11


Resenha: O Diário Internacional de Babi - Chris Salles


Edição: 1
Editora: Planeta
ISBN: 9788542207682
Ano: 2016
Páginas: 298
Comprar na pré-venda: Saraiva

Livro cedido em parceria com a editora
Sinopse: Mudar nunca foi a palavra preferida de Bárbara. Porém, depois da separação dos pais, a garota de 15 anos se vê obrigada a migrar com a mãe e os irmãos para Orlando, a cidade americana onde os sonhos ganham vida. E descobre que a fronteira entre o real e o ilusório pode ser mais difícil do que parece.






Recebi esse livro como prova da Editora Planeta e, de acordo com a Editora executiva de ficção da Planeta, essa prova nem passou ainda pela revisão final deles. Acredito que nem precise, porque gente, que livro lindo!
"Bem, mamãe me deu isso aqui para que eu pudesse desabafar. Ela disse que seria uma ótima forma de eu sair da concha que me escondo por causa da timidez. Além do mais, falou que eu adorava contar histórias para minhas bonecas e que com esse diário eu teria a chance de fazer o mesmo, mas com minhas próprias histórias. E é o que estou fazendo. Só espero que esta não seja a primeira e a última história."
Em O Diário Internacional de Babi, vamos conhecer Bárbara, a nossa Babi. Babi está indo embora de sua cidade natal, Estrela, para morar em Orlando com sua família. Babi não queria deixar sua pequena cidade e seus amigos, mas sua mãe anda tendo problemas com dinheiro e foi necessário tentar o sonho americano e viver, nem que seja um pouquinho, melhor.


Este livro contém todas as questões emocionais e sentimentais da protagonista. Apesar de sua idade, -Babi tem apenas 14 anos - me senti lendo um livro juvenil sim, mas com uma protagonista mais madura que às vezes, dá uma pequena mancada e faz birra de propósito. Babi é uma personagem engraçada, desastrada e muito dramática, mas não é dramática pra o lado negativo, vocês vão rir muito com o drama dessa garota.
Também gostei do fato de ela não se importar com sua idade e continuar fazendo o que gosta: usar canetinhas coloridas, ficar encantada com o castelo da Cinderela.... pequenas coisas que como um todo, me deixou apaixonada por ela. (Gente, eu tenho 31 anos, mas me coloca no castelo da Cinderela pra ver... eu surto! O.O rsrsrsrsr)
"Devo ser mesmo uma experiência que deu errado. Não há outra explicação para o meu grau elevado de demência. Eu realmente e totalmente me O-D-E-I-O."
Babi me ganhou logo no começo do livro, pois por mais que ela não goste de sair do Brasil, ela fica na dela e só escreve o que sente em seu caderno. Claro que todos esses sentimentos guardados vão explodir em algum momento, mas foi tão legal ir conhecendo Orlando pelos olhos dela, e rindo de suas mancadas que quando Babi explode, nós leitores, ficamos até sentidos por ela.
Babi tenta se adaptar a nova vida com seus primos e tios, mas várias coisas acontecem com ela e sua vontade de voltar para o Brasil só aumenta, mesmo conhecendo Theo, um garoto simpático que parece gostar dela não a faz mudar de ideia imediatamente.


O que mais gostei no livro foi a escrita da autora. A história é maravilhosa e confesso que bem clichê, mas gente, Chris Salles consegue nos grudar nas páginas e só pensar em ler mais e mais. Estou tendo muita sorte com livros juvenis, este é o segundo livro que leio neste ano que não me decepciona: Babi consegue ser uma garota normal, com vontades normais e bem real no meu ponto de vista. Também devo destacar a família de Babi; sua mãe, seu irmão mais novo Dani e Alice, sua irmã mais velha.
Todos os personagens foram criados para encantar o leitor e nos deixar com aquela vontade de conhecer mais e mais deles.
"Ai, ai. Já estou me vendo no meio daquela americanada toda, sem saber quase nada de inglês e com a maior cara de tacho do mundo! Acho que vou seguir o conselho dos pinguins do Madagascar: "Apenas sorria e acene, sorria e acene..."
A narrativa é em primeira pessoa, já que o livro é praticamente um diário. Nos capítulos, temos a data e um pequeno subtítulo que nos faz saber previamente, o que esperar desse capítulo. Não temos muitos diálogos, só o que Babi nos conta, mas são simples e sempre, cheios de significados. Também acrescento a playlist do livro que é cheia de surpresas e de momentos fofos entre Babi e Theo.
Mesmo não sendo fã de clichês e romances fofos, não consegui deixar de gostar deste livro. Babi me conquistou com sua sagacidade, força e perseverança. Além é claro, de ser um desastre ambulante que me fez rir muito e me identificar com alguns dos seus fiascos. Babi não sabe falar inglês fluentemente e tem asma. Só com essa frase, vcs já podem imaginar mil embaraços neh? rsrsrsrsr


