5


Resenha de Contos: Felicidade Invisível - Larissa Azevedo


Edição: 1
Editora: Amazon
ISBN: B01NH04XFR
Ano: 2016
Páginas: 56
Compre: E-book Kindle

E-book cedido em parceria com a autora
Sinopse: Maeve MacCleury é a filha caçula de Brendon e Caylie MacCleury. Descendente de uma gigantesca e antiga família tradicional irlandesa, também de uma geração de "guardiões da Felicidade", ou como seus ancestrais a chamam “Crainn Chiara”.
Cada família de guardiões, incluindo a sua, é responsável por armazenar momentos de extrema felicidade em globos de vidro. Esses momentos, são resgatados apenas na véspera de Natal e colocados nos galhos de um enorme pinheiro escocês, exatamente à meia-noite, fazendo com que o mundo seja invadido por uma felicidade incomum, capaz de preparar a humanidade para encarar mais um ano.
O problema é que, depois de tantos séculos, as civilizações tornaram-se mais sérias, mais egoístas, com momentos de felicidade reais ficando escassos, assim como as árvores e todas as plantas. E a felicidade está em risco.
Maeve precisa cumprir seu dever, faltam poucos dias para a véspera de natal e ela ainda não conseguiu. O mundo depende dela.
Mas o que ela não contava, é que Henrique, dono de uma felicidade revigorante, poderia balançar com a sua própria felicidade.



Felicidade Invisível é um conto que precede o primeiro livro da série Os Guardiões de Crainn Chiara, que tem seu lançamento previsto para julho de 2017.
Nele, vamos conhecer Maeve, uma garota de 22 anos que é descendente dos guardiões celtas. Maeve e sua família são responsáveis por capturar felicidade e, no dia de natal, espalha-la pelo mundo. Como isso acontece? Bem, vocês terão que ler para descobrir!
"Nós, somos responsáveis por armazenar momentos de extrema felicidade em globos de vidro, parecida com bolas de Natal, que vocês utilizam para enfeitar suas árvores. Algo que foi copiado de nós, celtas, diga-se de passagem."
Maeve é uma personagem ingênua e insegura. Ela acredita no que faz e é isso que torna esse conto mágico! Maeve precisa encontrar a maior felicidade para colocar na Crainn Chiara no natal já que, ela não tem nenhuma e seus irmãos gêmeos, já somam 5 cada. Maeve ainda tem que lidar com o gêmeo do mau e com seu pai que, pelo que parece, é possessivo e ciumento. Mas Maeve vai contar com a ajuda de um humano lindo que vai ensinar muitos sentimentos a ela.

O conto é curto mas trás uma boa ideia do que podemos esperar do primeiro livro. Eu confesso que adorei o enredo ser baseado na mitologia celta. Eu não conheço muito sobre, mas sou curiosa e adoro saber mais e mais. Li uns dois livros sobre os celtas e só consegui ficar mais curiosa ainda sobre eles. 

"AI MEU DEUS! AI MEU DEUS!
Como aceitei sair com a pessoa que estou observando há QUARENTA dias? Isso não é normal! Eu sei que minha vida toda não é lá muito normal, mas sair com ele passa dos limites! Respira, Maeve, Respira!"
A narrativa é em primeira pessoa, pelo ponto de vista de Maeve, o que foi muito bom pois conhecemos a sua missão e seus sentimentos como se fossem nossos.
E o que dizer dessa capa? Linda demais, e o melhor de tudo? Essa capa é uma cena do livro!!!! Simplesmente perfeita!
A escrita da Larissa é suave e romântica no ponto certo. Gosto disso, só achei Maeve muito menina pra idade que tem.
Minha leitura foi feita através do ebook cedido pela autora e a diagramação está linda demais, com detalhes nos capítulos e trechos de letras de músicas no começo dos mesmos. Encontrei alguns erros de revisão, mas nada que prejudicasse minha leitura.
" Quando algo está predestinado a ser, nunca duvide, vai ser e do melhor jeito possível."
Do mais, claro que índico a leitura. Vale a pena conhecer esse mundo mágico e lindo que a autora criou para nós.


Avaliação: 


Sobre a autora: 





Larissa Azevedo, ou apenas Lari, nasceu em 1988, na cidade de São Paulo, onde ainda reside. Desde pequena é apaixonada por arte, cores e literatura. Formada em Design Digital, é diretora de arte em uma agência de Comunicação. Além disso, é colaboradora do blog Burn Book e, como fuga, lê todos os livros que pode, escreve e brinca no Photoshop nas horas livres.








5 comentários:

  1. Já tinha ouvido falar desse livro e logo de cara bateu curiosidade para ler. Lendo sua resenha fiquei com mais vontade ainda de ler e agora confirmado, anotarei na lista de comprinhas.

    ResponderExcluir
  2. Ana!
    Bom seria se toda série trouxesse um conto explicativo antes, concorda?
    Gosto também de aprender um pouco mais sempre e se for de mitologia, ainda mais. Como a mitologia Celta não é tão abordada em livros, vai ser uma leitura bem interessante.
    “O que sabemos, saber que o sabemos. Aquilo que não sabemos, saber que não o sabemos: eis o verdadeiro saber.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de JANEIRO dos nacionais, livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante esse conto e diferente capturar felicidade, fiquei me perguntando como isso seria possível, é sempre bom saber mais sobre mitologias e outras coisas.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Ana!!
    Não conhecia essa autora Larissa Azevedo. Mas fiquei fascinada pela a história!! Já até comprei !! Vou começar o mais breve possível a leitura!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  5. Olá, Ana.
    A premissa do livro não é muito do meu estilo, mas gostei do que li sobre ele. Parece ser uma boa maneira de começar a conhecer a escrita da autora e, quem sabe, ler o livro dela futuramente.
    Estou com a meta de dar chance a novos gêneros e autores, então pretendo dar uma chance.
    Boa resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de janeiro. Serão dois vencedores, dividindo 4 livros.

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png