14


Resenha: Paixão ao Entardecer - Lisa Kleypas.

Edição: 1
Editora: Arqueiro
Autor: Lisa Kleypas
Serie: Os Hathaways – Livro 5
Titulo Original: Love In The Afternoon
ISBN: 9788580413557
Ano: 2015
Páginas: 272

Sinopse:
Mesmo sendo uma família nada tradicional, quase todos os irmãos Hathaways se casaram, até mesmo Leo, que era o mais avesso a essa ideia. Mas para a caçula Beatrix, parece não haver mais esperança.
Dona de um espírito livre, apaixonada por animais e pela natureza, Beatrix se sente muito mais à vontade ao ar livre do que em salões de baile. E, embora já tenha frequentado as temporadas londrinas e até feito algum sucesso entre os rapazes, nunca foi seriamente cortejada, tampouco se encantou por nenhum deles.
Mas tudo isso pode mudar quando ela se oferece para ajudar uma amiga.
A superficial Prudence recebe uma carta de seu pretendente, o capitão Christopher Phelan, que está na frente de batalha. Mas parece que a guerra teve um forte efeito sobre ele, e seu espírito, antes muito vivaz, se tornou bastante denso e sombrio.
Prudence não tem a menor intenção de responder, mas Beatrix acha que ele merece uma palavra de apoio – mesmo depois de tê-la chamado de estranha e dito que a jovem é mais adequada aos estábulos do que aos salões. Então começa a escrever para ele e assina com o nome da amiga. Beatrix só não imaginava o poder que as palavras trocadas teriam sobre eles.
De volta como um aclamado herói de guerra, Phelan está determinado a se casar com a mulher que ama. Mas antes disso vai ter que descobrir quem ela é.
"Paixão ao Entardecer" é o quinto e ultimo livro da serie Os Hathaways da autora Lisa Kleypas, precedido por "Desejo à Meia-Noite", "Sedução ao Amanhecer", "Tentação ao Por do Sol" e "Manhã de Nupcias". Para ler as resenhas anteriores é só clicar nos respectivos títulos.

Resenha:
“Volte, por favor, volte para casa e descubra quem sou.”
"Paixão ao Entardecer" é o quinto e ultimo livro da serie Os Hathaways da nossa amada autora Lisa Kleypas.Aqui nos vamos nos aprofundar na vida da ultima Hathaway solteira e a mais nova entre eles, a indomável Beatrix.
Desde muito nova Beatrix percebeu que a sociedade Londrina não era para ela, que sempre preferiu a companhia de seus animais de estimação e correr livre nos campos ao invés  das glamourosas festas de Londres, repletas de regras de etiqueta, pessoas superficiais e o olhar critico e malicioso das fofoqueiras de plantão.

Depois de trés temporadas no mercado casamenteiro, Beatrix esta certa de que suas peculiaridades somadas a reputação da familia Hathaway, considerada fora dos padrões por todos, principalmente pelo fato de serem parte da nobreza por Leo ter recebido o título de Lord, e no entanto, duas de suas irmãs serem casadas com ciganos.
Sem contar, é claro, que Beatrix é inteligente demais,espontânea demais e livre demais para que os rapazes à vejam como algo a mais do que uma boa conversa nos bailes entediantes. A inteligente e espirituosidade dela é uma afronta aos rapazes, já que ela é mais inteligente que a maioria deles, que acabam preferindo  as doces e submissas mocinhas bem educadas.

Agora que decidiu não mais participar das temporadas e viver sua vida tranquila nos campos da casa da família, a única amiga de Bea é a superficial Prudence, que é a futilidade em pessoa, ela só se importa com status, festas, vestidos novos e em como vai fisgar um marido rico e bem sucedido, custe o que custar.
E Prudence esta envolvida com Christopher Phelan, um rapaz bonito e de boa família, mas que se juntou ao exercito e a meses esta lutando na guerra.

Antes de Phelan partir, ele e Prudence combinaram de se corresponder por intermédio da irmã dele, já que não é bem visto casais não comprometidos trocaram cartas. Mas após receber a primeira carta, Prudence desiste do esquema, pois ao ler ela percebe que a guerra vem cobrando um preço alto  de Phelan, transformando o rapaz charmoso , alegre e de sorriso fácil em um homem calejado e endurecido pelos horrores que  presenciou.

Como Prudence e Beatrix são amigas, Bea acaba lendo as cartas de Phelan e  com sua sensibilidade se compadece do sofrimento do rapaz .Ela sente a tristeza em cada palavra escrita por ele e entende a necessidade que deve sentir de poder ouvir uma palavra de carinho e conforto para ter esperança. Por isso ela tenta convencer Prudence a  escrever para o rapaz. Mas quando não consegue, decide escrever ela mesmo e assinar com o nome da amiga.

