7


[Novembro Nacional] Resenha: Um Toque a Mais - Jessica Anitelli



Edição: 1
Editora: Amazon
ISBN: B015M6CBLM
Ano: 2015
Páginas: 221

Adicione no Skoob
Compre AQUI - R$ 7,99 (Versão E-book)


A autora irá retirar o livro da Amazon hoje por motivos pessoais. Se você gostou da resenha, aproveite para adquirir o seu!
Sinopse: Lara esperaria qualquer coisa de sua amiga Paola, menos ser convidada para um ménage à tróis. Lara fica confusa, não sabe como agir. Seria certo transar com o marido da amiga? Paola a tranquiliza e, assim, acontece o envolvimento entre eles. Foi bom, gostoso, prazeroso, insano... mas e agora? Lara já foi largada pelo ex-namorado, não deseja se sentir novamente usada. Será que foi somente um brinquedo sexual no casamento deles? Não deveria se deixar envolver daquela forma.
Contudo, ela não sabia que tudo já fora planejado por Paola e Elias, e Lara é mais uma vez convidada para voltar ao apartamento deles.
Para quem não queria se envolver, Lara se deixa levar e, quando percebe onde se meteu, já é tarde demais.
Será mesmo possível amar duas pessoas?


Resenha:

Antes de começar essa resenha, quero agradecer a autora, Jessica Anitelli, por ter me feito ler este livro enquanto a mesma o postava no Wattpad. Como vocês já devem ter percebido, raramente leio livros com essa temática, isso fica por conta da Geeh, que adora o gênero. Não posso falar que odeio, mas tive algumas experiências bem negativas, por isso, só leio de autores de quem já conheço a escrita ou quando o livro é muito bem indicado por pessoas de minha total confiança. Dito isso, vamos ao que importa:

Um Toque a mais é, como vocês perceberam, um livro hot. Mais que isso, é um livro que fala do poliamor,
Lara é uma jovem promissora e depois de ser abandonada por seu namorado, recebe uma proposta um tanto diferente de sua amiga Paola - Paola que é casada com Elias a convida para um ménage à tróis. Lara, no começo, tende a declinar, mas se sua amiga quer dividir seu marido com ela, que mal isso pode fazer? Afinal, as duas já tiveram um pequeno relacionamento quando estavam na faculdade e Lara gosta muito de Paola.... o que custa tentar?
"Olhei para o celular. Eu nunca fizera um ménage antes. Já saí com uma grande quantidade de mulheres e homens, mas nunca transara a três. E também não era só a questão do sexo, Paola e Elias eram casados, oras... A moral pesa um pouco mais por causa disso. Não quero estragar o casamento deles.
Rodei o celular sobre o mármore. Só de imaginar o prazer que aquela situação poderia me proporcionar, eu já me animava. Serão quatro mãos e duas línguas sobre mim..."
Lara então, se envolve com o casal, mas por ser uma relação diferente, Lara começa a enfrentar preconceitos em seu trabalho, em sua casa, com a família de Elias e onde quer que vá. Parece que a relação entre eles tem tudo para não dar certo, mas o amor age de formas diferentes nas pessoas, e juntos, tentarão encontrar forças para manterem-se unidos.

É um enredo bem diferente. Um relacionamento com sexo entre 3 pessoas... confesso que quando a Jessica me contou um pouco sobre a história, eu fiquei curiosa mas relutante. Não tenho preconceito, mas não me vejo em uma situação assim. Por isso minha recusa inicial em ler, mas depois de muito pensar, resolvi dar uma chance. Já conheço a escrita da autora, e é maravilhosa! Sou completamente apaixonada pela história de Clara e Enzo, já resenhei os dois livros aqui no blog, o que sem dúvida, só me motivou a ler este também.
"— Você está estranho, Elias. Aconteceu alguma coisa? — ela indagou e depois fitou Paola. — Sua esposa não está cuidando bem de você, é? — falou rindo, mas senti um fundinho de verdade.
— Eu não tenho que cuidar...
— Não é nada não, mãe — Elias disse antes que Paola concluísse sua frase, o que a deixou ainda mais emburrada. — São só as coisas do trabalho. Puxado como sempre.
— Você precisa de mais distração, meu filho, mais alegria nessa sua vida — mirou Paola. — Quando você dará um filho para o Elias? Já está na hora, não acha?
Vi Paola fechar o punho e responder secamente:
— Quando eu quiser.
O clima ficou pesado depois disso. As duas se encaravam com faíscas nos olhos, e Elias tentou puxar outro assunto. No entanto, Cida não parecia disposta a abandonar a raia daquela forma.
— Paola, querida, você já tem vinte e oito anos. Não pode ficar esperando muito para engravidar. Depois tudo fica mais difícil. Como você vai cuidar de criança estando tão mais velha?
— A questão é que não vou cuidar sozinha da criança, Cida — ela estava se esforçando para não ser mal-educada. — Ela terá um pai. A responsabilidade de criar uma criança não é só feminina, até porque uma mulher não faz um filho com o dedo."
Gostei muito de como a autora criou o enredo, ela não usa palavras de baixo calão em seus livros e as cenas de sexo são bem descritas e muito românticas. Não é aquele tipo de livro que você não vê a hora de acabar, ao contrário, fica trite quando acaba. Lara é uma personagem forte ao seu modo, mas gosto mais de Paola, ainda não descobri porque. Elias é um homem maravilhoso para suas mulheres, mas precisou de ajuda para se ver livre da constante perseguição de sua mãe (personagem que me deu nos nervos!).

