3


Resenha: A Ilha dos Mortos - Série As Crônicas dos Mortos (Livro 4) - Rodrigo de Oliveira


Edição: 1
Editora: Faro Editorial
ISBN: 9788562409608
Ano: 2016
Páginas: 336

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Passaram-se vários anos desde que a maior colônia de sobreviventes do Apocalipse zumbi se transferiu para Ilhabela. Separada do continente por uma faixa de 1km de mar atlântico, a ilha surge como um ambiente seguro para as novas gerações, e distante das ameaças da Senhora dos Mortos e sua horda de zumbis.
Desde então, muitas coisas mudaram. Personagens importantes morreram e novos combatentes foram treinados para erguer a comunidade e recriar o sistema de administração e leis. Parecia que o mundo estava retomando o seu curso de paz.
Os habitantes de Ilhabela tinham agora formas mais seguras de lidar com os zumbis, então descobrem que alguns zumbis também mudaram. A forma de contaminação se torna mais rápida. Eles estão mais selvagens, ágeis e violentos. Deixe-nos apresentar uma evolução dentre os próprios mortos vivos...
E este não é o único novo problema. Com a reorganização da sociedade, o poder retoma o seu valor, e isto também, atrai ainda mais perigos.
Há uma grande espera pelo reencontro das irmãs, Isabel e Jezebel.
Este livro traz o surgimento de uma nova era, cruel e implacável, onde a perseverança dos sobreviventes e seus líderes será testada de forma muito diferente. Um livro cheio de reviravoltas, de movimentos bruscos, de cenas impensáveis.
“Onde encontrar esperança para continuar lutando quando a sua maior razão para viver se foi para sempre?”
Quarto livro da grande saga de ação e suspense, “As Crônicas dos Mortos”.
Deixai toda esperança, vós que entrais! - A Divina Comédia – Dante Alighieri




Resenha:

A Ilha dos Mortos, como vocês sabem, é o quarto volume da série de sucesso nacional, As Crônicas dos Mortos, de Rodrigo de Oliveira, lançado pela Faro Editorial.
Neste volume, torno de 30 anos se passaram para os sobreviventes do Condomínio Colinas, em São José dos Campos. Agora, eles mantém residência fixa em Ilhabela e conseguiram, com muito esforço, criar uma comunidade segura para os sobreviventes do apocalipse zumbi.
"Por medida de segurança, ao anoitecer todos deviam permanecer em suas casas. Esse era um cuidado adicional, apenas para evitar surpresas. Ao que tudo indicava, Ilhabela se tornara um lugar seguro para se viver."
A ilha foi limpa de qualquer ameaça e agora, o confronto vem de dentro: pessoas que precisaram de ajuda e agora querem tomar a liderança da comunidade para si. Ivan e Estela ainda estão firmes na empreitada de criar um lugar seguro para seus muitos filhos e, depois de tanto tempo, para os netos também. Neste volume, teremos muito mais ação, pois a narrativa não dá tempo para você respirar: a intricada rede de fantasia e política que o autor criou, é sem dúvida, de deixar de queixo caído.


Infelizmente, estamos a um livro do final. O próximo volume, previsto para Outubro deste ano, finalizará a série e o autor começou a fechar as pontas soltas nos volumes anteriores. Aqui vocês encontrarão diversas respostas para antigos questionamentos e ficarão tentados a jogar o livro na parede (eu fiquei), mas peço que aguentem o tranco, um final imprevisível espera por vocês, pode confiar!
"Os urros e berros dos mortos-vivos se elevaram nas alturas, fazendo a cidade de São José dos Campos tremer. Jezebel passara trinta anos apenas esperando e exercitando seu ódio. E agora ela iria descarregar toda a sua fúria sobre seus inimigos."
A narrativa continua em terceira pessoa, acompanhando os personagens principais e outros que merecem destaque. Neste volume, como temos a passagem de tempo, o autor fala um pouco sobre o passado e presente de alguns sobreviventes que já conhecemos. Também dá destaque para novos personagens que farão diferença durante a leitura.
 Apesar de eu amar os zumbis do Rodrigo, a cada volume, me fascino mais pelas ideias do autor durante o enredo - A Senhora dos Mortos, me tirou o sono e neste volume, uma nova raça de zumbis, promete fazer o mesmo: Os berserkers, zumbis enormes, rápidos e extremamente fortes aparecem para piorar ainda mais a situação dos sobreviventes.
Se vocês pensam que Jezebel ficará fora do embate, prepare-se para perder o fôlego, ela volta e muito mais aterrorizante!


