3


Resenha: De Repente - Nichole Chase

Edição: 1
Editora: Pandorga
ISBN: 9788584420520
Autor: Nichole Chase
Serie: Royal – Livro 1
Titulo original: Suddenly Royal
Ano: 2015
Páginas: 452
Tradutor: Paula Rezende
Adicione ao "Skoob".

Sinopse:
Samantha Rousseau é uma garota que está acostumada a sujar as mãos. Ela faz mestrado em biologia da vida selvagem enquanto ajuda a cuidar de seu pai doente. Logo, não tem tempo para fofocas de celebridades, roupas da moda ou férias em algum paraíso do Caribe.
Quando a duquesa do pequeno país da Lilaria a convida para jantar, Samantha pensa que é para discutir uma doação para sua pesquisa universitária. Mas a verdade mudará o curso de sua vida de uma maneira que ela nunca sonhou.
Alex D’Lynsal, príncipe da Lilaria, já rendeu muitas manchetes escandalosas à imprensa. Mas as últimas fotos divulgadas o levaram a fugir para a América e desistir de vez das mulheres. Isto é, até ele conhecer Samantha! Ela é teimosa, determinada e incrivelmente sexy. Sem mencionar que é herdeira de um Estado inteiro, o que a coloca constantemente na primeira página de qualquer jornal.
Enquanto Sam aprende a viver em um mundo de política e riqueza, ela também precisa se esquivar de seus sentimentos crescentes por Alex. Afinal, se entregar a eles significaria mais do que apenas se apaixonar; significaria aceitar o peso de uma nação sobre seus ombros.

Resenha:

Como sempre falo pra vocês,  eu gosto de um clichê, tem que ter o “felizes para sempre” se não, eu raramento curto a trama de verdade.
Mentalmente eu ainda sou uma adolescente, eu confesso, e tenho uma queda por filmes e livros de princesas, seja as da Disney ou as mais contemporâneas, então, quando bati os olhos nesse livro, eu sabia que precisava dele, desesperadamente. E não é que a trama superou todas as minhas expectativas??

