23 dezembro 2015

Li até a página 100 e...



Oi,oi gente!! Sentiram minha falta? Pois então, em minha defesa, eu tenho um bom motivo para ter abandonado vocês por quase um mês. Meu pai sofreu um acidente e ficou hospitalizado esse tempo. Agora que estou conseguindo colocar minhas leituras em dia. Então, preparados para saber um pouquinho mais sobre a ultima!??



Localizado na zona periférica de Londres em meados do século XIX, o bordel de Molly está sempre repleto de fregueses: ricos e pobres, magnatas e operários. O que nenhum deles sabe - nem mesmo as outras trabalhadoras do estabelecimento - é que a dona do prostíbulo optara por ser "mulher da vida fácil" após fugir de um casamento forçado, abrigando-se nas entranhas de um cortiço na busca indelével por liberdade.
Certa vez, no entanto, Molly é inebriada pelas propostas de um cliente: Charles O'Connor, o herdeiro de um império têxtil, deseja que ela seja somente sua. Molly, arrebatada pelas sensações provocadas pelo novo amante, se vê obrigada a questionar o modo de vida que conduzira com orgulho até então, além de testar os limites da liberdade obtida a duras penas.
Entregues à avassaladora paixão e à incrível química sexual que os unem, Molly e Charles precisarão enfrentar as represálias que os unem, Molly e Charles precisarão enfrentar as represálias sociais e a moral conservadora da época para dar continuidade a este amor proibido. Mas terão de pagar um preço alto por suas decisões.
Primeira frase da página 100:
"- Que doce alivio... - suspirou Molly."

Do que se trata o livro:
O livro se passa no seculo XIX e Molly é uma prostituta bastante requisitada pelo empresários ricos da cidade de Londres. Só que ela tem um passado. Molly vem de uma família rica e fugiu de casa para evitar um casamento por conveniência arranjado por seus pais.

O que está achando até agora:
Olha, o livro é bem agua morna. Até então, não simpatizei com nenhum dos personagens. Sem contar que o desenrolar da trama ta me fazendo questionar qual vai ser o desfecho que a autora vai dar e isso me preocupa.

O que está achando da protagonista:
Como eu disse acima, não simpatizei com nenhum dos personagem. Molly é inegavelmente um personagem forte e com personalidade, mas que até então, não me cativou.

Vai continuar lendo:
Siim, é claro, não sou de desistir fácil.

Melhor quote até agora:
''-Porque eu jamais aceitei esse destino! Nunca fui simpática à ideia de ser uma moça nobre, cercada de servos, riquezas, limites alheios e frustrações! Nunca me afeiçoei à possibilidade de me esconder à sombra de ninguém, em especial de um homem, um marido. Sempre quis viver para mim mesma, à minha maneira.''
Última frase da página 100:
"- Molly... Você é a filha de Patrick? Patrick Williams?"

4 comentários:

  1. Olá, Geeh.
    As premissas desses livros de romance de época não me agradam tanto. Sabendo que o desenvolvimento é meio morno, pior ainda. Não sei se leria.
    De toda forma, aguardo a resenha.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Oi, Geeh. Tudo bem?
    Esse não é o tipo de livro que eu leria mas a ideia dele é até original.
    Fiquei um pouco curiosa antes de ler que você não estava gostando muito, ahahaha. Mas quem sabe, né?

    Um beijo!
    Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
  3. Geeh!
    Adoro os romances ambientados no século XIX.
    Termina logo e traz a resenha.
    FELIZ NATAL!
    “Não esqueça que Natal não é do Papai Noel tão pouco para ganhar presentes materiais, mas é a data que recebemos o melhor presente para nossa existência, Jesus!” (Rogério Stankewski)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  4. Oi Geeh! Até achei um pouquinho interessante a sinopse, mostra que a personagem é forte mesmo mas, suas primeiras impressões não me animaram muito rs Espero que o livro melhore de alguma forma e te cative.

    beijos

    ResponderExcluir

Adptação e personalização por QueenG Design

Tema Base por Butlariz