8


Resenha : Trocada - Amanda Hocking.



  • Autor: Amanda Hocking.
  • Editora: Rocco
  • ISBN: 9788579801341
  • Ano: 2013
  • Páginas: 326
  • Tradutor: Priscila Catão

Sinopse:

Quando Wendy Everly tinha seis anos, sua mãe foi convencida de que ela era um monstro e tentou matá-la. Onze anos mais tarde, Wendy descobre que sua mãe poderia estar certa. Ela não é a pessoa que ela sempre acreditou ser, e toda a sua vida começa a ser desvendada. Tudo por causa de Finn Holmes. Finn é um cara misterioso e parece estar sempre olhando para ela. Cada encontro deixa Wendy profundamente abalada. Mas não é muito antes de ele revelar a verdade: Wendy é uma changeling que foi trocada ao nascer e ele veio para levá-la de volta para casa. Agora Wendy parte para uma viagem a um mundo que ela nunca soube que existia, um que é ao mesmo tempo belo e assustador. E onde ela deve deixar sua antiga vida para trás para descobrir qual será o seu destino.

Resenha:

"E se tudo na sua vida fosse uma mentira?"

Desde o momento do nascimento de Wendy que sua mãe tinha certeza de que ela não era o seu bebe verdadeiro, primeiramente porque em todos os exames do pré-natal era um menino, e na hora do nascimento as medicas entregaram a ela uma menina, e Wendy nunca se pareceu com os seus familiares, nem fisicamente e nem em gostos e gestos. Ela sempre foi uma criança difícil, e sua mãe sempre preferiu deixa-la com babas. Mas no dia do seu aniversário de seis anos é que as coisas realmente ficaram difíceis para a pequena Wendy. Após um acesso de raiva da menina, a mãe simplesmente tentou mata-la com uma faca de cozinha. Felizmente o irmão mais velho a salvou antes que o pior acontecesse.
Hoje, 11 anos após o incidente, sua mãe ainda esta internada em uma clinica psiquiatrica, afirmando que Wendy é um monstro que matou o seu verdadeiro filho e assumiu o seu lugar. Já wendy vive com o irmão e sua tia, mas já trocaram de cidade tantas vezes que ela já perdeu as contas, e tudo isso porque ela própria não consegue se adaptar em escola nenhuma, sempre arranja uma briga ou apronta algo que consequentemente faz com que ela seja expulsa de todas.
Dessa vez vai ser diferente, Wendy esta decidida a dar o melhor de si, para que sua família não precise abrir mão de tudo por ela novamente. Mas os problemas parecem procura-la, sempre existe alguem implicando, e no final, ela sempre acaba reagindo agressivamente.
O incidente no seu aniversário, e o constante sentimento  de que não pertence a lugar algum, somado um poder de persuasão recentemente descoberto, fazem Wendy se perguntar se realmente a sua mãe não tinha razão, será que ela não é realmente um monstro?
A chegada de um  novo aluno a escola chamado, deixa ela ainda mais intrigada. O garoto é muito bonito, e extremamente reservado, mas parece não tirar os olhos de Wendy em momento algum.
Tudo seria perfeitamente normal, até que certa noite, Finn aparecesse na janela de seu quarto no meio da madrugada, anunciando que era um rastreador e que estava li para leva-la para o seu verdadeiro lar.

(...)Você é uma changeling. - Ele olhou para mim com ansiedade, esperando alguma especie de reação dramática.
- Não sei o que é isso. - Dei de ombros.- Não é o nome de um filme da Angelina Jolie ou algo assim? - Balancei a cabeça. - Não sei o que quer dizer.
-Changeling é uma criança que foi trocada secretamente por outra.(...)

Então a sua mãe tinha razão, Finn veio para confirmar as suspeitas dela e de si própria, mas ele também veio para busca-la, como ela pode abandonar seu irmão e seu tia, depois de tudo o que eles fizeram por ela? depois que eles fizeram de tudo para mante-la segura?
Mas é também em meio a esse misto de emoções, que  ela descobri que Matt e sua tia correm perigo se continuar perto dela. O seu verdadeiro povo, os Trylle, possuem rivais, os Vittra, e eles estão decididos a capturar Wendy. Quanto mais tempo ela permanece em sua casa, mais risco as pessoas que mais ama correm. Desesperada, ela resolve fugir com Finn, e finalmente conhecer o lugar de onde veio, assim como a sua família biológica. Mas Wendy nem imagina que o que espera, pode ser o pior de tudo que viveu até hoje.

(...)Eu nunca me esforcei tanto na vida - falei,encarrando-o.- Sempre desisto antes ,ou nunca tento.Então não me diga que eu não estou me esforçando.(...)