Não tenho o que reclamar! O livro está perfeito, ao contrário, estou me segurando aqui para não contar a vocês tudo que acontece! rsrsrsrs
A narrativa do autor é maravilhosa e cheia de pormenores, o que não deixa espaço para largarmos o livro. O enredo é bem estruturado, com personagens fortes, marcantes e odiáveis. O autor consegue enganar o leitor durante boa parte da história, eu mesma nunca desconfiaria... tá, parei! rsrsrsrsrsr
"Os berserkers eram zumbis que haviam passado por uma estranha mutação. (...) Esses seres, de um momento para o outro, perdiam a postura arrastada e cambaleante dos zumbis. Eles passavam a ficar eretos, firmes. E ao ver uma vítima, eles corriam em altíssima velocidade em sua direção."
Também quero dar um destaque aqui para a edição física: Gente, todas as capas dessa série são maravilhosas, mas confesso que essa virou minha preferida. Por que? Porque é a capa que mais descreve a passagem de um dos volumes! Quando vocês lerem, vocês vão entender! hehehehehehe
A diagramação também está maravilhosa: possui folhas grossas, amareladas e letras em tamanho confortável para a leitura. Encontrei alguns erros de revisão, mas nada que prejudique a leitura.
Do mais, só indico. Vocês precisam ler essa série e verem por si próprios como esses livros são incríveis! Preparem-se para muita ação, sangue e ossos quebrados. Rodrigo de Oliveira promete deixá-los com sangue nos olhos em todas as páginas! Super recomendo!



Acompanhe as resenhas da série:

- A Ilha dos Mortos (Livro 4)
- A Era dos Mortos (Livro 5 - Lançamento em Outubro/2016)



Avaliação:


Sobre o autor:


O autor tem 36 anos, é casado e tem dois filhos. Reside em São José dos Campos, interior de São Paulo.

Rodrigo de Oliveira é técnico em publicidade e propaganda, cursou Publicidade na Universidade Metodista e é graduado em Gestão de Tecnologia da Informação pela Universidade Paulista.

Além de escritor também atua como Arquiteto de Sistemas Sênior em São Paulo e é certificado especialista em gerenciamento de projetos pelo Project Management Institute sediado na Filadélfia/Pensilvânia.


3 comentários:

  1. Olá, Ana.
    A diagramação do livro está incrível, como sempre. A Faro sempre faz um trabalho admirável.
    Quanto ao enredo, especificamente, quero ver como tudo vai se desenrolar. O terceiro livro foi frenético. Quero ver como será a participação da nossa mutante e como funcionará essas lutas por poder.
    Excelente resenha, como sempre.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  2. Adoro historias com zumbis, ainda não li nenhum livro dessa série, mas ela vai pra minha lista de compras rs. Legal esses autores que conseguem fazer com que o leitor prenda a respiração, leia com o coração na mão, isso mostra que o livro é maravilhoso e surpreendente. Essa de jogar o livro na parede foi boa, uma vez me deu vontade de fazer isso kk.

    ResponderExcluir
  3. Erro de revisão tinha isso? Li tão aflita e chorosa que nem vi KKKKKK e a capa é mesmo, a melhor da série em termos de descrição e tal, eu to apaixonada por ela! E nossa, me acabei com esse livro, vocÊ sabe kkkk quero o proximo logo e não quero por ser o ultimo,vou chorar mais ainda :(

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png