Os anos passam e a troca de cartas continua, sempre com Phelan acreditando estar se correspondendo com Prudence. Mas o sentimento de um pelo outro cresce a cada linha escrita. O de Beatrix por Christopher e de Christopher por Prudence.

Mas agora a guerra acabou e Capitão Christopher Phelan esta voltando para casa como um herói de guerra, disposto a casar-se  com a mulher que conheceu e se apaixonou através das palavras.
Como será para Beatrix ver o homem que ama correndo atras de alguém que não dá a minima para ele? E como será para Christopher descobrir que Prudence não tem ideia do conteúdo das cartas?
“– Estou absolutamente convencida, capitão – continuou Beatrix –, de que quanto mais souber a meu respeito menos irá gostar de mim. Portanto, vamos poupar o nosso tempo e assumir que não gostamos um do outro.Então não teremos que nos preocupar com o meio do caminho.
Ela era tão franca e prática sobre tudo aquilo que Christopher não pôde evitar achar divertido.
– Lamento, mas não posso atendê-la.
– Por que não?
– Porque agora mesmo, quando acabou de falar, me descobri começando a gostar de você.”
Então gente, esta resenha tem um gostinho margo  pra mim. O tão temido final chegou, por mais que eu tenha adiado com todas as minhas forças.Mas tenho o consolo de que a serie fechou com chave de ouro. Christopher e Beatrix quase ganharam o título de melhor casal da serie (sorry, mas eu ainda amo “mais” a Poppy e o Harry).

Neste livro temos uma bagagem emocional maior, mais densa e diferenciada de tudo o que já vimos até agora em Os Hathaways.
Beatrix é uma força da natureza, literalmente. Ela ama os animais, a natureza e a liberdade de viver longe dos olhos da sociedade exigente e das tenebrosas regras que ela odeia e não faz questão de aprender.
Já Christopher Phelan é um homem que a guerra transformou. Agora ele é frio,calculista e também perturbado psicologicamente pelos diversos horrores que vivenciou durante os anos de guerra.
Mas Christopher e Beatrix já se conheceram antes, e o encontro não pode ser descrito como amigável. Então, vamos ter duas personalidades fortes e marcantes em um embate, e isso rende  para o leitor boas risadas e emoções, que vão nos fazer rir e chorar junto com o casal.

Como eu disse acima,Lisa Kleypas encerra a serie com chave de ouro, com uma das melhores tramas que eu já tive o prazer de ler deste gênero, repleto de emoção, diálogos engraçadíssimos e personagens muito bem estruturados  e construídos, alem de fieis do inicio ao fim a personalidade que a autora criou. Ela vai abordar temas complexos de traumáticos com delicadeza e maestria.
Também é visível a evolução da escrita da autora, que começa boa e termina maravilhosa.

A narrativa do livro é feita em terceira pessoa intercalando o ponto de vista sobre ambos os personagens, nos dando a oportunidade de conhecer afundo os dois.

Sobre o livro físico, ele é lindo e segue o padrão dos anteriores, com uma diagramação simples, mas de boa qualidade, uma fonte agradável para leitura e paginas amareladas.

Enfim gente,eu não posso dizer que recomendo SÓ este livro. Na verdade eu recomendo a serie toda e tudo que for escrito por Lisa Kleypas. Essa mulher nasceu para escrever romance. Ela sabe misturar romance, sensualidade e humor de forma irresistível. Desta mulher eu leria ate a lista de compras (como diria John Green)

Então, quem já leu algum livro da serie Os Hathaways continue lendo, pra ontem. E quem ainda não leu ou não conhece, não perde tempo: corre e começa logo!!
"Porque às vezes o silêncio é capaz de ferir alguém tão gravemente quanto uma bala."
Sobre o autor:

Depois de se formar na Universidade de Wellesley em Ciências Políticas, publicou seu primeiro romance aos vinte e um anos de idade. Em 1985, ela foi nomeada Miss Massachusetts e competiu o Miss America, em Atlantic City. Lisa está casada e tem dois filhos.
Em sua página na web, a autora conta: "Comecei a escrever romances porque sempre amei lê-los. Indiscutivelmente, fui uma nerd durante toda a escola primária e, mesmo "florescendo" na secundária, acredite, a nerd interior ainda estava aqui. Nunca pude imaginar um tempo melhor aproveitado do que lendo um livro, e este amor pela leitura, com o tempo, se traduziu num profundo desejo de escrever um."

14 comentários:

  1. Olá, Geeh.
    Esse livro me interessou bem mais do que os demais da série. Beatrix parece ser uma personagem forte e cativante, exatamente da forma que eu gosto. Ademais, o fato de haver uma parte emocional e psicológica mais densa me agrada.
    Ótima resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Oi Geeh!
    Estou louca pra iniciar a leitura dessa série.
    Vejo bastante elogios a essa obra e como amo o romances históricos é claro que esse não poderia ficar de fora.
    O fato dos personagens terem personalidades fortes, já me diz muito sobre o quão bom será esses encontros entre eles.