Samantha Rousseau é estudante de pós-graduação. Ela é bióloga especialista em animais silvestres, com foco nas aves de rapina. Sua vida é simples e ela segue a mesma rotina a maioria dos dias, estudar, dar aulas e fazer trabalho voluntario na ong que ajuda junto com seu mentor. E ela esta bem feliz com isso, já que também precisa cuidar do padrasto, que esta com câncer.
Sam também não é como as outras garotas de sua idade, que gostam de sair pra baladas, gastar com roupas e sapatos e namorar, ela prefere mesmo é estar em campo, cuidando de suas aves e colocando a mão na massa.
Mas, certo dia Samantha precisa mudar essa rotina, não por sua vontade, é claro. Quando chega a biblioteca,descobre que a mesma esta fechada para os alunos, pois o príncipe e a duquesa de Lilaria estão visitando a escola. O tumulto e as rizadinhas das outras alunas, que cochicham sobre como o “Príncipe gostosinho” é maravilhoso, logo fazem com que ela fuja do local.
“Eu não era cega. Claro que eu havia notado que ele era sexy. Mas por que aquilo era uma coisa boa pra mim? Eu nunca mais o veria novamente. Ele era um príncipe!”
Para compensar do tempo perdido, ela vai direto trabalhar e cuidar de suas aves, mas novamente ela é surpreendida. Um homem desconhecido a aborda no estacionamento procurando por Samantha Rousseau. A aparência do homem lembra agentes do FBI dos filmes que assistiu: terno e gravata e aqueles pontos no ouvido para comunicação. Mas o mais estranho não é a sua aparência e sim o recado que ele tem pra ela: A Duquesa de Lilaria quer encontra-la para um jantar em um dos hotéis mais caros da cidade.
Apesar de brava com os acontecimentos, já que não tem roupas adequadas para esse tipo de evento formal, ela acredita que se trata de uma reunião para arrecadar fundos para a ONG e que seu mentor esqueceu de avisa-la.
“Dizer que meu dia não estava indo bem era o mesmo que dizer que a Revolução Francesa havia sido um pouco turbulenta para Maria Antonieta.”
Chegando ao local do encontro, a sorte de Sam não parece mudar, e nem o destino ajuda para que ela se convença de que esta fazendo a coisa certa, pois assim que chega é barrada na entrada pela recepcionista. É claro, que com o humor e temperamento dela, somados ao alto nível de stress, fazem com que ela não tenha papas na língua e logo coloque os funcionários nos seus devidos lugares, fazendo um escândalo na portaria.
Problema resolvido,  ela segue ao encontro da Duquesa, mas mal sabe que a sua noite ainda pode piorar, e muito. Primeiro de tudo, pois o “principe gostosinho” também é um dos convidados e parece ainda mais deslumbrante do que os comentários,  e deixa Samantha completamente desconcertada com seus penetrantes olhos azuis. Mas o ápice da noite não é isso, e sim o fato de que ela descobre que não se trata de uma reunião de negócios e sim uma reunião familiar. Sim, Sam é informada que a sua família por parte de mãe é de uma linhagem real e que ela é a ultima descendentes dos Rousseau, por isso, herdeira do título de Duquesa de Rousseau, terras e fortuna incalculável em Lilaria.
“Sugiro que vá perguntar a duquesa se ela está esperando por mim, ou então vá em frente e chame a segurança e pode esperar que vou armar um escândalo. E então, quando ela vir você me levando para fora do restaurante, poderá explicar a ela por que me mandou embora.”
Pois então, minha gente, eu simplesmente amei e devorei o livro. Quase 500 paginas lidas em 3 dias, foi praticamente um recorde meu.
A obra me lembrou muito “Simplesmente Ana” da amada e talentosíssima Marina Carvalho, inclusive os príncipes tem o mesmo nome, Alex!! Em todo caso, "De Repente" tem uma bagagem emocional maior, apesar do fundo juvenil, afinal o pai de Samantha tem câncer em estagio terminal.

A trama é narrada em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Samantha, mas quem acredita que o livro é apenas bobinho e infantil esta redondamente enganada. "De Repente" é uma trama que mistura vários estilos literários, o clichê e bobinho, por ter de fundo o tema príncipes e princesas e a procura do felizes para sempre e o inevitável “encantamento” de Samantha por Alex e vice-versa, caracterizando o bom e velho chick – lit. Também temos o drama, envolvendo Samantha, o pai e a luta contra o câncer. E, por mais incrível que pareça, o HOT. Sim, o livro tem cenas descritivas de sexo. Não são muitas e nem constantes, mas existem, e tem uma pagada bastante sensual, com todos os detalhes possíveis, sem ser vulgar, mas que talvez já não o caracterizem para o publico infantil, o que é perfeitamente aceitável, já que os protagonistas tem a idade de 23 e 27 anos.

A construção dos personagens também foi algo que me agradou bastante. Samantha é um dos melhores personagens femininos que eu tive o prazer de conhecer (ela me lembrou muito a Rose de VA,por sua língua afiada). Ela é super sincera e espontânea, sem contar que tem um humor totalmente duvidoso, principalmente no período da manhã, o que a torna bastante humanizada e fácil de se identificar e gostar. Mas, apesar deste lado descontraído e rabugento, ela tem um lado emocional que também toca o leitor.  Ela é órfã, primeiro perdeu o pai e anos depois a mãe, em um acidente de carro, mas foi criada pelo padrasto com todo amor e carinho possível, mas este também esta prestes a sair de sua vida. Então, ao mesmo tempo em que o leitor ri horrores com ela, também se sente enternecido pelo seu sofrimento e desamparo.

