tinha o sonho de trabalhar em uma livraria apenas para poder ler tudo o que fosse possível. Já quis ser desenhista, mas sua falta de talento o ajudou a se encontrar como escritor. Publicou seu primeiro livro, Sereia negra, em 2014, e participou de diversos eventos e feiras literárias.




7 comentários:

  1. Olá, Graça.
    O Garoto Quase atropelado é um livro incrível, né? Vinícius conseguiu abordar a adolescência e seus problemas de forma genial, sem falar que ele toca em assuntos muito importantes.
    Assim como aconteceu com você, esse livro ficará na minha memória por um longo tempo.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá pessoal.

      Sim,um livro incrível mesmo. O Vinicius está de parabéns.

      Esse livro veio no momento em que estava precisando ler algo com conteúdo.Um livro que aborda temas tão fortes,ele conseguiu fazer a história fluir com suavidade.
      Obrigada !

      Excluir
  2. Oi Graça, tudo bem?
    Não costumo ler livros dessa temática, mas curti muito a sua resenha... parece que o livro é sensível e retrata a vida do personagem de forma única... não sei se eu leria, mas gostei do que foi abordado... eu mesma fui uma adolescente muit fechada, até entrar em um grupo de dança e as coisas mudarem. Acho que os adoslescentes deveriam ler o livro que aborda essas temáticas, os fariam refletir e tomar decisões importantes pra eles... xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Diana,Tudo bem.
      Sim.Recomendo e gostaria que não só os adolescentes lessem esse livro.Os pais entenderiam melhor seus filhos se soubessem como eles se sentem.
      O que mais me tocou foi a maneira como o personagem age com relação ao seu próprio sofrimento e o respeito que tem pelos novos amigos.sabe aquele amigo que guarda sua dor no bolso pra cuidar da dor do outro? é isso.
      Se tiver oportunidade,leia e recomende.Xero pra ti também.

      Excluir
  3. Ana/Graça!
    Já li outras resenhas do livro e gostei como deixou tudo em suspense, nos causando curiosidade para a leitura do livro.
    Imagino que os pais devam mesmo ler o livro, porque aborda assuntos atuais e interessantes, que podem ser um alerta para os pais.
    “Aqueles que não fazem nada estão sempre dispostos a criticar os que fazem algo.”(Oscar Wilde)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    A cada resenha que leio minha vontade ler esse livro só aumenta, desde que vi a capa me interessei, e depois de saber como é historia é linda me apaixonei, espero mesmo poder ler esse livro em breve.
    Bjocas!!

    ResponderExcluir
  5. OI! Parece ser um livro interessante. mesmo que eu não goste muito de tramas que tratam dos dramas de adolescentes acho que darei uma oportunidade para esse, até porque parece ser problemas mesmo e não apenas a transição da adolescência para a fase adulta.

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png