9


Resenha: Sedução - Nicole Jordan

Edição: 2
Editora: Essência
ISBN: 9788542206753
Autor: Nicole Jordan
Serie: Notorious – Livro 1
Titulo original: The Seduction
Ano: 2016
Páginas: 336
Tradutor: Olga Cafalcchio
Adicione ao "Skoob".

Sinopse:
Lord Damien Sinclair dedica seu tempo a seu próprio prazer - o que pode ser resumido em duas palavras: jogos e mulheres. Mas essa rotina muda quando sua irmã, Olivia, sofre um acidente em uma situação comprometedora, que pode colocar em risco a sua honra. Damien estava disposto a acabar com Aubrey, o nobre que a teria ferido, mas não esperava encontrar um obstáculo tão... sedutor: Vanessa Wyndham, a irmã do rapaz. Ela se oferece para cuidar da inválida Olivia, e assim poupar a vida do irmão. Damien aceita, mas com uma condição: ela também teria de ser sua amante. Nesse romance de intriga e sedução, a autora explora sentimentos que nem sempre são revelados. Será que os corações escaparão ilesos quando o acordo for posto em prática?
Resenha:
"Se me chegasse a você, ia me querer, mesmo corrupto? Meu amor maculado de pecado e decadência?"
Então gente, ultimamente tem mais de uma editora me fazendo feliz e lançando (ou relançando, como é o caso) romances de época!!

Nicole Jordan é um ícone do gênero, com vários livros publicados, e quando a editora Essência anunciou o relançamento da serie “Notorious”, é claro que fiquei louca e já solicitei o primeiro, apesar de ele ter ficado um tempo parado por aqui na estante.
 E sim, é uma serie. Vai ter mais livros ambientados no mesmo lugar e com personagens já citados nos livros anteriores, apesar de eles não serem interligados, o que possibilita ao leitor escolher a ordem que quer ler.
A editora lançou quatro volumes, e relançou apenas “Sedução” até o momento. Mas então vamos falar sobre esse livro M.A.R.A.V.I.L.H.O.S.O.

Lord Damien Sinclair é um libertino convicto. Ele vive para satisfazer seus prazeres, seja eles quais forem, principalmente se tratando de sexo. Tanto que sua fama como amante é lendária,  fazendo jus ao apelido de Lord Sin (Um trocadilho. Pode ser entendido como um diminutivo do sobrenome dele “SINclair” ou também uma alusão a palavra pecado, que em inglês é “Sin”. Lord Sin = Lord Pecado)

Damien perdeu os pais muito cedo, e assumiu o título e a fortuna da família, assim como a tutela da irmã mais nova, Olivia Sinclair. Mas delegou todas as obrigações  a outras pessoas, se preocupando apenas em aproveitar sua vida ao máximo.

Mas Lord Sin vê sua rotina de ócio e depravação ir pelos ares quando descobre que sua irmã sofreu um grave acidente enquanto tentava fugir de casa com um rapaz.
O que já iria ser um escândalo de qualquer forma, toma proporções ainda maiores quando Olivia acorda paraplégica apos o acidente.
Obviamente, Damien toma todas as providencias para acabar com a vida de Aubrey Trent, o rapaz com quem Olivia iria fugir. A primeira parte de sua vingança é acabar com a fortuna da família de Aubrey e deixa-los na miséria. O que ele consegue com facilidade em um jogo de cartas.
Mas eis que uma oportunidade infinitamente melhor aparece para Damien, em carne e osso, literalmente.
A irmã de Aubrey, Vanessa, resolve tentar apelar para a consciência de Damien, para evitar que sua família caia em desgraça. Em troca ela oferece seus serviços como acompanhante de Olivia, enquanto a mesma se recupera. Mas Lord Sin tem outros planos em mente, como devolver a  Aubrey na mesma moeda. Para isso, sua proposta para Vanessa é que ela seja sua amante durante o verão. Se ela aceitar e cumprir o acordo, após o prazo, todos os bens da família Trent retornam.
“Por um momento, Vanessa ficou ali, parada, encarando-o. O meio sorriso nos lábios sensuais era uma amostra de seu famoso charme, embora seu rosto tivesse atento, e os olhos acinzentados mostrassem uma inteligência viva. Vanessa disse a si mesma que nunca deveria subestimar aquele homem. ”
A trama toda se desenrola a partir do momento em que esse jogo de sedução começa. Na verdade, tudo não passa de uma vingança. Damien resolve se vingar de Aubrey, que mesmo indiretamente, foi o culpado pelo acidente de sua irmã e também por manchar a reputação dela, destruindo Vanessa, a irmã dele.