Já Alex, ele é o esteriótipo dos mocinhos, em todos os sentidos. Mas, o que não o torna menos atraente e envolvente para o leitor. Ele perdeu o pai muito cedo, e assumiu o papel de figura paterna para os irmãos mais novos, ao mesmo tempo em que se preparava para assumir o trono algum dia. Mas ao mesmo tempo foi alvo da mídia por conta de sua tendencia a se envolver em escândalos com varias mulheres. É claro, que por detrás da mascara de conquistador existe um homem bom, romântico, de coração puro, extremamente inteligente e comprometido com o povo que um dia vai governar. Deixo claro aqui: me apaixonei pelo Alex. Fim! HAHAHA

Também vamos ter uma abordagem bastante real e não glamourosa da vida de celebridade, mostrando como não é legal ter paparazzos acompanhando todos os momentos de sua vida, fazendo de tudo pela foto perfeita e inventando matérias com conteúdo sensacionalista.
"- Cuide bem da minha Sam. Ela é mal - humorada, mas alguém precisa amá-la apesar disso - Ele apertou meus dedos e eu revirei os olhos."
No entanto, o romance foi algo que não me agradou muito. Primeiro pois acontece muito rápido e sem muitos motivos. Alex e Samantha se conhecem e já rola um clima, não tem muitas explicações. Mas, apesar do interesse imediato, o romance não acontece de forma plena , pois Samantha não quer nem o título de Duquesa, muito menos o de futura Rainha de Lilaria, e aceitar Alex significa também aceitar todo um país. E daí vamos ter aquele chove e não molha e muitas indecisões da nossa protagonistas, que perde bastante de sua essência rebelde por conta disso.

Enfim, o livro em ´sí é bastante clichê e previsível, mas a escrita de Nichole Chase é maravilhosa, leve, fluida e fácil, o que compensa qualquer outro problema. A autora mescla, romance , humor e drama com maestria, deixando o leitor vidrado do inicio ao fim. Mas, um grande mas aqui, a autora cometeu alguns erros de julgamento, ao meu ver, ela aprofundou algumas cenas desnecessárias e passou batida em outras que deveria ter trabalho,como o passado do Alex, entre outros.

O livro físico é lindo também, a capa foi a primeira coisa que me chamou atenção, por  sua fofura. A diagramação também é linda, nas divisões de capítulos possui coroas estilizadas, assim como pássaros no canto de todas as folhas. A revisão está boa, possui alguns errinhos, mas nada significativo.  As paginas são amareladas e a fonte é bastante agradável para leitura.

Apesar de ter amado o livro, fui obrigada a pesar os pós e contras e nota final foi 4 de 5! Mas é claro que indico a leitura, principalmente para as românticas e sonhadoras de plantão.

Sobre o autor:

Nichole Chase é uma autora best-seller do New York Times nos EUA. Seu primeiro livro publicado no Brasil é "De Repente" pela Editora Pandorga.
Série Royal possui mais 3 livros,a sequencia de "De Repende" se chama "Imprudente" e já foi publicado pela editora Pandorga. O próximo, "The Accidental Assassin", ainda não tem data de lançamento e nem título traduzido.

3 comentários:

  1. Também sou daquela que independente de que livro for tem que ter um final feliz, se não perde pontos comigo kk. Que lega que a protagonista lembra a Rose adoro ela. Não gosto quando a mocinha fica indecisa isso cansa a leitura (em relação a herança e o romance), gosto de garotas decididas. Gostei que aborda esse tema do paparazzos, afinal a pessoa acaba perdendo sua liberdade e privacidade, isso acontece muito com os famosos, sem falar nas difamações que aparecem. Achei o livro bem interessante.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Geeh.
    Por mais que a autora tenha uma escrita maravilhosa e os personagens sejam bons, acredito que não leria a obra. Não me dou muito bem com clichês. Sempre desisto desses livros mais previsíveis. Eles me cansam, sabe?
    De toda forma, adorei a sua resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Gostei muita da sua resenha, mas deixo passar essa dica de leitura, pois não é meu estilo preferido. E, sinceramente, não me conquistou! Mas desejo uma ótima leitura aos fãs do gênero. Beijos.

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png