Mesmo com a edição ainda não completa, não tenho o que reclamar do exemplar que recebi: como vocês podem ver pelas fotos, é em espiral, muito bem trabalhado e diagramado. Não encontrei erros de revisão aparentes, o que nos mostra o carinho que a autora e editora tem por seu público leitor.
"Está vendo no que dá mentir? Vira uma bola de neve. Você tem de ficar inventando mentiras e mais mentiras para esconder as primeiras. Chega a um ponto em que você não sabe mais o que é verdadeiro ou invenção."
Do mais, só indico a leitura. Espero que vocês se encantem com Babi na terra do Mickey e perceba as pequenas lições que ela nos passas mesmo com sua tenra idade. Parabéns a autora pelo desenvolvimento da obra; por, em momento nenhum, deixar a narrativa enfadonha ou cansativa, por me conquistar e por ter ganho o prêmio de livro mais popular no Wattpad. Super recomendado!


Avaliação:


Sobre a autora:






Meu nome é Chris Salles (@christsalles no instagram rs), sou brasileira, estudante de Letras, apaixonada por Distopias e escrever.
Minhas histórias são sempre pensadas para que o leitor tenha algumas horas de prazer e diversão. Então vocês vão encontrar muito humor, romance e confusões nelas.








11 comentários:

  1. Adorei a resenha! =D
    Achei a capa muito fofa e linda ♥ A história me conquistou pois se trata de um diário de uma adolescente, e eu tinha um diário assim. Relatando sobre minhas emoções e meu dia a dia. Ainda a personagem, a Babi, se parece muito comigo por ser um pouco dramática haha. O livro parece divertido mesmo e espero ter a chance de lê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Ana.
    Confesso que a premissa não me chamou tanto a atenção e o clichê me afasta um pouco da leitura. Gosto mais de tramas originais. Contudo, ainda assim, adorei a dica. Tenho uma prima da idade da protagonista e que está descobrindo o prazer da leitura. Acredito que seria um bom presente.
    Ótima resenha, como sempre.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Não curto tanto assim livros clichês também, mas confesso que a premissa desse me chamou bastante a atenção.
    A eterna menina dentro de mim me fez querer correr e por as minhas mãos nessa obra. Gosto bastante de livros juvenis por sempre se tratar de uma leitura leve.
    Espero que não demore muito a sair a edição final do livro, pois é um exemplar que eu vou adorar ter na minha estante.

    Venha conferir a Promoção de Inauguração do Confissões de uma Mãe Leitora!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Gostei muito da sua resenha, apesar de ser a primeira vez que vejo falar desse livro. A capa está bem bonita, delicada. Mas não é uma leitura que me atraia, então deixo passar. Mas é certo que será sucesso entre os fãs do gênero. Obrigada pela dica. Beijos.

    ResponderExcluir
  5. Acompanhei a construção de O diário internacional de Babi no Wattpad e amei. Tenho certeza que vou adorar o livro físico do mesmo jeito que amei o digital! ♡

    ResponderExcluir
  6. Acompanhei a construção de O diário internacional de Babi no Wattpad e amei. Tenho certeza que vou adorar o livro físico do mesmo jeito que amei o digital! ♡

    ResponderExcluir
  7. Olha, vou ser sincera com você. Comecei a ler seu post meio desanimada, sabe quando a gente bate o olho em um livro e não dá nada por ele? Então, isso aconteceu. Mas ao ler sua resenha, não sei explicar ao certo o que aconteceu, mas mudei de ideia e achei o livro super interessante. Agora preciso saber como foi essa experiência para a personagem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Esse livro é ideal para presentear e ler. É muito bom quando conhecemos outros lugares através dos personagens e é muito triste quando nos apegamos ao local onde moramos e nossos pais vem com a notícia que teremos que mudar rsrs.

    ResponderExcluir
  9. a capa tá muito linda, e nossa eles capricharam nas provas imagino que seja mais uma edição linda!
    até q vc me deixou curiosa para conhecer a babi e isso é um feito pq eu não gosto de livros escritos em formas de diário. mas seus elogios foram tantos em relação a narrativa que eu fiquei curiosa

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia o livro e nem a autora, mais adorei a resenha, gosto de livros que nos traz alegria e risos.

    ResponderExcluir
  11. Ele tem cara de ser um clichê fofinho e acho que a personagem me ganharia fácil também. A história não é surpreendente, mas parece ser boa de ler. E você se identifica com as situações que a garota passa, então fica uma leitura bem interessante.
    E uma coisa que achei estranha nessa prova é que combinou, tem cara de diário, não? Fiquei pensando nisso...coisa boba, mas...

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png