O intuito da autora não é fazer os leitores saírem por aí arrumado várias namoradas ou namorados, mas sim, explicar que um amor assim existe e pode ser verdadeiro. Durante a leitura, Lara, Paola e Elias sofreram muito para tornar possível para as pessoas próximas deles o que já era possível para eles. Preconceito e machismo são alguns dod pontos negativos que o livro aborda, hoje em dia, tudo é motivo para discórdia, e Jéssica consegue passar isso para o livro de forma leve e até extrovertida.
"Quando chegamos à calçada, em frente ao prédio, Paola parou de andar e me fitou. Fui só capaz de sorrir para ela e a beijar apaixonadamente.
— Já está ficando insuportável a falta que você me faz — ela comentou durante o carinho.
— Nem me fale. Já estou totalmente ligada a você e ao Elias.
— Falando nele — pegou o celular. — Eu falei que o provocaria hoje o dia todo. Sorria — tirou uma foto nossa. — Ele está se corroendo todo por eu estar aqui com você e ele não.
— Depois podemos mandar umas fotos mais interessantes para ele. O que você acha? — afaguei sua mão com segundas intenções.
— Eu vou adorar, mas aposto que ele ficará louco de tesão — riu e eu também."
Falando em extrovertida, ri demais com algumas situações, além de ficar vermelha com o que lia na maioria do tempo! (risos) Pois é... preparem-se para fortes emoções e cenas de sexo inesquecíveis!
Como li no Wattpad, não vou citar revisão e diagramação; a capa é linda e condiz totalmente com o enredo, a narrativa é em primeira pessoa pelo ponto de vista de Lara, já que ela seria a "intrusa" no relacionamento. Confesso que gostaria muito de saber a versão dos fatos pelo ponto de vista de Elias, creio que seria bem mais intenso.... Fica a dica Jéssica! (risos, tô brincando ta?)

Enfim, um livro lindo. Muito bem escrito e cheio de significados. Se você tem a mente aberta e gosta do gênero, delicie-se sem moderação. Ha! E como a autora mesmo disse, não imponha nada do que ler em seu relacionamento ta? O consentimento dele ser mútuo. O que um não quer, dois (ou três, vai saber...) não faz!
"— Não fica assim — disse baixo. — Ele já tinha me falado que te amava. Relaxa, Lara — mirou meus olhos e sorriu encantadoramente. — Eu também te amo.
Fiquei extasiada, sem saber o que dizer. Elias puxou uma cadeira e se acomodou de frente para mim. Segurou a mão de Paola, levou-a aos lábios e depois acariciou disfarçadamente o dorso da minha mão. Aceitei seu carinho e finalmente relaxei, permitindo que aquele sentimento dentro de mim tomasse voz.
— Eu amo os dois — falei meio sem graça. — Amo como nunca achei possível amar."
Avaliação:


Sobre a autora:




Jéssica Anitelli tem livros publicados tanto por editoras quanto de forma independente. É formada em Letras pela Universidade Federal de São Paulo e já trabalhou como professora da rede estadual. Atualmente exerce a profissão de revisora de textos na Editora Poliedro.
Nasceu na cidade de Leme/SP, em 1990, e atualmente mora em São José dos Campos/SP.
Escreve desde os 17 anos quando deu início aos primeiros capítulos da sua obra de estreia no mundo literário, O Punhal, uma história de vampiros dividida em quatro livros que tem como palco sua pequena cidade natal no interior de São Paulo. É também autora de livros eróticos e juvenis.






7 comentários:

  1. Olá, Ana.
    Geralmente não leio livros hots, mas esse já ganha um ponto comigo: originalidade. Afinal, nunca vi um livro que aborde a relação de três pessoas. Achei interessante, apesar de também não me ver em uma relação assim.
    Ótima resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de novembro. Você pode ganhar um livro incrível!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Adorei a resenha <3
    O intuito desse livro era mostrar as diferentes formas de amar.
    Obrigada pelos elogios

    Abraços
    Jéssica Anitelli

    ResponderExcluir
  3. Ana!
    Para mim o livro já parece bom apenas pelo fato da autora trazer um tema bem polêmico para nossa sociedade ocidental. Sim porque em várias outras sociedades a 'poligamia', digamos assim, é permitida e aceita.
    Qualquer forma de amar vale a pena, é o que penso, embora por causa da criação que tive, não aceitaria para mim, o importante é estarem felizes e realizados, se aceitam isso, bom para todos os envolvidos.
    Gostei muito.
    “Jamais se desespere em meio as sombrias aflições de sua vida, pois das nuvens mais negras cai água límpida e fecunda.”(Provérbio Chinês)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Realmente é um enredo bem diferente, "vejo" muito desses relacionamento abertos na universidade , mais em todos os casos que "vejo" , já se sabe que tem prazo de acabar junto com a graduação rsrs, mas essa historia vejo que é algo bem diferente, eles se amam de verdade e torna o relacionamento ao conhecimento de todos, muito desafiador isso, por que a maioria das pessoas vão agir com preconceito, fiquei curiosa pra ler e ver como eles lidão com isso tudo, ótima resenha.
    Bjocas

    ResponderExcluir
  5. OI! Eis que não curto muito hot, na verdade já li alguns e amei outros, mas já percebi que a situação do sexo nesse livro tem uma abordagem maior, é o sexo a três que empurra a trama e daí já começo a não gostar. Gosto quando a tama trada de outro assunto e esse não seja o principal, no caso, a montagem do cenário. Infelizmente eu passo essa leitura.

    ResponderExcluir
  6. Ola aonde eu compro esse livro eu não achei na amazon

    ResponderExcluir
  7. Ola aonde eu compro esse livro eu não achei na amazon

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png