Trocada foi um livro que me pegou pela capa, eu fiquei completamente encantada mesmo antes de ler a sinopse. PRECISAVA ter ele na minha estante. Depois veio o evento em minha cidade, e ai eu não me aguentei, comprei e devorei em 1 dia e meio.
Leia trocada de coração aberto, não vá com muita sede ao pote, o livro é bom, não ótimo, então cuidado com espectativa exagerada.
Amanda  Hocking trouxe uma temática completamente diferente, os Trylle são na verdade Trolls, mas uma versão completamente diferente das que já foram apresentadas até hoje,nada de monstros deformados. Neste livro, trolls são pessoas normais, com uma ligação extra com o meio ambiente e que podem controlar os elementos, terra, fogo, agua e ar, só que com costumes um tanto quanto "peculiares". Todas as crianças são trocas ao nascer, as mães Trylle escolhem um boa família humana e principalmente rica, para que seus filhos possam usufruir de todas as oportunidades que os humanos podem oferecer, então elas introduzem seus próprios filhos nessa família, e raptam o filho legitimo. Quando a criança Trylle atinge certa idade, os rastreadores são enviados para os trazerem de volta, com isso a criança alem de voltar com uma boa educação, trás a herança da família hospedeira com ela, e é assim que o povo Trylle mantem o padrão de vida. Já os bebes humanos, são criados na própria comunidade Trylle, mais ou menos como criados das famílias.
A autora apesar de ter trazido um tema novo não foi muito criativa no desenvolvimento da trama, em vários momentos você se pega comparando o momento ou os personagens com os de alguma outra estoria. Você pode notar claramente a influencia de series como "Vampire Academy ",  "O diário da princesa "  e "O substituto". Para quem leu a serie vampire academy, Elora, que é a rainha Trylle é muito parecida com a rainha Tatiana, Finn é uma versão menos sexy do Dimitri, o Tove , é uma versão menos bêbeda do Adrian,já a Wendy é uma mistura de princesa Mia com princesa Lissa. A influencia e tanta de "o diário da princesa" que o filme chega a ser citado no livro.

(...)- Não sei – admiti. – Não era mesmo o que eu esperava. – Era bem mais grandioso e bem pior do que qualquer coisa que eu tivesse imaginado. – Eu apenas… Sinto como se estivesse em O diário da princesa, mas com Julie Andrews no papel de ladra.(...)

Mas não é ruim, não! pelo contrario, aqui todo mundo sabe que eu amo vampire academy, e uma comparação com a saga é um elogio e não uma critica.
A estoria é contada apartir do ponto de vista da Wendy, então temos a versão dela dos fatos. A escrita da autora é simples e fácil, que flui muito bem, deixando a leitura fácil e rápida. A diagramação do livro é simples, e eu não encontrei nenhum erro de revisão, o que faz o livro ganhar muitos pontos comigo. A capa desse livro é linda, depois de que vc  lê , a impressão que se tem é que o jardim da capa é o jardim secreto do castelo da rainha Elora. A capa também possui uma testura super diferente, é aveludada, bem agradável de tocar.
O livro é uma publicação da editora Rocco, e faz parte de uma trilogia, Trocada é o primeiro volume, que tem sequência em "Dividida" e "Ascend", que ainda não tem título traduzido, e ambos sem previsão de lançamento no Brasil.

Book trailer:

Sobre a autora:

Amanda Hocking vendeu mais de um milhão de  copias de seus livros no formato  e-book, quando passou a ser reconhecida como exemplo de sucesso de autopublicação na era digital.Com a trilogia Trylle, ela alcançou a lista dos mais vendidos.Amanda mora em Minessota, onde trabalha em seu próximo livro.


8 comentários:

  1. Putz... eu preciso ler este livro!!!! Adorei a resenha Geeh, é muito melhor do que vc tinha me falado. Concordo com vc sobre as capas, são lindas!!!!!

    bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante da resenha e do seu ponto de vista. No entanto, eu juro que tentei, mas não consegui continuar a ler o livro. Achei muito fraquinho, a narrativa não tinha nada de "especial", e a história me pareceu apressada e superficial. Pelo menos foi a impressão que tive da minha leitura até a página 80 e poucos. Abandonei a leitura e não sei se um dia retomarei; pelo menos por enquanto não há planos.

    Bjinhos, Livro Lab

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito da capa, ainda não li nenhum livro desta autora, foi ela que escreveu aquela série Despertar? Se foi, todas as capas são lindas! Gostei da resenha Gessica, tomara que seja melhor que O Substituto, não gostei muito deste livro.

    Abç.

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei a ler, mas não sei porque ainda não terminei, acabei pegando outros livros e ele ficou um pouco de lado.
    No começo eu gostei, adorei o jeito da Wendy, sou meio assim.
    Mas ele também me ganhou pela capa admito!

    ResponderExcluir
  5. A capa desse livro é muito linda O.O mas confesso que não penso em ler, e vendo gente falando que largou a leitura, pioor rsrrs
    Eu preciso do marcador =) Eles deveriam fazer um com gel tbm hein Ana? rsrsr

    Bjinhos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HA!!!! Amiga!!!!Eu pensei a mesma coisa!!!! *O* Seria tudo neh???? kkkkkkk

      bjo^^

      Excluir
  6. Amei a resenha! Essa capa é linda demais!!! Encantadora! Eu esperava um pouco mais do livro, vou ler assim mesmo, mas com menos expectativa!!!

    ResponderExcluir
  7. oie serio adoro seu blog..kkk
    depois de ler esse livro decidi fazer uma resenha em forma de video assista por favor
    https://www.youtube.com/watch?v=TJgdme3xjK8

    ResponderExcluir

Arquivo

© Livros de Elite - 2014. Todos os direitos reservados.
Criado por: Andréa Bistafa.
http://i.imgur.com/wVdPkwY.png