    Você descreveu muito bem nessa resenha tudo o que mais prezo numa leitura. Fiquei como se fosse possível... Ainda mais ansiosa pra iniciar logo essa série.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  3. Geeh, se tem uma pessoa que é apaixonada por romances de época, sou eu. Adoro ver os diálogos completos, personagens divertidos e únicos, vivendo em uma época cheia de regras, mas também possuindo uma charme invejável por suas roupas e títulos.
    A pouco tempo eu soube da existência desta serie, fiquei maravilhada e curiosíssima para descobrir mais sobre suas histórias. Adorei saber que esta família foge dos padrões exigidos pela sociedade, que teremos personagens fortes e determinadas e claro, um romance de causar altos suspiros com um final perfeito.
    Adicionei em minha lista de desejados, tendo a certeza de que lerei em breve.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. Para mim Paixão ao Entardecer é o meu preferido de toda série Os Hathaways, acho que pelo fato de já começar a narrativa por meio de cartas e isso me agradou bastante. Amo demais as capas dos livros da série.

    ResponderExcluir
  5. Essa série é maravilhosa e dá saudade quando chega ao ultimo livro. Tem uma trama super fofa e fechou bem, concluiu de um jeito bem gostoso e que dá vontade de reler tudo. Mas apesar de tudo, ainda achei esse menos que os outros. Sei lá, talvez tenha esperado demais. Adorei a história, mas ficou aquela coisa de "só isso?". Talvez tenha sido a tristeza por acabar, queria era mais xD
    Vale a pena né? É uma série que adoraria reler.

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada da Lisa, mas estou completamente obcecado para começar a ler Os Hathaways pra ontem, como você disse :OO A resenha me deixou empolgadíssimo, é muito bom ver que os livros continuam ótimos. Não sou habituado com romances históricos, mas acho que fiquei bem interessado :D Abraços.

    ResponderExcluir
  7. Ainda não li nenhum livro da série, apesar dos elogios, mas pretendo. Deve ser uma historia e tanto com essa troca de cartas entre os dois, ainda mais ele pensando que é outra pessoa que escreve, fiquei curiosa com sua reação quando souber quem é a pessoa que escreve. Legal ter momentos que nos fazem rir. Os vestígios da guerra marca qualquer pessoa,Christopher deve ter ficado muito arrasado e mudado.

    ResponderExcluir
  8. Aaaahhhh Geeh você me deixou ainda mais ansiosa para ler a série, eu tenho muita vontade já tem um tempo, mas infelizmente ainda não tive a oportunidade, evitando comprar livros hahahaha eu amo romances de época, é um gênero tão gostoso de se ler, estou super curiosa para saber como vai desenrolar quando o Christopher saber que não é a Prudence que o escrevia e sim a Beatrix.
    Beijos *-*

    ResponderExcluir
  9. Amei a resenha.
    Faz muito tempo que eu quero ler essa serie, ela estar na minha lista ha seculos, foi bom ler tanta empolgação em relação a um livro, vou com certeza comprar logo essa série e me deliciar com essa leitura.

    ResponderExcluir
  10. Só leio comentários positivos sobre essa autora, a capa não me atrai, ja o enredo parece ser bem envolvente, ja esta na lista.

    ResponderExcluir
  11. Ameei a resenha, e sou loooouca demais por essa série, além dos livros parecerem ótimos, ainda é de época, e somado a isso, tem as capas mais lindas do universo, rsrs
    Mas que coisa, hein? Fico imaginando o cara chegar e depois de muitaaaa confusão descobriu que ama a pessoa errada kkkkkkkkk
    vou querer ler a série completa ainda esse ano, sem falta!
    bjooos

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Quero muito ler essa serie da Lisa Kleypas, gostei muito dos primeiros livros e com esse não foi diferente, pareceu uma ótima historia me deixando curiosa para saber como será quando Christopher descobrir que Beatrix e quem escreve as cartas e se tiver oportunidade quero muito ler !!

    ResponderExcluir
  13. Oii, essa capa me lembra muito a seleção rsrs
    Adorei a resenha, já tinha lido outras vezes sobre esse livro e sobre a autora, nunca li nada dela. Mas tenho muita vontade

    ResponderExcluir
  14. Oi!
    Já tinha visto outras resenhas desse livro, mas ainda não li e nem comprei ele. Achei muito interessante a história e jamais imaginaria que teria esse enredo demais. Quero muito ler! Beijos

    potato-purple.blogspot.com
    youtube.com/potatopurpleblog

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png