A sociedade da época, extremamente machista de cheia de regras, onde o menor deslize pode resultar na desgraça de uma mulher e Vanessa se vê sem escolha: ou aceita a proposta de Lord Sin ou vê sua família na miséria, sem nem ter onde morar.

Vanessa é uma mulher extremamente corajosa e inteligente. Ela é viúva, seu casamento foi um desastre épico. Um casamento por conveniência, por sinal, também para também salvar a família.
 Seu falecido marido era um libertino conhecido e reconhecido que acabou morto em um duelo por causa de uma cortesã e deixou Vanessa repleta de dividas.
Depois deste casamento desastroso e de nunca ter desenvolvido sentimento algum pelo seu marido, principalmente no ato sexual, que para ela era apenas uma obrigação. Vanessa sente culpa por isso. Ela acredita que se tivesse se tornado uma amante mais fervorosa na cama, seu marido não teria procurado outras mulheres para satisfaze-lo e encontrado a morte tão precocemente.
Depois de tanta humilhação, Vanessa esta convicta de que não possui sentimentos e abomina qualquer tipo de escândalo. Então, quando se vê frente a frente com Damien, que representa tudo que ela repudia,  e não tem outra escolha a não ser aceitar os termos dele, ela acredita que esta prestes a arruinar sua vida completamente. Mas então ela começa a conhecer Lord Sin, e descobrir que talvez ele seja a personificação do pecado realmente, mas que também existe muito mais  abaixo da superfície, da fachada de homem calculista e despreocupado.

Damien também é um personagem bastante complexo. Ele é o anti herói. Aqui você pode esquecer aquele clichê do falso libertino, aquele que tem a fama mais na verdade é um príncipe encantado. Damien é um libertino, com todos os atributos, e não se envergonha disso, pelo contrario, se orgulha. E pode apostar que ele faz jus a fama.
" A lembrança do abraço de Damien a enchia de um doce e doloroso desejo que era totalmente desconhecido para ela. Ele a levara para um lugar onde Vanessa nunca havia estado, um lugar brilhante e assustador. Tornara-se uma estranha para si mesma mediante o desejo frenético que tomara conta de si. Damien a fizera vislumbrar o paraíso, mostrando-lhe quão desesperadamente uma mulher podia querer um homem. Quão desesperadamente ela podia querer."
Como dá para perceber, Vanessa e Damien são o oposto um do outro. Ele é tudo que ela abomina e ela é tudo do que ele foge. Mas quando eles estão juntos, é inegável que um completa o outro de uma forma absurdamente perfeita. E existe esse jogo de sedução, uma queda de braço entre duas pessoas que possuem personalidades fortes e distintas. Nenhum quer ceder em beneficio do outro, afinal, tudo é só um arranjo para uma vingança, e ambos sabem disso muito bem.

Como é um romance de época, e como todo mundo sabe, o felizes para sempre nos aguarda nas ultimas paginas. Mas, nesse meio tempo, devo confessar que fui surpreendida. Os meios para chegar a esse fim são bem tortuosos e em grande parte da leitura você fica com o coração na mão, esperando a próxima “jogada” dos personagens.

Este também é um livro bem mais erotizado do que a maioria. Vamos ter bastante cenas de sexo extremamente descritivas. Mas não se preocupem, tudo é detalhado, mas não vulgar.O livro possui um carga erótica bem pesada. Na maior parte do tempo você fica na duvida de quem esta seduzindo quem.

A trama também trás a tona algo que na maioria dos livros do gênero é amenizado, que é a desigualdade de sexo. Quem lê romance de época esta acostumado a ver este ponto bastante romantizado, já que as mocinhas são sempre tão decididas e espirituosas. Mas aqui não, fica claro o fato de que as mulheres eram tratadas como objetos, um simples adorno para os homens, seja como esposas ou amantes. Representando muito bem o machismo arraigado da época.

Como já era de se esperar de um livro vindo de Nicole Jordan, a narrativa é maravilhosa, bastante fluida, apesar de a autora ter uma escrita mais rebuscada do que a maioria das autoras aclamadas do momento, como Lisa Kleypas, Julia Quinn e afins. Os personagens também são extremamente bem desenvolvidos , inclusive os secundários, cada qual possui uma personalidade distinta e instigante. Como eu já falei, são personagens com uma bagagem emocional grande, o que os torna profundos e humanizados, fazendo o leitor se comover e torcer por eles.  Tudo isso narrado em terceira pessoa, possibilitando ao leitor uma visão ampla da trama e de todos os personagens envolvidos.

A edição física também esta maravilhosa. A capa é perfeita e representa bem essa sedução contida na obra. Muito mais bonita do que a primeira edição, na minha opinião. Também possui uma diagramação simples, mas de qualidade, com uma revisão impecável, paginas amareladas e fonte agradável para leitura.
"Damien fechou os olhos. Temia muitíssimo estar sucumbindo à fatal aflição que sempre tinha desprezado em outros homens. Pelo que parece suas intenções, estava sendo capturadas em sua própria sedução."
Sobre o autor:

Autora campeã de vendas do New York Times, Nicole Jordan conta histórias encantadoras carregadas de paixão e sensualidade. Quando criança, Nicole mudava-se freqüentemente e estudou em uma escola na Alemanha. Depois ela formou-se em engenharia pela Georgia Tech e passou oito anos como gerente de produção de fraldas descartáveis e papel higiênico. Hoje em dia, Nicole vive nas montanhas rochosas do Utah com o seu herói da vida real (seu marido), e seus amados filhos (seus cavalos).
Com mais de duas dúzias de romances históricos escritos e cinco milhões de livros vendidos, Nicole agora desfruta o prazer em escrever sobre as faíscas que voam quando amantes da Regência jogam o jogo da união pelo casamento.
Os romances de Nicole aparecem regularmente em numerosas listas de Bestsellers.

9 comentários:

  1. Não sei o que está mais em alta ultimamente: livros eróticos ou livros de época. E no caso desse, é simplesmente um combo dos dois. Parece ser uma história realmente boa, mas por ser erotizada demais, me deixou com um pé atrás, principalmente porque ainda não li nenhum romance erótico. A sua resenha está mais do que explicativa e isso me instigou uma vontade enorme de ler o livro. Aliás, por eu gostar muito de drama, acho que eu poderia dar uma chance.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ai meu coração, como amo romances de época! Esse ta na minha lista e eu preciso ler. Eu sei que vai chegar a hora kkkk
    Adoro a Nicole, assim como vários outros nomes, como a Julia e a Madeline, são uns amores e super inteligentes pra criar livros tão lindos ne ?!
    Já to aqui babando com a sua resenha ! Como ele ficou na estante por um tempo? Kkkk não aceito ! Mas o bom é que você trouxe a resenha e já estou desesperada por ele. Obrigada!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi.
    Eu conheço a série mas até hoje só li Êxtase, que também é um ótimo livro dela. Como eu ainda estava navegando pelos romances de época no começo, a narrativa dela foi bem confusa visto que eu só tinha lido Julia Quinn. Hoje em dia isso não me preocupa mais, mas vou reler o livro para matar a saudade dos personagens.
    Beijo, Visite o Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  4. Olá, Geeh.
    Apesar do fim previsível, característica inerente ao gênero, o livro parece prender o leitor pela trama. A descrição dos dois personagens protagonistas chamam a atenção, principalmente por serem completamente opostos.
    Talvez dê uma dica.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de setembro. Serão três vencedores, cada um ganhando dois livros.

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Como sempre menciono, gosto muito de romances de época. Mas ainda não tive o prazer de ler nada da autora, não conheço sua escrita. Mas pela excelente resenha, creio ser uma leitura muito cativante. Vou adicionar a minha lista e assim que tiver uma chance, vou conferir. Obrigada. Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Geeh!
    Romances de época são tudo de bom.
    Adorei que vai ter um jogo de sedução e mais ainda por saber que a desigualdade de gêneros é abordada no livro.
    “A música é uma revelação superior a toda sabedoria e filosofia.” (Ludwig van Beethoven)
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  7. oi
    já quero ler o livro e até salvei o nome aqui, ando viciada nesse gênero de livro e esse parece ser diferente, já preciso conhecer esses personagens.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Parece ser muito tenso com tantos acontecimentos assim, deve dar uma aflição enquanto lemos para saber o que cada página reserva. Achei diferente pelo personagem ser um libertino por prazer. Vou querer ler, pois chamou minha atenção.

    ResponderExcluir
  9. Oi..
    Ja havia lido resenhas do livro e gostei bastante principalmente pela personagem Vanessa ser bem forte,e como gosto bastante de romances de epoca fiquei muito curiosa por esse livro.. muito boa resenha.
    Um abraço e muito sucesso :)

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png